16 Dicas Para Fazer um Pão Sem Glúten Delicioso

🕐 18/09/2019

Fazer pão sem glúten em casa, feito sem o benefício das propriedades quase mágicas do glúten, é desafiador, mas definitivamente possível! Cozinheiros usam uma mistura de farinhas sem glúten para criar o pão. Aqui estão algumas dicas práticas para te ajudar a fazer seu pão sem glúten.

Trabalhe com ingredientes em temperatura ambiente

O fermento adora um ambiente quente e o pão irá crescer mais rápido e completamente quando os ingredientes estão em temperatura ambiente ao invés de frios. Farinhas sem glúten geralmente são guardadas na geladeira ou congelador. Usar ingredientes frios diminuirá significantemente a habilidade do fermento de fazer o pão crescer. Uma maneira conveniente de deixar a farinha fria em temperatura ambiente é medir a farinha da sua receita e colocar em uma tigela na noite anterior. Para ingredientes perecíveis como ovos e leite, coloque na pia cerca de 2 horas antes de preparar sua receita.

Use farinhas sem glúten que sejam ricas em proteína

Assim como os pães feitos com trigo, grande quantidade de proteína ajuda a dar estrutura e sabor ao pão. Sorgo, milhete, amaranto, teff, aveia sem glúten e trigo sarraceno contêm mais proteínas que farinha de arroz.

Meça as farinhas e amidos sem glúten da forma certa

Isso pode parecer trivial, mas há uma forma certa e uma forma errada de medir farinhas. A forma que você mede suas farinhas e amidos sem glúten pode afetar os resultados, para melhor ou pior.

Procure receitas de pão que peçam ovos

Ovos são fermentos naturais (ajudam a fermentar e dar volume ao pão). Eles também adicionam umidade, sabor e proteínas em receitas de pão sem glúten.

Substitua água por água com gás ou cerveja sem glúten

Líquidos carbonados contêm bolhas de dióxido de carbono que promovem volume em pães. Cerveja sem glúten tem o benefício adicional de adicionar sabor a receitas de pão.

Adicione 1/8 de colher de chá de vitamina C em pó aos ingredientes secos

O fermento adora ambientes ácidos, que promovem mais volume no seu pão. O ácido ascórbico também age como um conservante natural, aumentando a durabilidade do seu pão. A maioria das lojas de alimentos saudáveis vende ácido ascórbico em pó.

Adicione 1 colher de sopa de maionese

Isso realmente funciona, adicionando umidade a receitas de pão sem glúten.

Use azeite de oliva

O azeite de oliva é um óleo saudável que adiciona um sabor delicioso a pães. Outro benefício de usar o azeite de oliva em pães é que ele adiciona umidade, uma textura suave e aumenta a durabilidade do seu pão sem glúten. Nota – Você pode retirar o alecrim e as castanhas desse pão sem glúten para fazer um delicioso sanduíche.

Adicione 1 colher de chá de pectina de frutas

A pectina geralmente deriva de frutas cítricas e maçãs e é um ingrediente familiar em receitas de geleia e gelatina. A pectina também promove retenção de umidade no pão e pode ser usada como um substituto vegano em receitas de pão sem glúten. Procure por pectina cítrica ou de maçã em lojas de alimentos saudáveis onde os ingredientes para geleia e gelatina estão.

Use um termômetro digital

Compre um desses aparelhos valiosos e baratos. Um termômetro digital acabará com muitas das suas frustrações, porque ele te permite medir a temperatura interna do seu pão. Quando a temperatura interna está em cerca de 96°C, está bom. Chega de pães moles – chega de pães secos!

Dicas

  • Para melhores resultados, pelo menos quando você está aprendendo a fazer pão sem glúten, use receitas específicas para isso. Após entender as diferentes propriedades das farinhas sem glúten, a quantidade de líquidos e goma necessários e as técnicas usadas para fazer pães sem glúten, você poderá experimentar receitas tradicionais convertidas para receitas sem glúten.
  • Tente assar o pão sem glúten em formas de pão de forma. Essas formas têm uma tampa que a cobre. O ambiente fechado encoraja o pão a assar igualmente, com uma boa forma, textura e retenção de umidade.
  • Uma boa forma de criar um bom ambiente para o seu pão sem glúten crescer é ligar seu forno em 90°C. Quando ele chegar a essa temperatura, desligue o forno e coloque uma forma rasa com um pouco de água quente no forno. Cubra a forma do pão com uma toalha molhada e coloque no forno por 20 a 30 minutos ou até que a massa cresça. 
Esse método diminui o tempo necessário para pães crescerem. Apenas se certifique de assistir o processo, assim seu pão cresce acima do topo da forma antes de assar.
  • Não encha mais de 2/3 da forma com a massa de pão sem glúten. Quando a forma está muito cheia, o pão pode cair conforme cresce e assa e você acaba com pães que não parecem muito normais, e pães assim podem assar desigualmente.
  • Farinhas sem glúten requerem mais líquidos que farinhas de trigo para produzir bons resultados. Se você escolher converter uma receita de pão tradicional para pão sem glúten, você precisará adicionar mais líquidos do que a receita pede. A massa do seu pão deve ser bem mole e grudar ao amassar, mas não tão fina quanto uma massa de bolo. Se você já fez pão de banana, sua massa deve ter uma consistência similar, espessa, sem forma e grudenta.

O que você precisa

  • Ingredientes a temperatura ambiente
  • Farinha sem glúten rica em proteína
  • Água gaseificada ou cerveja sem glúten
  • Ovos
  • Azeite de Oliva
  • Ácido Ascórbico como um conservante natural
  • Um termômetro de cozinha de “leitura instantânea”

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já experimentou fazer um pão sem glúten? Essa tentativa deu certo ou errado? Já o comeu fora de casa? Comente abaixo sua experiência!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (46 votos, média: 4,02 de 5)
Loading...

12 comentários em “16 Dicas Para Fazer um Pão Sem Glúten Delicioso”

  1. Olá pessoal sou de Jaraguá do sul santa Catarina gostaria de fazer um curso de pão sem glúten a onde eu posso fazer alguém pode me ajudar

  2. Olá
    Tentei várias receitas e gostei muito desse pão.
    Passo para voces:
    Pão de Inhame 2 pães
    2 xicaras de Inhame ralado
    3 xicaras de farinha de arroz
    1 xicara de farinha de amaranto
    2 xicaras de fécula de batata
    2 colheres de sopa de fermento para pão (seco ou de padaria)
    1 colher de sopa de açúcar demerara
    2 colheres de chia
    2 colheres de semente de linhaça (opcional)
    Semente de girassol ( opcional)
    6 colheres de sopa de azeite de oliva
    2 colherinhas de chá de sal
    2 colherinhas de chá de vinagre
    2 copos de água morna
    Mistura primeiro as farinhas, e depois os demais ingredientes. A massa fica grudena.
    Unte e enfarinhe a forma, é coloque para assar.
    Fica uma delicia!

    • Moro em Belém, aqui acho que inhame é mandioca, uma raiz dura pra porra é venenosa se comida crua. Na sua receita o inhame deve ser cozido antes?
      Nunca vi farinha de amaranto aqui. Pode ser substituída pelo que?
      Grata!
      Já tentei varia receitas e não gostei de nenhuma sem glúten ?

  3. Sim, estou tentando várias receitas, mas até agora ainda não encontrei uma que fique boa. O gosto é igual aos pães normais, mas a minha massa fica dura e não cresce. Estou usando fermento biológico seco. Se alguém poder dar alguma sugestão. Obrigado.

    • Use fermento fresco, e misture-o com agua e açucar, deixe descansando por 3 minutos e o adicione aos ingredientes secos

    • Faça esta:
      1 envelope de fermento biológico seco
      1 xic água morna, atenção não pode ser quente demais!
      2 col açúcar
      Derreter bem e juntar:
      2 ovos
      2 xic farinha sem glúten – Aminna
      1/2 xic farinha de arroz integral
      1/2 xic óleo
      1 col vinagre
      Misturar bem. Juntar 1 col chá sal.
      Colocar em forma de bolo inglês untada e enfarinhada.
      Deixar crescer por aprox. 20 min coberta.
      Forno pré aquecido 200°C a 220°C

Deixe um comentário