Especialista da Área:

Carambola Emagrece ou Engorda?

🕐 18/12/2019

Cultivada no Brasil e encontrada no Sudeste Asiático, no Pacífico Sul, na Ásia Oriental, na Colômbia, na Guiana, nos Estados Unidos e na República Dominicana, a carambola é uma fruta originária da Índia.

O alimento é composto por nutrientes como potássio, fibras, proteínas, vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, ferro e magnésio. Como sabemos, esses componentes são importantes para o organismo. Mas será que além de fornecê-los podemos dizer que a carambola emagrece? Ou será que a carambola engorda?

Informações Nutricionais da Carambola

Porção1 unidade (10 cm) ou 100g
Energia28 calorias
Carboidratos6,1 g
Açúcar3,6 g
Proteínas0,9 g
Gorduras0,3 g
Fibras2,5 g
Sódio2 mg
Potássio121 mg

Carambola emagrece ou engorda?

É possível dizer que a carambola emagrece, ou melhor, favorece a perda de peso, por alguns motivos. Veja eles:

– Fibras e água 

Um dos motivos é que a fruta com formato de estrela possui bastante água e é fonte de fibras. A água e as fibras contribuem com a promoção da sensação de saciedade do organismo.

Uma vez com a barriguinha cheia, fica mais fácil controlar o apetite e não exceder na quantidade de calorias que são consumidas ao dia, não é mesmo? Não exagerar nas calorias é importante para o emagrecimento, já que para eliminar peso é necessário gastar uma quantidade calórica maior do que aquela que é consumida.

– Poucas calorias

Outro ponto positivo a favor da carambola é que ela não é rica em calorias – são 31 encontradas a cada porção equivalente a 100 g do alimento. Ao mesmo tempo, a fruta é nutritiva, conforme vimos acima.

Alimentos nutritivos e pouco calóricos são vantajosos para uma dieta saudável de emagrecimento pois fornecem os componentes que o corpo precisa para funcionar corretamente sem causar o acúmulo de calorias.

– Índice glicêmico

Ainda devemos destacar que a carambola é uma fruta que não possui índice glicêmico alto, ou seja, é absorvida na corrente sanguínea de maneira lenta e não aumenta rapidamente os níveis de glicose no sangue, causando picos, que são seguidos de quedas nessas taxas.

Isso é importante para a perda de peso porque um aumento muito rápido e grande, seguido de uma queda brusca nos níveis de açúcar no sangue, causa o aumento do apetite e o desejo por doces.

Obviamente, não basta incluir o alimento nas refeições para perder peso. Até porque não é verdade que a carambola emagrece como um passe de mágica. Na realidade, ao ser incluída em um processo de emagrecimento saudável, ela pode contribuir para que ele seja bem sucedido.

Para eliminar peso com qualidade e segurança, o fundamental é seguir a fórmula básica de ter uma alimentação saudável, equilibrada e controlada e praticar atividades físicas com regularidade, contando com acompanhamento de médico, nutricionista e instrutor físico.

Então é mentira que a carambola engorda? 

Não necessariamente. Até porque se você comer 1 kg de carambola em um único dia e sua alimentação for desregrada, calórica e repleta de guloseimas, é provável que toda essa quantidade da fruta ajude a ganhar e não perder peso.

Agora, se ela for consumida com moderação, dentro de um contexto de estilo de vida saudável, como explicado no tópico anterior, e aparecer no lugar de um lanchinho mais calórico, aí sim poderemos dizer que é mentira que a carambola engorda.

Veja que é mais do que a simples questão do que o alimento faz ou deixa de fazer. Seu impacto sobre o corpo também é definido pela maneira como ele é utilizado, em que quantidade é consumido e o contexto onde é integrado.

Benefícios da carambola 

Já vimos que a carambola emagrece se inserida num estilo de vida saudável, mas além de poder colaborar com o processo de emagrecimento, a fruta ainda está associada aos seguintes benefícios:

  1. Auxílio ao sistema digestivo, graças ao teor de fibras que estimulam os movimentos peristálticos (involuntários) de órgãos do sistema digestivo, que são fundamentais para que a digestão aconteça adequadamente, garantindo que o bolo alimentar chegue ao estômago e que o bolo fecal seja eliminado pelo corpo. O nutriente também contribui com a normalização dos movimentos intestinais, o que previne cólicas, inchaço, prisão de ventre, úlceras gástricas e até mesmo câncer de cólon;
  2. Ajuda a manter a pressão arterial saudável, por ser rica em potássio e pobre em sódio. Isso ajuda a manter os vasos sanguíneos relaxados e a deixar a pressão em níveis apropriados;
  3. Possui vitamina C, que tem ação antioxidante, o que contribui com o corpo no processo de combate a agentes infecciosos e previne contra a ação de radicais livres que causam malefícios como câncer, doenças no coração e envelhecimento precoce. O nutriente ainda constroi e atua na manutenção do colágeno, uma proteína essencial para os cabelos e a pele;
  4. Falando na saúde dos cabelos, a carambola também é fonte de vitamina A, um componente que através do aumento da produção de sebo, mantém o cabelo hidratado;
  5. A fruta também é fonte de magnésio, um mineral associado diretamente à melhoria da qualidade, da duração e da tranquilidade do sono.

Cuidados com a carambola 

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto – SP descobriram a presença de uma molécula denominada caramboxina na composição da fruta.

Apesar de ser encontrada em baixas concentrações e eliminada pelo organismo de pessoas com saúde normal, a caramboxina torna a carambola tóxica para quem sofre com problemas nos rins como insuficiência renal.

Isso porque a substância é retida pelo organismo das pessoas diagnosticadas com insuficiência renal. O resultado disso são efeitos como soluços com horas de duração, confusão mental e convulsão. Se não houver tratamento, a molécula pode levar até mesmo a morte desses pacientes.

Para os cientistas da USP, inclusive as pessoas que não sofrem com problemas nos rins devem tomar cuidado com a fruta e ingeri-la com moderação. A justificativa é que ao ser consumida em grandes quantidades, a carambola pode trazer problemas neurológicos e insuficiência renal aguda.

A intoxicação por carambola ainda pode trazer dormência, fraqueza e agitação como alguns de seus sintomas.

Outro perigo apresentado pela fruta é o de interagir com medicamentos. Assim, caso você esteja tomando algum tipo de remédio, consulte o médico de sua confiança e pergunte a ele se não há problemas em comer a carambola enquanto utiliza o medicamento.

Você já imaginava que o consumo de carambola emagrece, se acompanhado de um estilo de vida saudável? Tem o costume de consumir esta fruta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

Deixe um comentário