Chá-de-Java Emagrece? Para Que Serve?

Especialista:
atualizado em 20/02/2020

Entenda se é verdade que a planta chá-de-java emagrece, veja para que serve, suas utilidades, contraindicações e efeitos colaterais de seu consumo.

Embora o chá-de-java seja uma planta medicinal bastante comum na Ásia e na Austrália, ela pode ser encontrada em grande parte do mundo e é conhecida também pelo nome de bariflora.

  Continua Depois da Publicidade  

Do tipo arbustiva, ela atinge no máximo 1,2 m de altura e apresenta folhas com uma borda dentada e assimétrica e flores na coloração branco-celeste.

Não é difícil encontrar rumores que associem as plantas medicinais a diversos benefícios relacionados à saúde e à boa forma, não é mesmo? Entretanto, antes de acreditar neles, precisamos nos certificar de que realmente são embasados e confiáveis.

Por isso, descubra se o chá-de-java emagrece mesmo e pode ajudar de alguma maneira a melhorar a nossa saúde. Aproveite para conferir desde já outras opções de chás diuréticos para ajudar a emagrecer que podem ser úteis para você.

Será que o chá-de-java emagrece mesmo?

O chá-de-java pode funcionar como um chá diurético, ou seja, aumentar a quantidade de água que é eliminado do corpo por meio da urina.

Se isso realmente acontecer, a planta pode ser útil para combater o inchaço, que costuma acompanhar um quadro de retenção de líquidos e traz a impressão de que o corpo encontra-se mais volumoso.

No entanto, precisamos ponderar e lembrar que uma diminuição no inchaço pela eliminação do excesso de líquido no corpo não é o mesmo que a perda de gordura corporal.

Por sua vez, existem cápsulas de chá-de-java que prometem auxiliar o emagrecimento. Essas cápsulas geralmente também são compostas por fibras, substâncias conhecidas por aumentar a saciedade.

Entretanto, para assegurar que se tenha um melhor resultado, o uso dessas cápsulas deve vir acompanhado de uma alimentação equilibrada e de um plano regular de exercícios físicos.

  Continua Depois da Publicidade  

Ou seja, não podemos concluir que o chá-de-java emagrece como em um passe de mágica. Para confirmar se as cápsulas de chá-de-java realmente podem te ajudar a emagrecer e certificar-se de que elas não te farão mal, é fundamental que você consulte o médico antes de começar a utilizá-las.

Também é aconselhável que a sua dieta com foco no emagrecimento seja acompanhada por um nutricionista e que as suas sessões de atividades físicas sejam orientadas por um educador físico para garantir que todo o processo seja eficiente e seguro.

Para que serve o chá-de-java?

Agora que já mostramos se é verdade que o chá-de-java emagrece, vamos falar sobre outras serventias que já foram atribuídas à planta?

– Pressão alta

Pesquisas iniciais apontaram que tomar um determinado suplemento que contém chá-de-java, berberina, monacolina e policosanol aparentemente diminui a pressão arterial.

Entretanto, esse suplemento não reduz a pressão tanto quanto o medicamento hidroclorotiazida. Além disso, as evidências a respeito da efetividade do chá-de-java para a hipertensão são consideradas insuficientes.

Portanto, se você sofre com a pressão alta, antes de começar a usar o chá-de-java ou qualquer outra planta medicinal, suplemento ou medicamento, precisa consultar o médico.

Além disso, é fundamental que continue a seguir todas as recomendações e o tratamento indicados pelo médico para o seu quadro de hipertensão. Veja outras opções de chá para pressão alta.

– Outras utilidades

Você já ouviu falar que o chá-de-java pode ser usado para auxiliar o tratamento de problemas no fígado, distúrbios na bexiga, distúrbios nos rins, cálculos biliares, gota, articulações doloridas (reumatismo) ou outras condições?

  Continua Depois da Publicidade  

Pois saiba que especialistas alertam que as evidências em relação à efetividade do uso da planta para esses problemas também são consideradas insuficientes.

Ou seja

Antes de utilizar o chá-de-java para qualquer finalidade, é essencial que você consulte o médico para saber se a planta realmente pode te ajudar, se ela não pode te fazer mal e em que dosagem, frequência e duração máxima de tempo ela pode ser usada.

Essa recomendação é fundamental para todas as pessoas, especialmente para aqueles que têm uma saúde mais vulnerável como as grávidas, as mulheres que amamentam, as crianças, os adolescentes, os idosos e as pessoas que sofrem com alguma doença ou condição específica de saúde.

É importante lembrar que mesmo os produtos naturais como os chás podem fazer mal para algumas pessoas, principalmente quando ingeridos com exagero.

Nessa conversa com o médico, também é necessário informar o profissional a respeito de qualquer outra planta, suplemento ou medicamento que utilize para descobrir se não faz mal usar o chá-de-java ao mesmo tempo em que a substância em questão.

Contraindicações, efeitos colaterais com o chá-de-java

A planta não pode ser utilizada por mulheres grávidas, mulheres que amamentam, pessoas que sofrem com problemas estomacais como úlcera e gastrite, insuficiência renal ou insuficiência cardíaca e por quem tem suspeita de obstrução nas vias biliares.

Ela também não deve ser usada para tratar a retenção de líquidos decorrente de problemas no coração ou nos rins. Exista ainda uma preocupação quanto à possibilidade do chá-de-java diminuir a pressão arterial, o que representa um problema para quem já sofre com a pressão baixa.

Além disso, recomenda-se que a planta deixe de ser utilizada pelo menos duas semanas antes da data marcada para uma cirurgia justamente porque ela pode dificultar o controle da pressão arterial ao longo do procedimento.

Graças ao fato de apresentar um sabor bastante intenso na forma de chá, o chá-de-java pode favorecer o surgimento de náuseas ou vômitos.

Referências Adicionais:

Você já ouviu falar que o chá-de-java emagrece? Tem curiosidade de experimentar essa planta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário