Ácido Alfa Lipóico: O Que é, Como Tomar, Efeitos Colaterais e Qual Comprar

Especialista:
atualizado em 18/11/2019

O auxílio de suplementos e substâncias que possam beneficiar a condição física e de saúde diante dos exercícios físicos de alta intensidade sempre reduz os impactos de uma dieta restritiva e a longo prazo. Inevitavelmente, o nosso corpo deve superar alguns desequilíbrios de nutrientes, e é exatamente para isso que diversas pessoas adotam a suplementação de ácido alfa lipóico, ou ALA.

Ele pode reduzir as consequências ocasionadas pela readaptação do comportamento corporal. A partir de agora você entenderá o que é o ácido alfa lipóico e quais os benefícios e efeitos colaterais que ele pode oferecer à sua saúde, assim você poderá reconhecer se ele é um diferencial ou não.

O que é?

O ácido alfa lipóico é um antioxidante que também é conhecido como ALA, reconhecido pelas semelhanças com vitaminas. Ele é um acido graxo que pode ser encontrado no interior das células e pode ser produzido naturalmente pelo nosso organismo. Ele é fundamental para o condicionamento e resistência de nosso corpo, pois é ele que se responsabiliza pela conversão de glicose em fonte energética para podermos realizar nossas atividades.

Ele pode ser capaz de neutralizar os radicais livres e reduzir impactos proporcionados por interferências externas. Seu poder é reconhecido pela capacidade de reagir com água e gordura, assim sendo muito mais eficiente que muitas vitaminas. O ácido lipoico também é responsável pelo aumento de produção de glutationa, que é um antioxidante muito eficiente para a eliminação de substâncias nocivas.

Efeitos

Ele é capaz de prevenir e reduzir certos prejuízos às células do nosso corpo, podendo restaurar os níveis de vitaminas em nosso organismo. Afirma-se inclusive que o ALA pode melhorar o funcionamento dos neurônios e reduzir os efeitos de uma diabetes.

O ácido alfa lipóico também auxilia na quebra dos carboidratos, o que resulta na produção de energia para diversos órgãos, para a realização das tarefas e principalmente exercícios físicos.

  • Revascularização do Miocárdio

Pesquisas buscam provar que a suplementação com ácido alfa lipoico até 2 meses antes da cirurgia ou 1 mês após o procedimento pode reduzir a possibilidade de complicações. A suplementação com ácido alfa lipóico pode contribuir para a realização das funções cerebrais.

  • Neuropatia periférica

Essas lesões são ocasionadas por deficiências nutricionais que ocorrem com quimioterapia, diabetes, doenças da tireoide e muitas outras. A possibilidade de reação do ALA com tecido adiposo ou água amplia a eficiência desse suplemento sobre o nosso organismo.

  • Diabetes

Ainda há diversos estudos voltados para comprovar esta eficiência, mas há indícios de que a suplementação de ácido alfa lipóico pode reduzir os níveis de açúcar na corrente sanguínea. O consumo pode ser feito por via oral ou intravenosa. O consumo de ALA também pode reduzir os sintomas ocasionados pela diabetes. O suplemento pode reduzir os impactos de queimações, dormência, dores nas pernas e nos braços.

  • Vitiligo

A suplementação com ácido alfa lipóico pode auxiliar no tratamento de vitiligo, assim retardando a descoloração da pele. Vale ressaltar que as afirmativas sobre a eficiência do ácido sobre o vitiligo dirigem-se ao consumo conciliado com outros procedimentos.

  • Emagrecer

É dito que a suplementação com ácido alfa lipóico pode contribuir para a perda de peso. Algumas pesquisas afirmam que o consumo de 1800 mg do ácido por dia e por 20 semanas consecutivas pode auxiliar na redução de peso de pessoas que estão com IMC elevado. Atletas não só utilizam o ácido alfa lipóico para reduzir o percentual de gordura, como também para manterem os músculos saudáveis, principalmente no processo de hipertrofia.

  • Redução das marcas de expressão

Pesquisas afirmam que consumir o ácido alfa lipóico duas vezes por dia pode reduzir as linhas e rugas. O suplemento também pode auxiliar na redução de marcas resultantes dos efeitos de raios solares.

  • Glaucoma

Pesquisas apontam a ingestão de ALA como eficaz para a redução dos sintomas de deficiência na visão. Aconselha-se o consumo de pelo menos 75 a 150 mg por dia. A eficiência do ácido alfa lipóico também pode estar ligada a Catarata.

  • Insuficiência cardíaca

Estudos ainda buscam comprovar, mas evidências são estudadas para a comprovação da eficiência do consumo do suplemento para a redução da pressão nas artérias, o que também beneficia à desobstrução das mesmas.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais ocasionados pela ingestão incorreta ou excessiva de ALA podem ser câimbras, dores de cabeça, formigamentos e até reduções bruscas das taxas de açúcar na corrente sanguínea.

Como tomar?

As dosagens de consumo do ácido alfa lipóico podem variar de acordo com as suas necessidades e objetivos para tratamentos. Não há medidas indicadas para uso, cada um possui uma forma particular de como tomar melhor o suplemento. A princípio, indica-se o consumo de 2 cápsulas junto às principais refeições do dia.

Contra indicações

Pessoas com distúrbios e problemas na tireoide devem evitar o consumo de ácido alfa lipóico, pois pode interferir no tratamento. Não há comprovações sobre consequências a gestantes e mulheres em fase de amamentação, então é indispensável que seja realizada uma avaliação por um médico de confiança, para que assim você possa se sentir segura para consumir o ácido alfa lipóico de acordo com suas necessidades ou evite o uso.

Se você possui baixos níveis de açúcar no sangue, é importante que tenha um acompanhamento médico para que avalie as dosagens consumidas, para que assim não ocasione eventuais casos de hipoglicemia.

Dieta equilibrada

O consumo de ácido alfa lipóico pode ser muito eficiente para a modelação de seu corpo, mas é importante que você reconheça que ele não reagirá sozinho para reduzir as suas medidas ou contribuir para o ganho de massa magra. Você deverá adotar hábitos saudáveis e o primeiro deles deve ser adotar uma dieta rica em nutrientes e compatível com os seus objetivos.

Ela deve ser conciliada com uma suplementação segura e que favoreça ao funcionamento de seu organismo, principalmente por que diversos alimentos também podem contribuir como fornecedores naturais desse ácido.

Exercícios físicos

Ignorar os exercícios físicos é tarefa muito complicada, principalmente para aqueles que desejam optar por uma suplementação como a de ácido alfa lipóico. Esse suplemento pode contribuir para a reconstrução muscular e ainda evita o catabolismo, o que beneficia à recuperação dos músculos após treinos extensos ou de alta intensidade.

O ácido alfa lipóico contribui para a melhor utilização da glicose contida no seu corpo; dessa forma, os exercícios são indispensáveis para você queimar as calorias que deseja e utilizar toda a energia produzida.

Qual comprar?

Existem diversos distribuidores e fabricantes do ALA. É importante que você leia os rótulos e analise as concentrações oferecidas em cada cápsula. As concentrações são variáveis de acordo com as indicações médicas ou de suas necessidades, então é importante buscar, dentre os fabricantes, aquele que melhor se adequa ao seu objetivo.

Você pode encontrar versões de cápsulas de ácido alfa lipóico com 150, 200, 300 ou até 600 mg em cada. Você deve avaliar as possíveis reações em seu corpo e os objetivos a serem alcançados sem oferecer prejuízos à sua saúde.

Preços

Você pode encontrar o suplemento de ácido alfa lipóico por valores de R$ 44,00 até R$ 169,00.

Onde comprar

Você pode adquirir o suplemento em lojas de suplementos alimentares e lojas de produtos naturais. A compra também pode ser feita em farmácias de manipulação, mas é importantíssimo que você apresente dosagens indicadas por um médico.

Diversos sites e lojas com portais online também disponibilizam a venda do ácido alfa lipóico, mas é imprescindível que você busque recomendações e opiniões sobre a confiabilidade destes sites, para que não faça um mau negócio e assim desfrute de forma positiva de sua suplementação.

Você já testou a suplementação com ácido alfa lipóico? Conhece alguém que já tenha tomado? Como foram os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (362 votos, média: 3,83 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

38 comentários em “Ácido Alfa Lipóico: O Que é, Como Tomar, Efeitos Colaterais e Qual Comprar”

  1. Quem toma ALA tem que aumentar consideravelmente a ingestão de água. O bom funcionamento do suplemento se dá concomitantemente com a ingestão de água.

    • Tanto faz ele atua tanto em tecido aquoso ou lipídico. A ingestão de água está relacionada a saúde geral do corpo não só por causa do suplemento.

  2. Boa tarde
    Eu tomo com indicação médica faço 400mg dia
    Tenho o síndroma da boca ardente(bms)
    O que noto é muito cieiro.
    Mas bebo bastante água..

    • Bom dia! Tenho tb a síndrome de ardencia bucal. Estou tomando o ácido lipoico há 1 mês. Ainda não senti melhoras.

      Resolveu o seu problema?

  3. Karla,tome suco de babosa com limão pela manhã em jejum para proteger seu esôfago, estômago…e manda vê no AAL

  4. Estava fazendo o uso do AAL, mas após 2 meses de uso desenvolvi esofagite. Acredito q tenha sido por causa dele, pois foi a única coisa nova q entrou na minha dieta e nunca havia tido esofagite antes. Fiz exames recentemente e pude comprovar tbm o resultado benéfico do AAL quanto à glicose, insulina, colesterol e fígado. Mas, por causa da esofagite, tive q parar. Queria saber se há esse risco de inflamar esôfago e/ou estômago com o uso do AAL, já q é um ácido…

  5. tome ALA manipulado 100mg uma vez ao dia um mes, ferritina baixou de 430 ng/ml para 330ng/ml , outros exames de rotina estavam normais, nao mudaram.

  6. Comprei o ala no mercado livre,de 3oomg achei o sabor picante,parecido com sabor de pimenta,é normal?

  7. A otorrinolaringologista que me prescreveu por um quadro de perda de olfato e paladar, tem alguma que sabe alguma coisa sobre?

    • Janete, gostaria de saber se funcionou. trabalho em laboratório a 15 anos e sinto a perda do olfato. Tomo R-ALA (ácido R- alfa lipóico) como antioxidante e hepatoprotetor, 150mg/dia, mas gostaria de saber a dosagem prescrita para olfato.
      Grata.

  8. Eu tomo por indicação médica, porque estou em processo de reversão de esteatose hepática. E também faço a dieta low carb. Tomo 500 mg por dia.

  9. Também tomo, porque faço tratamento de câncer e o médico da linha ortomolecular,me indicou 600mg por dia, em farmácia de manipulação..

    • Olá Berna! Como tem sido os resultados do seu tratamento? Eu comecei agora, apesar de já ter várias metastases no corpo. O médico acha q ainda vamos a tempo de segurar a doença. Se vc não se importar de dividir cmg a sua experiência… Forte abraço!
      Patrícia

  10. Elda, um médico que trabalha com medicina funcional ou ortomolecular , vai passar a concentração adequada do ácido, se for o caso.

  11. Gostaria de começar a tomar pois descobri q tenho diabetes 2 porém tenho hipotiroidismo e fico com receio.

    • Eu estou tomando por indicaçao do medico ortopedista pous tenho artrose e hernia de disco na coluna cervical e estava com crise com muita dores na nuca e depois que começei a tomar oALA minhas dores sumiram e eu tambem tenho hipotiriodismo mas mesmo assim eu tomo o acido alfa lipoico 300mg com 60 capsulas 1 vez ao dia depois do almoço….vou tomar por 6 meses.

      • leila quanto você paga no seu acido alpha lipolic ?
        pois comprei um de 300 mg com 240 capsulas por 85,00 está caro ?

      • Bom dia. Para ARTROSES, cloreto de magnésio na proporção de 100gr para 3 litros de água e tomar 50ml de manhã e 50ml noite. Artroses, conforme a intensidade e a pessoa, pode demorar 6 a 7 meses a limpar completamente. Se ao fim de 2 meses não sentir melhoras, terá que tomar NAGNÉSIO QUELADO!

        HIPOTIROIDISMO, é resultado de falta de IODO no organismo. Tomar LUGOL 5%…

        Para um e para outro, não encontra melhor.
        Felicidades,
        Alcino Pais

  12. Eu tomo o ALA por indicação médica apos diagnóstico de câncer. Faço em farmácia de manipulação .

  13. Olá
    Gostaria de saber como comprar e quais sites são confiáveis, quais cartões são aceitos e se sites internacionais são confiáveis, pois ouvi dizer que os preços são muito mais baixos, tem que ter cartão especial pra comprar fora?

    • Rosângela. Pode comprar em lojas de suplementos em Nova York, os preços são ótimos e dá pra comprar diretamente no site das lojas ( Google te indica várias) sempre compro fora. Aposte no ALA, os benefícios são diversos, e não demora muito pra vc observa,-los…Boa sorte

    • Tomo o thioctacid de 600 mg , receita do neuro para neuropatia diabética..
      No preço de 126,00 , 30 cápsulas.
      Agora descobri que o mesmo acido alfa lipoico e o
      thioctacid são a mesma coisa….