Açaí é remoso? Pode causar inflamação e alergia?

Especialista da área:
atualizado em 07/08/2021

O açaí é uma frutinha roxa que cresce na região da Amazônia, através de uma palmeira chamada açaizeira. É conhecida como uma das melhores frutas antioxidantes e possui ação anti-inflamatória, além de ser fonte de nutrientes como proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, potássio, cálcio, ferro, fósforo, vitamina B1 e B2 e vitaminas A, C, E e K.

  Continua Depois da Publicidade  

Os antioxidantes presentes no açaí protegem as células e têm um efeito relevante na redução do estresse oxidativo, melhorando a eficácia do sistema imunológico e protegendo o corpo de organismos nocivos externos.

Entretanto, é bem verdade que também encontramos com facilidade em lanchonetes e sorveterias das cidades versões mais artificiais do açaí, carregadas de açúcar e acompanhadas de guloseimas como chocolate, leite condensado, leite ninho, mousses, entre outras.

Mas será que a fruta pode ser prejudicial para a nossa saúde? Você já ouviu falar que o açaí é remoso?

Mas o que exatamente são alimentos remosos?

Para entendermos se o açaí é remoso, precisamos conhecer o que significa um alimento ser remoso, não é mesmo?

O termo “remoso” faz referência a alimentos que podem desencadear um processo inflamatório, devido à sua alta concentração de proteína, gordura animal e gordura hidrogenada, pois prejudicam o organismo, afetando principalmente a pele.

Chama-se popularmente de “reima” algo que pode ser considerado um alergênico e que causa reações como coceira, diarreia e intoxicações mais sérias em algumas pessoas. Os alimentos remosos mais conhecidos são:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Carne de porco;
  • Carneiro;
  • Pato;
  • Fast food em geral;
  • Chocolate ao leite;
  • Frutos do mar em geral;
  • Ovos.

É importante saber ainda que os alimentos remosos ou reimosos também podem interferir no processo de cicatrização.

E então, será que o açaí é remoso?

Açaí

Uma pesquisa realizada na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, classificou o açaí dentro de uma lista de 40 alimentos que apresentam grande poder anti-inflamatório. E se o termo remoso está associado a um processo inflamatório, podemos concluir que o açaí não é um alimento remoso.

Entretanto, é importante saber que por mais que o açaí seja reconhecidamente um alimento com propriedades anti-inflamatórias, pesquisas realizadas no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) constataram que nas bebidas comerciais da fruta, que recebem a adição de xarope de glicose (açúcar), os ganhos metabólicos dos seus nutrientes são perdidos.

Constatou-se em pesquisas com animais, que o consumo exagerado de açaí com açúcar adicionado, como é o caso, por exemplo, do xarope de guaraná, favorece a ocorrência de fígado gorduroso (esteatose hepática), resistência à insulina e o aumento de peso e acúmulo de gordura.

Alergia à açaí

A alergia ao açaí, embora rara, pode existir no caso do seu consumo em excesso.

De acordo com o Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia (ACAAI, sigla em inglês), precisamos identificar os sintomas de uma alergia alimentar, pois ela acontece quando o organismo tem uma reação exagerada a um alimento ou a uma substância presente nele e pode se tornar uma situação grave. O corpo identifica a comida ou o composto em questão como perigoso e aciona uma espécie de resposta protetiva.

  Continua Depois da Publicidade  

Os sintomas de alergia ao consumo do açaí podem ser classificados como leves, moderados e graves:

  • Sintomas leves: são aqueles que afetam uma parte específica do corpo, como eczemas leves, coceira, nariz congestionado, olhos avermelhados, etc.
  • Sintomas moderados: são aqueles que se espalham pelo corpo e incluem coceira, dificuldades para respirar, manchas vermelhas, etc.
  • Sintomas graves: são aqueles com potencial de levar o indivíduo a óbito, como a reação anafilática, queda de pressão intensa que pode levar a perda de consciência.

Caso você experimente um ou mais dos sintomas apresentados acima ou ainda qualquer outro sinal de reação alérgica após consumir o açaí, procure imediatamente o auxílio médico mesmo que o problema em questão não aparente ser muito grave. Isso torna-se essencial para que possa ser diagnosticada uma possível alergia à fruta.

Além disso, é importante considerar ainda que a reação alérgica também pode ser provocada por outro ingrediente que tenha sido adicionado ou usado como complemento ao açaí.

Fontes e referências adicionais

Você já tinha ouvido falar que açaí é remoso? Tem o hábito de consumir essa fruta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário