Home » Dieta » Alimentos Para Dieta » Uva Prende ou Solta o Intestino?

Uva Prende ou Solta o Intestino?

Uvas

Saborosa e popular, a uva também é fonte de diversos nutrientes importantes para o funcionamento do organismo humano. A lista inclui carboidratos, proteínas, fibras, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, cobre e vitamina C. As informações são da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO).

  Continua Depois da Publicidade  

A uva prende ou solta o intestino?

Se você é daqueles que se preocupa com o efeito que um alimento pode ter em relação ao intestino, certamente gostará de saber que reações a fruta pode causar, não é mesmo? Mas como saber se a uva prende ou solta o intestino?

A maior parte do conteúdo de fibras que está presente na composição das uvas – existem 1,4 g de fibras em uma porção equivalente a uma xícara de uva Itália, por exemplo – corresponde às fibras insolúveis.

Esse tipo de fibra permanece intacto enquanto passa pelos intestinos e oferece auxílio à formação do volume que produz fezes saudáveis. Para quem sofre com a prisão de ventre, que também é conhecida como intestino preso, a boa notícia é que o aumento da ingestão natural de fibras insolúveis pode amenizar o desconforto digestivo e colaborar com a produção de fezes mais saudáveis.

Além disso, as fibras insolúveis ajudam as fezes a passaram de maneira mais rápida pelos intestinos.

  Continua Depois da Publicidade  

O Centro Clínico dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos recomenda aumentar a ingestão diária de uvas como uma maneira de elevar o consumo de fibras insolúveis com o objetivo de auxiliar a regularidade digestiva.

Ou seja, se você tinha dúvidas se o consumo de uva prende ou solta o intestino, saiba que comê-la nas refeições do dia a dia pode contribuir com o alívio do intestino preso devido ao teor de fibras que é encontrado no alimento.

A diarreia

Os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos não recomendam a uva como um alimento para combater a diarreia. A explicação refere-se ao fato da fruta ser rica em fibras insolúveis e pobre em fibras solúveis.

São as chamadas fibras solúveis, encontradas em alimentos como a aveia, que absorvem água do intestino, fazendo com que a probabilidade de que as fezes moles ou aquosas sejam experimentadas. Como as uvas apresentam baixas quantidades desse tipo de fibras, elas não são dotadas de tal capacidade.

Já percebeu que as fibras da fruta são importantes para entendermos se a uva prende ou solta o intestino, não é mesmo?

Por isso, também precisamos falar da ingestão exagerada de fibras. Quando o limite diário estabelecido é ultrapassado, por meio do excesso de alimentos que servem como fonte do nutriente, como é o caso da uva, isso apresenta o risco de soltar demais o intestino, resultando em um quadro de diarreia.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas quanto é muita fibra? A quantidade máxima de ingestão diária de fibras recomendada para pessoas adultas é de 25 g a 35 g.

Ainda que essa quantia pareça um pouco distante em relação ao teor de fibras da uva – é preciso que haja o consumo de muita uva para ultrapassar o limite! -, precisamos levar em consideração o fato de que o alimento não será a única fonte do nutriente a ser ingerida ao longo do dia, tendo em vista que ele está presente em diversas outras comidas.

Outros problemas do excesso de fibras

Entretanto, esses não são os únicos problemas que o exagero do consumo de fibras pode causar. Quando uma pessoa consome muitas fibras em um período curto de tempo, em vez de aliviar o intestino preso, o quadro de prisão de ventre pode ser agravado.

  Continua Depois da Publicidade  

Outros efeitos indesejados atribuídos à ingestão exagerada das fibras são: a baixa qualidade na absorção de minerais e problemas abdominais como gases, inchaço e cólicas.

Portanto, para não ter problemas intestinais com a uva, a orientação é não exagerar na ingestão do alimento e consumir a fruta em quantidades moderadas.

Outros cuidados

Na quantidade certa, as fibras beneficiam a saúde do nosso sistema digestivo. Porém, ao consumir alimentos fontes de fibras para ajudar a amenizar o intestino preso é necessário certificar-se que a ingestão de água também esteja apropriada. Isso porque o consumo das fibras sem o líquido faz com que o intestino fique ainda mais preso.

Outro problema de comer muitas fibras sem água é que o nutriente rouba água do organismo, resultando em um ressecamento do intestino.

Você achava que o consumo de uva prende ou solta o intestino? Tem o costume de comer uva com frequência? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (13 votos, média: 3,85 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*