Azeite de Dendê Engorda?

Antes de analisar se o azeite de dendê engorda ou não, vamos conhecer o que é esse ingrediente, que também é conhecido pelo nome de óleo de palma?

O produto é obtido a partir do esmagamento das sementes de uma palmeira chamada dendezeiro, que é típica da África, porém, foi trazido pelos portugueses para o Brasil no período da colonização do nosso país.

Para a obtenção do azeite de dendê, os frutos da palmeira dendezeiro são colhidos e cozinhados na água ou no vapor para que ocorra a separação entre as polpas e as sementes desses frutos. Depois disso, as polpas são pressionadas e é aí que o óleo de palma ou azeite de dendê é liberado.

O resultado é um óleo alaranjado, da mesma coloração dos frutos da palmeira dendezeiro, que origina o azeite de dendê.

Tradicional na culinária da Bahia, o ingrediente pode ser utilizado para temperar saladas, dar sabor para alimentos refogados e costuma aparecer em receitas tipicamente nordestinas como a moqueca baiana e o acarajé.

Além disso, o azeite de dendê ou óleo de palma pode ser empregado na preparação de manteigas, em frituras e é utilizado na produção de alimentos industrializados como pães, bolos, tortas, biscoitos e, inclusive, do famoso creme de avelã Nutella.

O azeite de dendê também pode ser utilizado na preparação de produtos não alimentícios como sabões, sabonetes, sabão em pó, detergentes e amaciantes de roupas biodegradáveis.

Mas então, será que o azeite de dendê engorda?

É possível sim afirmar que o azeite de dendê engorda. Ele tem nove calorias por grama, o que quer dizer que uma colher de sopa de azeite de dendê possui aproximadamente 70 calorias, sendo muito calórico e por isso seu consumo frequente favorece o aumento do peso.

Vale destacar ainda que uma porção de 100 g do azeite de dendê apresenta 878 calorias em sua composição.

Não se deve consumir uma quantidade maior do que uma colher de sopa do azeite de dendê, justamente devido ao fato do ingrediente ser composto por muitas calorias. O ingrediente não é apropriado para os regimes alimentares em que o objetivo é o emagrecimento.

O óleo de dendê pode inclusive levar à obesidade se for consumido muito frequentemente.

Que tipo de azeite deve ser utilizado então?

Nos casos em que o objetivo é o emagrecimento, o mais indicado é temperar as saladas e as sopas com azeite de oliva extra virgem.

Inclusive, não é verdade que o azeite de oliva e o azeite de dendê possuem os mesmos benefícios. Os dois são diferentes em relação à coloração, o sabor e os benefícios.

O azeite de dendê é altamente calórico, além de ser composto por muito mais gorduras saturadas do que o azeite de oliva.

Outros problemas com o azeite de dendê e os benefícios associados ao ingrediente

Entretanto, o fato do ingrediente ser composto por bastantes calorias não é a única justificativa para o limite da quantia de consumo do azeite de dendê.

Outro motivo importante para não ingerir mais do que uma colher de sopa do azeite de dendê é o fato do ingrediente ser composto ainda por gorduras ruins para a saúde, que provocam o crescimento dos níveis de colesterol no organismo.

Por outro lado, uma pesquisa conduzida na Bahia pela Escola Baiana de Medicina, que foi publicado em uma revista científica internacional, demonstrou que a ingestão de uma quantidade moderada do óleo de dendê diminuiu os níveis de colesterol e triglicerídeos.

Durante a pesquisa, um grupo de jovens da faixa etária dos 20 anos de idade, que não tinha níveis elevados de gordura no sangue ou sobrepeso, ingeriu ao longo de duas semanas uma porção correspondente a duas colheres de chá de óleo de dendê diariamente, que era fervido durante somente cinco minutos antes de ser consumido.

O resultado? Os participantes registraram uma diminuição de 4% nos níveis totais de colesterol e de 11% nas taxas de triglicerídeos. Entretanto, os cientistas alertaram que para o óleo de dendê fazer bem, o ingrediente deve ser consumido sem exageros.

O óleo de dendê deve ser acrescentado aos alimentos no final da preparação, sendo submetido a um tempo mínimo de cozimento, simplesmente para dar o sabor do dendê aos pratos.

Se você sofre com problemas de colesterol, não utilize o azeite de dendê para tentar ajudar a tratar a condição antes de conversar com o seu médico. Lembre-se que a pesquisa mencionada acima foi realizada com jovens de 20 anos que não tinham taxas elevadas de gordura no sangue – o colesterol é definido como um tipo de gordura.

Além disso, apesar do azeite de dendê ser utilizado para hidratar e dar brilho aos fios dos cabelos, o ingrediente não pode ser aplicado nos fios dos cabelos loiros, sob o risco de poder modificar a coloração dos mesmos.

Por outro lado, o azeite de dendê não é totalmente negativo – quando consumido cru, o ingrediente serve como uma rica fonte de vitamina A, sendo excelente para a saúde dos olhos e a beleza da pele.

Segundo observamos, a única vantagem nutricional do azeite de dendê em relação ao azeite de oliva é justamente o fato do primeiro carregar mais vitamina A do que o segundo, salientando a importância da vitamina A para a nossa visão.

Considerações finais

Mais importante do que saber se o azeite de dendê engorda não é compreender que para diminuir o peso ou manter um peso saudável é fundamental que toda a alimentação seja equilibrada, nutritiva, controlada e saudável.

Até porque, ainda que a pessoa controle o uso do azeite de dendê, reservando para ocasiões esporádicas e respeitando a recomendação de uma colher de sopa no máximo, como aprendemos mais acima, se ela comer com frequência guloseimas, lanches fast-food e outros produtos cheios de calorias e açúcar, acabará engordando de qualquer maneira.

Para quem tem dificuldade em seguir uma alimentação equilibrada, nutritiva, controlada e saudável, fica a recomendação de procurar a orientação de um nutricionista, que ajudará a definir uma dieta que funciona para a rotina da pessoa, auxiliando a alcançar os seus objetivos, ao mesmo tempo em que fornece a energia e os nutrientes que o organismo necessita para o seu funcionamento apropriado.

Você sabia que azeita de dendê engorda? Você já consumia esse azeite? Comente abaixo!
 

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário