Chá de quina para diabetes é bom mesmo?

Especialista da área:
atualizado em 12/07/2021

Não seria maravilhoso encontrar um produto natural que melhorasse de modo rápido e seguro um quadro de diabetes? Pois é, mas antes de acreditar quando alguém disser que o chá de quina para diabetes é bom, devemos ter cautela e pesquisar.

  Continua Depois da Publicidade  

Afinal, a diabetes não é brincadeira e pode gerar complicações graves como pressão alta, doença no coração, acidente vascular cerebral (AVC), problemas nos olhos, doenças dentais, danos nos nervos e problemas nos pés.

Será que tomar chá de quina para diabetes dá certo?

Chá de quina para diabetes

É até possível encontrar algumas fontes na internet que alegam que o chá de quina ou quina amarela (Cinchona calisaya) é uma planta que pode ser útil no tratamento da diabetes.

Entretanto, não encontramos informações confiáveis sobre pesquisas científicas ou explicações de especialistas que afirmam que tomar chá de quina para diabetes funciona ou que pode auxiliar o tratamento da doença.

Assim, não podemos bater o martelo e dizer que podemos utilizar a bebida com eficiência ou até mesmo segurança para lidar com a condição. 

Então, utilizo ou não?

Consulta médica - Chá de quina para diabetes

Você tem interesse em testar o chá de quina para diabetes? Então, antes de fazer isso, é extremamente importante ter uma boa conversa com o médico responsável pelo seu tratamento.

Não podemos cair no equívoco de que se um produto natural não fizer bem, mal não vai fazer. Isso porque até mesmo os produtos naturais como as plantas podem ter contraindicações, provocar efeitos colaterais e interagir com medicamentos.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, na conversa com o médico também é necessário perguntar se a quina ou quina amarela não pode fazer mal se você usar ao mesmo tempo em que toma algum medicamento, suplemento ou outra planta medicinal.

Por exemplo, não pode-se utilizar a planta ao mesmo tempo em que os medicamentos que desaceleram a coagulação sanguínea, como é o caso dos anticoagulantes.

Uma vez que o médico libere o consumo do chá de quina para diabetes, é essencial perguntar ao profissional em que frequência e dosagem máxima a bebida pode ser consumida. 

Além disso, nada de usar o chá como substituto de um tratamento completo e padrão para a diabetes. Isso pode ser perigoso, já que a diabetes pode provocar uma série de complicações graves para a saúde, como já vimos.

Cuidado com as contraindicações da quina

Além de saber se tomar o chá de quina para diabetes traz bons resultados, precisamos falar sobre restrições de uso da planta, assim como as reações adversas.

Pois bem, a Cinchona calisaya não pode ser utilizada por grávidas, mulheres que amamentam, crianças e pessoas que têm úlceras intestinais ou estomacais e miastenia gravis (doença neuromuscular que traz fraqueza e fadiga rápida dos músculos sob controle voluntário).

  Continua Depois da Publicidade  

A quina possui duas substâncias – quinina e quinidina – que podem causar um batimento cardíaco irregular. Isso aumenta o risco de irregularidade na frequência cardíaca dos pacientes que sofrem com a síndrome do intervalo QT longo.

Como ela pode desacelerar a coagulação sanguínea, outra preocupação é que a quina eleve as chances de sangramento adicional durante uma cirurgia. Outro receio é que a quinidina da planta aumente os efeitos dos relaxantes musculares usados na operação.

Por esses dois motivos, o paciente deve interromper o uso da quina pelo menos duas semanas antes da data de um procedimento cirúrgico.

Efeitos colaterais

Em dosagens altas, a planta pode provocar efeitos colaterais. Por exemplo, dores de cabeça, zumbidos nos ouvidos, diarreia, náusea, tontura, irritação gástrica, perturbações na visão, surdez e até a morte.

Além disso, é possível que a quina traga outros problemas como sangramento e reações alérgicas, que podem incluir febre e urticária. 

  Continua Depois da Publicidade  

Ao experimentar algum desses sintomas ou qualquer outro tipo de reação adversa durante o uso da quina, procure rapidamente o auxílio médico.

Vídeo

Anda preocupado com a sua diabetes? Então, fique de olho nos alimentos perigosos para quem tem a doença, que a nossa nutricionista mostra no vídeo:

Fontes e referências adicionais

Você ou alguém da sua família sofre com diabetes? Como descobriu a doença? Comenta abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário