Uva prende ou solta o intestino?

Especialista da área:
atualizado em 08/08/2021

Saborosa e popular, a uva também é fonte de diversos nutrientes importantes para o funcionamento do organismo humano. A lista inclui carboidratos, proteínas, fibras, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, cobre e vitamina C.

  Continua Depois da Publicidade  

Para saber o efeito do consumo da uva no funcionamento do intestino, primeiro temos que analisar sua composição nutricional. Ela é rica em fibras, que proporcionam diversos benefícios para o sistema digestivo.

Para quem sofre com a prisão de ventre, que também é conhecida como intestino preso ou constipação, a boa notícia é as fibras presentes nas uvas ajudam a reter uma quantidade maior de líquidos, que aliado à grande quantidade de água presente na fruta, produzem fezes mais macias e volumosas. Além disso, as fibras aceleram a passagem das fezes pelos intestinos.

Portanto, recomenda-se aumentar a ingestão diária de uvas como uma maneira de elevar o consumo de fibras e água, e com isso contribuir para a regularidade digestiva e alívio dos sintomas de intestino preso.

Dicas para consumo das uvas

Uvas

Deve-se preferencialmente consumir as uvas com casca e sementes, para aumentar a quantidade de fibras. Por outro lado, os sucos feitos a partir da fruta, especialmente os integrais, possuem alta concentração de açúcar e baixa quantidade de fibras, o que contribui para o descontrole da diabetes e o aumento do peso.

Outros problemas do excesso de fibras

Por outro lado, quando o limite diário do consumo de fibras é ultrapassado, por meio do consumo em excesso de alimentos que servem como fonte do nutriente, como é o caso da uva, isso apresenta o risco de soltar demais o intestino, podendo resultar em um quadro de diarreia.

A quantidade de ingestão de fibras recomendada pela Associação Americana do Coração é de 25 gramas por dia, em uma dieta de 2.000 calorias de um adulto. Esse número também depende da idade e do gênero:

  • mulheres abaixo de 50 anos de idade: 21 a 25 gramas por dia
  • homens abaixo de 50 anos de idade: 30 a 38 gramas por dia
  • crianças entre 1 e 18 anos: 14 a 31 gramas por dia

Ainda que essa quantia pareça um pouco distante em relação ao teor de fibras da uva, já que seria preciso consumir uma grande quantidade da fruta para ultrapassar esse limite, precisamos levar em consideração o fato de que a uva não é a única fonte do nutriente a ser ingerida ao longo do dia, tendo em vista que ele está presente em diversos outros alimentos.

Entretanto, esses não são os únicos problemas que o exagero do consumo de fibras pode causar. Quando uma pessoa consome muitas fibras em um período curto de tempo, sem uma hidratação adequada, em vez de aliviar o intestino preso, o quadro de prisão de ventre pode ser agravado.

Outros efeitos indesejáveis atribuídos à ingestão exagerada das fibras são a baixa qualidade na absorção de minerais e problemas abdominais como gases, inchaço e cólicas.

  Continua Depois da Publicidade  

Portanto, para não ter problemas intestinais com a uva, a orientação é não exagerar na ingestão do alimento e consumir a fruta em quantidades moderadas.

Cuidados adicionais com o consumo de uvas

Na quantidade certa, as fibras beneficiam a saúde do nosso sistema digestivo. Porém, ao consumir alimentos fontes de fibras para ajudar a amenizar o intestino preso é necessário certificar-se que a ingestão de água também seja feita, para evitar a constipação, e ressecamento do intestino.

Fontes e referências adicionais

Você acha que o consumo de uva prende ou solta o intestino? Tem o costume de comer esta fruta com frequência? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (29 votos, média 4,10)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

2 comentários em “Uva prende ou solta o intestino?”

  1. Boa noite.
    Agradeço as orientações sobre o uso adequado da uva para quem tem intestino preso. Foi esclarecedor. Forte abraço. Saúde a todos da equipe.

    Responder