7 Benefícios da Valeriana – Para Que Serve, Gotas, Chá, Tintura, Cápsulas e Mais

Especialista:
atualizado em 05/07/2020

A valeriana, ou erva dos gatos, é uma planta medicinal que tem ganhado muito respeito dos cientistas por seus benefícios à saúde. Você descobrirá abaixo os benefícios da valeriana, como ela pode te ajudar a dormir melhor, combater o estresse, diminuir a pressão arterial e muito mais. Não deixe de conferir.

Valeriana officinalis, ou valeriana, é uma planta medicinal também conhecida pelos nomes de erva dos gatos, valeriana-das-botica e valeriana selvagem. A erva produz flores de coloração rosa e pode chegar a atingir um metro de altura.

Agora que você já conhece uma quantidade incrível de benefícios que a valeriana pode trazer para sua saúde, é hora de pensar na sua silhueta. Existem vários relatos em que a valeriana ajuda a controlar a ansiedade e, por consequência, evita que você desconte o seu nervosismo na comida. Descubra como a valeriana pode ajudar a emagrecer.

Uma das maneiras mais antigas de emagrecer é usando a ajuda de chás emagrecedores. Eles atuam de diversas formas, podendo ser termogênicos diuréticos e muitas outras propriedades para saúde e bem estar. Alguns chás são super conhecidos, como o chá verde e o de gengibre, mas existe uma infinidade de chás emagrecedores que você precisa conhecer.

Existe chá para quase tudo. Emagrecer, curar, acalmar, acelerar e até, como o caso do chá de valeriana, funcionar como um anti ansiolítico. Mas ele não é o único com essa propriedade, camomila, erva doce, ginseng e muitos outros podem ajudar a segurar essa barra. Conheça os 20 tipos de chás para ansiedade.

Encontrada à venda em sua forma natural em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e feiras livres, a erva ainda pode ser adquirida no formato de cápsulas, comprimidos e tintura (que são extratos concentrados de ervas, feitos com ervas picadas e álcool, que servem para conservar os compostos essenciais das plantas), em forma de gotas.

A valeriana é conhecida por ser dotada de propriedades antiespasmódicas, sedativas, calmantes, soníferas, anticonvulsivantes, relaxantes e soporíferas – que provocam o sono.

Para que serve? 7 benefícios da valeriana

Já deu para ter uma ideia básica sobre o que é a erva, não é mesmo? Pois bem, chegou a hora de conhecermos algumas indicações e benefícios aos quais a valeriana está associada:

1. Ajuda a dormir melhor

Por trazer um efeito calmante e possuir propriedades relaxantes, sedativas e que estimulam e provocam o sono, a valeriana pode servir como um remédio natural para pessoas que sofrem com dificuldades para dormir. É importante saber ainda que o poder sonífero da planta medicinal já foi atestado por diversas pesquisas.

Estudos já mostraram que a erva diminui o tempo que uma pessoa demora para dormir e melhora a qualidade do sono. Ao mesmo tempo, a planta traz possibilidades baixas de que a pessoa sofra com sonolência matinal.

2. Combate a ansiedade e o estresse

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece a valeriana como uma erva que pode trazer benefícios em relação à ansiedade.

Pesquisadores descobriram que a raiz da erva aumenta a quantidade da substância química ácido gama-aminobutírico (GABA) no cérebro. Tal composto ajuda a regular as células nervosas e acalma a ansiedade.

Além disso, o fato de ser relaxante, de contribuir com a melhoria da qualidade e com o aumento da duração do sono e diminuir a ansiedade faz com que a erva também possa colaborar com o controle do estresse. 

3. Valeriana emagrece?

A confeiteira Quézia Pereira Rocha Nevez contou que perdeu 35 kg em um período de nove meses com o auxílio da cápsula da erva.

Ela revelou que já tinha iniciado o seu processo de emagrecimento e que havia eliminado 15 kg em três meses. Porém, ainda sofria com a fome que sentia de madrugada. Então, após ler sobre o produto na internet, decidiu usá-lo.

O resultado: a erva funcionou como um calmante natural, livrou a confeiteira da ansiedade, ajudou-a a dormir melhor, a controlar a quantidade de comida que colocava no prato e a acabar com a gula. Entretanto, é importante saber que a erva não foi a responsável pelo emagrecimento de Quézia.

A valeriana até auxiliou, no entanto, não foi a única tática adotada por ela. Além da cápsula da planta, ela cortou a fritura, o refrigerante e o açúcar, diminuiu a ingestão de massas, incluiu alimentos saudáveis no cardápio e passou a beber mais água.

A confeiteira ainda parou de fazer intervalos longos entre as refeições, tratou de se controlar em frente às guloseimas da padaria e passou a fazer caminhadas diariamente.

Ou seja, não dá para esperar que a valeriana cause o emagrecimento mágico e imediato. Ainda que possa dar uma forcinha, para que o efeito desejado seja alcançado é fundamental seguir uma dieta saudável, equilibrada, controlada e nutritiva e praticar atividades físicas para maximizar a queima calórica.

4. Diminuição da pressão arterial

Os compostos ativos da valeriana que auxiliam o controle da ansiedade e do estresse também podem contribuir com a regulação da pressão arterial. Algo que é importante para evitar a pressão arterial alta, que aumenta as chances de ataque no coração e derrame.

5. Alivia as cólicas menstruais

Um dos desconfortos oriundos da Tensão Pré-Menstrual (TPM) são as cólicas. A raiz da valeriana pode ajudar a amenizar o problema por se tratar de um composto antiespasmódico e sedativo, que atua como um relaxante natural para os músculos e reprime os espasmos musculares.

Uma pesquisa realizada pela Universidade Islâmica Azad no Irã indicou que a raiz da planta medicinal pode acalmar as severas contrações do útero que causam dores às mulheres ao longo de seu ciclo menstrual.

6. Auxílio ao tratamento do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)

A condição é caracterizada por pensamentos obsessivos e intrusivos e comportamentos repetitivos, além da necessidade de checar as coisas repetidas vezes e de ter uma rotina com rituais que se repetem e seguem um padrão de regras rígidas, que são estabelecidas pela própria pessoa.

Tudo isso pode resultar em prejuízos na qualidade de vida do paciente, afetando seus aspectos profissionais, pessoais e sociais.

Uuma pesquisa do ano de 2011 que durou oito semanas indicou que a valeriana pode oferecer certa contribuição ao tratamento do TOC, sendo bem tolerado pelos pacientes.

7. Contribui com o tratamento da hiperatividade em crianças

Um estudo de 2014 avaliou os efeitos de uma combinação entre erva-cidreira e extrato da raiz de valeriana em 169 crianças com idade própria para escola primária durante sete semanas.

O resultado foi que a porcentagem de crianças que apresentava hiperatividade diminuiu de 60% para 13%. Além disso, a taxa de crianças que não conseguiam ter foco foi reduzida de 75% para 14% e os pais observaram que houve uma melhoria no sono dos pequenos participantes.

Apesar dos resultados não serem considerados conclusivos, eles são classificados como promissores e indicam que a combinação de ervas pode ser utilizada como acompanhamento do tratamento tradicional para a hiperatividade. Sempre com orientação do médico, obviamente. 

Como fazer chá de valeriana

Agora vamos aprender uma receita de como preparar um chá a partir da planta medicinal:

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de raiz e rizoma de valeriana picadinhos;
  • Água fervente.

Modo de preparo:

  1. Colocar a água fervente dentro de uma xícara de chá;
  2. Acrescentar a valeriana e abafar durante cinco minutos;
  3. Após, coar e consumir o chá.

Cuidados com a valeriana

Uma das contraindicações da erva refere-se a pessoas que possuem hipersensibilidade em relação ao extrato da planta. As mulheres grávidas também são orientadas a não fazerem uso da planta medicinal, assim como as pessoas que sofrem com problemas no fígado.

Crianças e mulheres que estejam amamentando devem checar com o médico a respeito do uso da valeriana. Ela também não pode ser deixada em um local de fácil acesso a gatos porque pode causar efeito excitante ou eufórico aos bichinhos.

É importante saber ainda que a planta pode causar efeitos colaterais. A lista de reações inclui tontura, indisposição gastrointestinal, alergias de contato, dor de cabeça, excitação, mal-estar e dilatação da pupila. O seu uso prolongando ainda está associado a problemas como cansaço, insônia e desordens cardíacas.

Por causar sonolência e ter efeito sedativo, os usuários de suplementos à base da raiz da erva não devem dirigir, operar máquinas pesadas ou realizar atividades que exijam o estado de alerta depois de ingerir o produto.

Caso esteja fazendo uso de qualquer tipo de medicamento ou suplemento, consulte o seu médico antes de usar a valeriana para saber se não há risco de interação. Por exemplo, não se recomenda usar a planta e a melatonina, que também trata insônia e problemas relacionados ao sono, ao mesmo tempo, pois pode surgir um efeito sedativo muito forte.

Antes de usar a erva para tratar qualquer tipo de condição de saúde, consulte antes o seu médico para saber se ela é mesmo indicada para o seu caso e segura para a sua saúde.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já conhecia a planta medicinal valeriana e seus benefícios à saúde? Já a consumiu na forma de chá, gotas, tintura ou cápsulas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (333 votos, média: 3,88 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo muito solicitada para palestras, consultoria a empresas e atendimento personalizado para atletas, pessoas com condições especiais de saúde e pessoas que desejam melhorar a forma física de forma saudável. É a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España). É também membro da International Society of Sports Nutrition. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma. Dra. Patricia Leite é uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento.

Deixe um comentário

37 comentários em “7 Benefícios da Valeriana – Para Que Serve, Gotas, Chá, Tintura, Cápsulas e Mais”

  1. comecei tomar a valeriana hoje tomei 10 gotas duas vezes ao dia mais senti um pouco de tonteira hoje vou tomar so 10 gotinhas a noite vamos ver o resultado

  2. Comecei hoje tomar o extrato de valeriana em gotas. Minha Fitoterapeuta que me indicou para ansiedade e porque não estou conseguindo dormir bem a noite. Assim que eu tiver um resultado desse remédio eu posto aqui pra vocês saberem. Espero que me traga bons resultados.