Calorias do Chocolate – Tipos, Porções e Dicas

Considerado por muitos como o melhor alimento do mundo, o chocolate tem há anos figurado na lista dos vilões das dietas, pois seu consumo é visto como um grande obstáculo à perda de peso. Pesquisas recentes têm sugerido, no entanto, que consumir chocolate pode até ser benéfico para a saúde e para o controle de peso, desde que o tipo e a quantidade de chocolate sejam levados em consideração.

Isso significa que o chocolate emagrece e portanto seu consumo está liberado porque faz bem à saúde? Como veremos, não é bem assim, pois as calorias do chocolate devem ser levadas em consideração e seu consumo deve ser feito de maneira consciente.

Vamos conferir as calorias do chocolate de acordo com seus tipos mais consumidos, além de saber um pouco mais sobre os seus benefícios à saúde e boa forma.

Chocolate faz bem

Rico em substâncias antioxidantes, o chocolate traz benefícios à saúde e pode até ajudar a controlar o peso se for consumido com moderação. Os chocolates com maior teor de cacau (meio amargo, amargo e extra amargo) são ricos em substâncias antioxidantes que ajudam a controlar a pressão arterial, combatem o envelhecimento precoce e reduzem os níveis de LDL, o colesterol ruim.

Diversas pesquisas têm demonstrado que o consumo diário de até 15 gramas (2 a 3 quadradinhos) de chocolate com alto teor de cacau (acima de 50%) e baixo teor de açúcar e gordura ajuda a prevenir doenças do coração e pode até controlar os níveis de açúcar no sangue.

Outro benefício do chocolate é que ele favorece a produção de serotonina, o neurotransmissor associado ao bem estar e que combate a depressão. E não vamos esquecer que o chocolate também contém cafeína, a substância que aumenta o estado de alerta e melhora a disposição.

Infelizmente, no entanto, isso não significa que você deve comer chocolate à vontade todos os dias. Embora seja benéfico à saúde, o chocolate engorda se for consumido em grande quantidade ou se o tipo escolhido apresentar uma grande concentração de açúcar e gordura, como é o caso da grande maioria dos chocolates à venda. O segredo está na palavra moderação: consuma no máximo 30 g de chocolate ao dia e fuja dos chocolates mais calóricos, como o branco, ao leite ou com frutas cristalizadas. 

Tipos de Chocolate

Além dos tradicionais chocolate ao leite e chocolate branco, nós podemos encontrar diversos outros tipos de chocolate à nossa disposição, entre eles: chocolate meio amargo, chocolate de soja, chocolate amargo, chocolate em pó, chocolate de alfarroba, chocolate com frutas, chocolate light, chocolate orgânico, chocolate extra amargo, chocolate com nozes e chocolate diet.

Veja abaixo as descrições dos principais tipos de chocolate e suas calorias:

– Calorias do Chocolate ao Leite

chocolate

Feito com pasta de cacau, leite e açúcar, este é o chocolate favorito dos brasileiros, e também um dos mais doces do mercado. O teor de cacau pode variar de acordo com o fabricante, mas fica no geral próximo a 25%. Um tablete de 30 g de chocolate ao leite puro (sem castanhas, frutas cristalizadas, etc.) fornece 162 kcal. Já uma barra de 120 g de chocolate ao leite contém 648 kcal.

– Calorias do Chocolate Meio Amargo

Um dos chocolates mais utilizados para o preparo de doces, o chocolate meio amargo tem uma porcentagem maior de cacau que o chocolate ao leite e também possui menos açúcar em sua composição. Com 50% de cacau na fórmula, o chocolate meio amargo é mais saudável que o chocolate ao leite e também menos calórico.

  • Porção de 30g: 150 kcal
  • Barra de 100 g: 503 kcal

– Calorias do Chocolate Amargo

Produzido a partir de sementes de cacau e uma quantidade mínima de manteiga de cacau, o chocolate amargo se caracteriza por conter pouco açúcar e uma concentração de cacau acima de 50%, o que não agrada muito o paladar dos brasileiros, acostumados a chocolates mais doces.

Apesar do sabor, o chocolate amargo é rico em flavonoides, e se consumido com moderação (leia-se de dois a três quadradinhos por dia, ou 15 g) pode trazer benefícios à saúde. E embora as calorias do chocolate amargo sejam semelhantes às do chocolate ao leite, a quantidade de carboidratos é significativamente menor: enquanto o chocolate ao leite contém cerca de 50 g de carboidratos em 100g de chocolate, esse valor não passa de 35 gramas no chocolate amargo.

  • Porção de 25 g (aproximadamente 4 quadradinhos): 136 kcal
  • Barra de 100 g: 544 kcal

– Calorias do Chocolate Extra Amargo

Post-Chocolate-Amargo

Com sabor ainda mais acentuado que o chocolate amargo, o chocolate extra amargo se caracteriza por conter um teor de cacau acima de 70% e pouco carboidrato. Por este motivo, o chocolate extra amargo é considerado o melhor tipo de chocolate para manter a boa forma e a saúde, pois não somente beneficia o sistema cardiovascular, como também permite saciar a vontade de comer chocolate com uma quantidade menor de calorias.

Enquanto o chocolate ao leite pode ser facilmente devorado em quantidades acima de 50 g, você provavelmente se sentirá saciado com apenas alguns quadradinhos de chocolate amargo ou extra amargo.

  • Porção de 25 gramas (4 quadradinhos): 136 kcal
  • Barra de 100 g: 544 kcal

– Calorias do Chocolate Diet

Apesar do nome, o chocolate diet é na verdade bastante calórico, sendo recomendado apenas para as pessoas com restrição ao consumo de açúcares, como é o caso dos diabéticos. A razão é que, para compensar a perda de sabor e consistência que ocorre com a retirada do açúcar, os fabricantes acrescentam maiores quantidades de gordura e sódio à receita, o que torna o chocolate diet ainda menos nutritivo que o chocolate ao leite.

  • Porção de 30 g: 141 kcal

– Calorias do Chocolate Light

Os termos diet e light sempre geram confusão, e passam a impressão de significarem a mesma coisa quando na verdade são dois termos distintos. Enquanto o termo diet se refere à ausência total de um ingrediente (pode ser açúcar, sal, gordura), a palavra light significa que o alimento tem uma redução de pelo menos 25% das calorias em relação ao produto original.

No caso específico do chocolate, a versão diet se refere ao produto sem açúcar, enquanto o chocolate light apresenta um valor energético menor que o chocolate tradicional.

  • Porção de 25 g: 110 kcal

– Calorias do Chocolate Branco

chocolate branco 2

Produzido a partir da manteiga de cacau, o chocolate branco é rico em açúcar e gordura, sendo o tipo de chocolate com menos benefícios à saúde. Em alguns casos, a manteiga de cacau é substituída pela gordura vegetal hidrogenada, um tipo de ácido graxo que pode conter as gorduras trans, nocivas à saúde. Alguns especialistas chegam inclusive a afirmar que o chocolate branco não é chocolate, mas sim um doce altamente calórico que lembra o chocolate.

  • Porção de 30 g: 170 kcal
  • Barra de 100 g: 570 kcal
  • Barra de 120 g: 680 kcal
  • 1 bombom de Ouro Branco: 111 kcal

– Calorias do Chocolate de Soja

Concebido como uma alternativa para quem tem restrições ao consumo de lactose, o leite de soja tem origem 100% vegetal e portanto não possui colesterol. Além de não apresentar gordura saturada de origem animal em sua fórmula, o chocolate de soja ainda contém isoflavonas, substâncias que têm o poder de atuar como hormônios no organismo.

  • Porção de 25 g: 137 kcal

– Calorias do Chocolate de Alfarroba

alfarroba-receita-saudavel

Assim como o chocolate de soja, o doce feito com alfarroba não possui lactose e é uma boa alternativa para quem quer evitar a cafeína do cacau. Com apenas 0.7% de gordura, é um dos chocolates menos calóricos e também se diferencia por ser rico em fibras.

Além da versão em tablete, o chocolate de alfarroba pode ser encontrado em pó e na forma de bombons, e ainda tem a vantagem de não conter açúcar. 

  • Porção de 25 g: 116 kcal
  • Bombom de alfarroba com coco: 95 kcal
  • Pó de alfarroba (1 colher de sopa): 38 kcal

– Calorias do Cacau em Pó

Indicado para o preparo de receitas, o cacau em pó não dever confundido com o chocolate em pó solúvel ou o achocolatado, duas versões com um teor menor de cacau. Com 100% de cacau, o cacau em pó traz todos os benefícios do chocolate sem o excesso de açúcar e gordura do doce em barra.

  • 1 colher (13g): 20 kcal
  • 1 xícara (165 g): 260 kcal
  • 100 g: 154 kcal

– Calorias do Chocolate em Pó Solúvel

chocolate em p¢ sol£velEternizado na imagem dos dois frades, o chocolate em pó solúvel é indicado para o preparo de bolos, doces e bebidas e, ao contrário do cacau em pó, leva açúcar em sua composição.

  • 1 colher: 45 kcal
  • 1 xícara: 578 kcal
  • 100 g: 350 kcal

– Calorias do Achocolatado em pó

Embora seja classificado como chocolate em pó solúvel, o achocolatado possui um teor de cacau menor e também uma grande quantidade de açúcar.

  • 1 colher: 49 kcal
  • 1 xícara: 619 kcal
  • 100 g: 375 kcal

– Calorias do Achocolatado light (o achocolatado diet tem valores similares)

  • 1 colher: 43 kcal
  • 1 xícara: 561 kcal
  • 100 g: 340 kcal

Porções

Além da forma pura, também consumimos o chocolate em diversos produtos e receitas. Saiba as calorias de alguns deles:

  • Bolo de chocolate (1 fatia de 50 g): 171 kcal
  • Mousse de chocolate (1 colher cheia): 94 kcal
  • Trufa (unidade de 50g): 235 kcal
  • Bomba de chocolate: 125 kcal
  • Brigadeiro (unidade de 30g): 100 kcal
  • Chocolate quente adoçado (200ml): 260 kcal
  • Chocolate quente com leite desnatado, sem açúcar (200 ml): 74 kcal
  • Amendoim coberto de chocolate (porção de 30g): 160 kcal
  • Bis (1 unidade): 35 kcal
  • Picolé de chocolate Kibon: 102 kcal
  • Calda de chocolate (colher): 28 kcal

Dicas

  • Se você está tentando diminuir a vontade de comer doces, deixe um pedaço de chocolate amargo ou extra amargo na bolsa e consuma dois quadradinhos quando a vontade aparecer;
  • Pesquisas sugerem que cheirar o chocolate antes de mordê-lo pode ajudar o cérebro a se sentir saciado com uma quantidade menor do alimento. Portanto, na próxima vez que bater aquela vontade incontrolável de devorar um doce, pegue um pedaço de chocolate e cheire por pelo menos 3 minutos antes de levá-lo à boca. A seguir, passe a mastigar bem lentamente, pois o cérebro precisa de um determinado tempo para enviar o sinal de saciedade;
  • Se a vontade que você tem for de comer chocolate, coma um pedaço do chocolate puro, evitando sobremesas mais calóricas como a trufa, a bomba de chocolate ou o mousse, que além do excesso de açúcar ainda contêm muita gordura saturada;
  • Evite sempre que possível os chocolates com biscoitos, leite condensado, licor e demais recheios que só aumentam as calorias do chocolate sem trazer benefícios à saúde.

Qual é o melhor tipo de chocolate?

Em geral, quanto maior o teor de cacau do chocolate, menor a quantidade de açúcar e gordura na sua composição, e portanto maiores serão seus benefícios à saúde. Embora as calorias do chocolate não variem muito entre os seus diferentes tipos, vale lembrar que não é só o valor energético de um alimento que deve ser levado em consideração, mas também suas propriedades nutritivas.

No caso específico do chocolate, isso significa que mesmo que o chocolate light seja menos calórico que o chocolate amargo, ele não é melhor, pois ainda contém açúcar, gordura e sódio, sem falar na menor quantidade de antioxidantes. Portanto, além de escolher o chocolate pelas calorias, lembre-se de olhar também o teor de cacau e a quantidade de açúcar e gordura listados no rótulo.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Que tipo de chocolate você mais gosta, e qual consome com mais frequência? Você já pensou em utilizado como um aliado para perder peso e a vontade de comer doces? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votos, média: 4,30 de 5)
Loading...

Deixe um comentário