Caldo de Ossos Faz Bem? Para Que Serve, Receita e Benefícios

Especialista:
atualizado em 24/12/2019

Você pode fazer uma sopa ou um caldo com uma porção de ingredientes – frango, carne, cenoura, tomate, feijão, abóbora, beterraba, gengibre, mandioca, entre tantos outros. Mas você sabia que pode aproveitar até os ossos dos animais para preparar a receita?

Será que isso traz algum tipo de benefício para a saúde? Vamos entender mais abaixo se o caldo de ossos faz bem, para que serve e conhecer uma deliciosa receita para fazer em casa.

Para que serve – Benefícios do caldo de ossos

– Cartilagem

O caldo de ossos é uma das melhores fontes naturais de colágeno em todo o mundo, uma proteína encontrada em diversas partes do corpo de animais vertebrados (os seres humanos fazem parte deste grupo) como os ossos, a pele, a cartilagem, os ligamentos, os tendões e a medula óssea.

Conforme envelhecemos, ocorre a chamada degradação da cartilagem da articulação associada ao envelhecimento (na qual a cartilagem é reduzida ao ser atacada por anticorpos) e as articulações sofrem naturalmente com desgastes, ao mesmo tempo em que perdemos flexibilidade.

Como o caldo de ossos é cozido em fogo brando, o colágeno dos animais entra no caldo e se torna rapidamente absorvível de modo que possa auxiliar a restaurar a cartilagem.

– Sistema digestivo 

Uma das vantagens da sopa de ossos em relação ao sistema digestivo é que ela é facilmente digerida e suave ao sistema digestivo, ao contrário de outros alimentos que podem ser difíceis de serem decompostos.

Além disso, um estudo divulgado no ano de 2003 e feito por um pesquisador da Grécia e demais colegas mostrou que pessoas com problemas digestivos apresentavam uma diminuição nas concentrações séricas (no sangue) de colágeno (presente no caldo de ossos).

Graças ao fato dos aminoácidos no colágeno construírem o tecido que reveste o cólon e todo o trato gastrointestinal, acredita-se que a suplementação com colágeno possa contribuir com a saúde da função digestiva.

– Pele

O colágeno encontrado no caldo de ossos contribui com a formação da elastina e outras substâncias conhecidas por serem responsáveis pela manutenção da textura, da aparência e do tom jovial da pele.

– Auxílio à desintoxicação do corpo

O caldo de ossos é composto de potássio e glicina, duas substâncias associados ao auxílio à desintoxicação celular e hepática.

O alimento também fornece a glutationa, que é conhecida como um agente de desintoxicação que ajuda a diminuir o estresse oxidativo e já foi apontada pelo Centro de Pesquisa de Medicina Preventiva da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, como capaz de ajudar a eliminação de compostos solúveis em água, especialmente metais pesados como mercúrio e chumbo.

O estresse oxidativo é conhecido por causar o envelhecimento precoce, além de problemas como o câncer e a doença de Parkinson.

A glutationa também foi associada aos efeitos de auxiliar a absorção de diversos nutrientes, o uso de antioxidantes e as funções hepáticas de limpeza, completou a publicação.

Um estudo do ano de 2004 publicado no Journal of Nutrition (Jornal da Nutrição, tradução livre) realizado por um pesquisador dos Estados Unidos e demais colegas indicou que a glutationa também atua em fatores como a regulação da expressão genética, síntese de proteínas e do DNA, proliferação celular e respostas imunológicas.

– Sono e fadiga 

Um estudo realizado por pesquisadores japoneses e publicado no ano de 2012 mostrou que a glicina (um aminoácido), que é encontrada na composição do caldo de ossos, pode ajudar a melhorar o sono e a afastar a fadiga.

– Saúde dos ossos 

Os minerais fósforo, cálcio e magnésio, que são fundamentais para a saúde dos nossos ossos, também são encontrados nos ossos dos animais e penetram no caldo durante o preparo da receita.

– Fornecimento de aminoácidos

O caldo de ossos pode suplementar a alimentação no que se refere ao fornecimento de aminoácidos oriundos da proteína dos ossos dos animais, especialmente para aquelas pessoas que não possuem o hábito de comer carne regularmente.

Os aminoácidos são importantes para aspectos como a recuperação muscular e a energia, fatores cruciais para os praticantes de atividades físicas, por exemplo.

Receita – Como fazer caldo de ossos

 Ingredientes:

  • 3 ou 4 ossos de preferência com tutano;
  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã;
  • 1 cebola;
  • 4 dentes de alho picados ou amassados;
  • 1 cenoura;
  • 2 talos de salsão;
  • Salsa a gosto;
  • Pimenta a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Água.

Modo de preparo:

  1. Colocar os ossos dentro de uma panela e cobri com água. Acrescentar o vinagre de maçã e deixar descansar durante uma hora;
  2. Na sequência, levar ao fogão em fogo alto até ferver e retirar a espuma que for formada na superfície até o caldo ficar claro. O processo deve demorar entre 20 até 30 minutos;
  3. Diminuir a temperatura do fogo e adicionar os vegetais. Cozinhar o caldo em fogo baixo durante quatro a 48 horas – quanto maior for o tempo de cozimento, mais rico em nutrientes e concentrada a receita será (quando ele fica cozinhando durante 24 a 48 horas, ganha a textura de gelatina);
  4. Desligar o fogo e coar o caldo para remover as partes sólidas que restarem. Então, servir o caldo morno ou esperar esfriar para guardar na geladeira em pequenas porções.

É importante usar ossos de vaca, frango ou peru, vinagre, água e vegetais no preparo da receita para que ela realmente fique nutritiva. 

Se for guardado na geladeira, o caldo de ossos deve ser colocado em recipientes de vidro ou plástico em pequenas porções, equivalentes a cerca de uma concha em cada recipiente.

A sopa de ossos pode ficar na geladeira durante aproximadamente cinco dias e por até três meses no congelador. 

Nos casos em que os ossos forem cozidos por um dia ou mais e ganharem a textura de gelatina, a dica da nutricionista é armazenar o conteúdo em forminhas de gelo. Dá para usar uma colher de sopa ou um cubinho de gelo da preparação dentro de outras receitas de sopas ou em cozidos de carne e feijões. 

Fontes e Referências Adicionais:

Você já experimentou um caldo de ossos? Tem costume de tomar esse caldo em sua dieta? O que achou dos benefícios que fornece à saúde? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (14 votos, média: 4,21 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Caldo de Ossos Faz Bem? Para Que Serve, Receita e Benefícios”

  1. Sobre a sopa de ossos. Por acaso fazendo faxina na gaveta,vi algo q falava dos benefícios e resolvi investigar.