Publicidade

 

Castanha de caju

Calorias da Castanha de Caju – Tipos, Porções e Dicas

A castanha de caju é um daqueles alimentos que todo mundo que está fazendo dieta tende a evitar. Por ser rica em gorduras, todo mundo acredita que a castanha engorda e assim acaba riscando do cardápio um alimento altamente nutritivo e saudável.

Publicidade

No entanto, ao contrário do que muita gente pensa, a castanha de caju pode até ajudá-lo a emagrecer, desde que seja consumida da maneira adequada (sobre uma enorme taça de banana Split não conta) e com moderação.

Isso, no entanto, não significa dizer que a castanha de caju seja um alimento propriamente light. Como veremos logo mais, as calorias da castanha de caju não são pequenas, mas também vêm acompanhada de inúmeros benefícios para quem está preocupado com a balança e a saúde.

Quer saber então quais são as calorias da castanha de caju? Vamos ficar sabendo logo mais – mas antes aproveite para conhecer um pouco mais das propriedades desta que é considerada uma das melhores castanhas para encaixar no seu cardápio.

Valor Nutricional da Castanha de Caju

Apesar de ser altamente calórica, a castanha de caju é considerada o fruto seco com o menor teor de gordura – ou seja, contém menos gordura que as nozes e a castanha-do-Pará.

Valor nutricional de uma porção de 100g de castanha de caju:

  • Gorduras: 43,8 gramas
  • Proteínas: 18 g
  • Fibra alimentar: 3,3 g
  • Carboidratos: 30 g
  • Açúcares: 6 g

– Vitaminas:

Publicidade
  • Vitamina K: 43% das necessidades diárias
  • Tiamina (B1): 24%
  • Riboflavina (B2): 13%
  • Vitamina B6: 16%
  • Niacina (B3): 9%
  • Folato (B9): 6%

– Minerais:

  • Fósforo: 63% das necessidades diárias
  • Potássio: 18%
  • Cobre: 102%
  • Manganês: 83%
  • Selênio: 29%
  • Ferro: 34%
  • Zinco: 36%

Benefícios da Castanha de Caju

Como podemos verificar pelas informações nutricionais fornecidas no item anterior, a castanha de caju é uma boa fonte de ferro, nutriente fundamental para quem treina com bastante intensidade. Isso porque o mineral atua na hemoglobina (proteína responsável pelo transporte de oxigênio) e ajuda a controlar sua distribuição nas células, melhorando a energia e a capacidade de concentração durante o exercício.

O consumo de castanha de caju também pode reduzir um pouco da sensação de fadiga durante o treino e no período posterior a ele, quando os músculos estão se regenerando.

Outros benefícios associados ao consumo regular de castanha de caju:

  • Maior facilidade para controlar o apetite e consequentemente reduzir o peso (se consumida com moderação);
  • Aumento na disposição e melhora do funcionamento cerebral (concentração e memória);
  • Melhor controle dos níveis de açúcar na corrente sanguínea;
  • Redução dos níveis de LDL (colesterol ruim) e aumento do HDL (bom colesterol);
  • Proteção do coração contra arteriosclerose (entupimento dos vasos) e infarto;
  • Melhora nos níveis de pressão arterial;
  • Possui propriedades antioxidantes, que previnem o envelhecimento celular e combatem doenças degenerativas (Parkinson, Alzheimer, Demência) e alguns tipos de câncer;
  • Como são ricas em triptofano, as castanhas de caju podem combater a depressão;
  • Fortalece os ossos e protege contra a osteoporose;
  • O zinco presente na castanha fortalece o sistema imune, prevenindo e combatendo doenças.

Castanha de Caju engorda?

photos.demandstudios.com-getty-article-83-226-57302981_XS

Embora as calorias da castanha de caju sejam grandes e ela contenha um alto teor de gorduras, é errado dizer que ela engorda se for consumida com moderação. Alguns nutricionistas afirmam, inclusive, que o consumo regrado de castanha de caju pode auxiliar na manutenção e perda de peso. Como?

Publicidade

A castanha de caju é rica em gorduras monoinsaturadas, que atuam no controle do nível de glicose no sangue e aumentam o metabolismo, contribuindo para a perda de peso. Além disso, a castanha de caju possui um alto teor de fibras, que melhoram o funcionamento do intestino e consequentemente também melhoram a relação com a balança.

Outro mecanismo pelo qual a castanha de caju pode ajudar a emagrecer é através do controle do apetite. As gorduras, proteínas e fibras da castanha prolongam a sensação de saciedade e podem levar a uma redução no consumo total de calorias ao longo do dia.

O segredo está em controlar a quantidade de calorias que você consome ao longo do dia, já que no fim das contas o que importa é que você mantenha um déficit calórico, ou seja, que você gaste mais calorias do que consumiu em todas as refeições.

Calorias da Castanha de Caju

castanha-caju

Quando crua, a castanha de caju é tóxica devido à presença de uma casca dupla que a envolve e onde se encontra a substância urushiol. Por esse motivo, o tipo de castanha de caju que chega à nossa mesa pode já estar torrado, uma vez que o calor elimina o excesso de urushiol.

Veja quais são as calorias da castanha de caju torrada sem sal:

– Porções

  • unidade (3 g): 17, 5 kcal
  • 1 colher (picada)- 10g: 58,1 kcal
  • ½ xícara (picada): 378 kcal
  • 1 xícara (picada)- 130 g: 756 kcal
  • 100g: 581 kcal

– Calorias da Castanha de Caju torrada com sal

cashews3

 

Embora as calorias da castanha de caju com sal sejam praticamente idênticas às da versão sem sal (17,5 kcal por unidade), a castanha salgada pode não ser interessante para quem está tentando perder peso ou preocupado com a pressão arterial.

Além de aumentar a retenção de líquidos e deixá-lo frustrado com a balança, o excesso de sódio pode ser altamente perigoso para o sistema cardiovascular e causar desde hipertensão até falta de ar, dor nas pernas e retenção urinária.

– Calorias da Farinha de Castanha de Caju

Polvilhada sobre saladas, pães, tortas e também um ótimo complemento para o açaí na tigela, a farinha de castanha de caju pode ser uma boa maneira de consumir a oleaginosa sem exagerar na quantidade. Uma colher da farinha (10g) contém 59 calorias, 5 gramas de gordura, 2 g de proteínas e 2 g de carboidratos.

– Calorias da Farofa de Castanha de Caju

Publicidade

farofa

A farofa de castanha de caju pode ser encontrada tanto na versão doce quanto salgada, sendo esta última a mais comum. Enquanto a farofa doce pode ser preparada com ingredientes como uva passa, banana passa e açúcar, o tipo salgado costuma levar farinha de mandioca, manteiga e cebola. Igualmente calóricas, as duas farofas devem passar longe da mesa de quem está fazendo dieta: são 85 kcal por colher de farofa de caju doce, e 82 kcal da farofa salgada.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Dicas

  • A quantidade ideal de castanha de caju por dia para não atrapalhar a dieta é de três unidades. Se você não tem problemas com a balança, até 5 castanhas podem ser consumidas sem problemas;
  • Como dito acima, tome cuidado com a castanha vendida com sal. O excesso de sódio pode trazer riscos para o sistema cardiovascular e também aumentar o inchaço corporal, o que poderá elevar o ponteiro da balança;
  • Em hipótese alguma sente no sofá com um pote inteiro de castanhas à sua disposição. A chance de você exagerar sem perceber é enorme. Retire somente as três unidades desejadas do pote e volte a guardá-lo no armário. O mesmo vale para quem deixa um pote de castanha de caju sobre a mesa do escritório: não é porque elas são saudáveis que devem ser consumidas livremente. A melhor dica é manter o pote longe de vista;
  • A castanha de caju pode ser uma boa opção de lanche pós-treino, pois oferece proteínas, gorduras e nutrientes necessários à recuperação muscular. Já como lanche pré-treino elas podem não ser a melhor opção, pela pouca quantidade de carboidratos e pela digestão mais lenta das gorduras;
  • Uma salada de folhas verdes salpicada com pedaços de castanha de caju pode ser uma excelente opção de jantar para quem está tentando diminuir os carboidratos na dieta;
  • Outra dica de receita light é substituir a farinha de rosca pela farinha de castanha de caju na hora de empanar o filé de peixe ou frango;
  • Experimente polvilhar uma colher de castanha de caju picada sobre o arroz integral. Fica uma delícia e você ainda tem uma boa fonte de gorduras, proteínas e carboidratos em uma única refeição;
  • Se estiver difícil de resistir à tentação, evite manter um grande pote de castanha de caju em casa, e deixe para comprar somente a quantidade que irá consumir na semana.

Você tem o costume de comer porções de castanha de caju como lanches e aperitivos? Acha que consegue não exagerar na quantidade recomendada? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 4,11 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Sempre comi entre dez e quinze castanhas. A disposição e o ânimo melhoram muito, geralmente cinco horas após ingeridas. Tenho 60 anos,

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×