4 benefícios do chá de quina – Para que serve e dicas

Especialista da área:
atualizado em 25/01/2022

A quina é uma planta medicinal muito conhecida na medicina, e seu chá vem ganhando cada vez mais adeptos, pelos benefícios que ele pode trazer para a saúde.

Mas esse não é o único motivo de sua fama, uma vez que ela é usada na produção de águas tônicas, e ainda existe uma crença de que a quina tem um efeito abortivo.

  Continua Depois da Publicidade  

Por tudo isso, neste artigo vamos conhecer melhor esta planta e seus efeitos, além de descobrir quais são as suas contraindicações e possíveis efeitos colaterais.

Veja também: Chá de quina para diabetes é bom mesmo?

O que é a Quina?

Quina
As folhas e cascas da raiz, ramos e tronco são usados no preparo do chá

A Cinchona calisaya ou quina é uma planta medicinal conhecida popularmente pelos nomes de quina-amarela, quineira, casca dos jesuítas, chichona vermelha e casca peruana.

As árvores dessa planta são originárias de florestas da América do Sul e as suas folhas e as cascas da sua raiz, ramos e tronco são utilizadas no preparo de um chá com grande potencial terapêutico: o chá de quina. 

4 benefícios atribuídos ao chá de quina

Como a quina é uma planta muito utilizada na medicina tradicional, existem diversos efeitos que são atribuídos a ela. Mas nem todos são reais, ou pelo menos não são exatamente como muitas pessoas acreditam.

  Continua Depois da Publicidade  

A seguir vamos conhecer os principais efeitos atribuídos à essa planta:

1. Contém quinina, substância usada no tratamento da malária

A casca da planta quina é contém naturalmente uma substância chamada quinina, que é o composto ativo de um medicamento chamado quinino, que é utilizado no tratamento da malária.

Entretanto, apenas o uso da planta, de bebidas ou de suplementos que contêm a quinina não é recomendado como remédio para a malária, uma vez que as quantidades contidas nesses produtos é muito pequena, e não são suficientes para tratar o problema.

Portanto, se você foi diagnosticado com a malária, deve seguir corretamente as orientações do médico a respeito do tratamento da condição.

2. Problemas estomacais

Algumas culturas utilizam a casca da quina para auxiliar no tratamento de problemas gástricos, como dor de estômago, má digestão, diarreia e flatulência.

No entanto existem poucos estudos científicos que suportem essa teoria. Ou seja, o ideal mesmo é seguir as recomendações médicas e seguras para lidar com esses problemas.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Estímulo do apetite

A Cinchona calisaya é reconhecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) como um fitoterápico estimulante do apetite, e ela é facilmente encontrada em farmácias e drogarias.

Porém, como não sabemos se as substâncias da planta que promovem este efeito estão presentes em doses adequadas no chá de quina, não há como garantir que a bebida tenha esse efeito.

Com isso, antes de usar o chá de quina para estimular o apetite e combater o baixo peso, consulte um médico para se certificar de que a bebida realmente pode contribuir neste sentido.

Além disso, vale lembrar que, assim como acontece com um processo de emagrecimento, o processo de ganho de peso precisa ocorrer de maneira segura, por meio de uma dieta saudável, equilibrada e nutritiva, preferencialmente com o acompanhamento de um nutricionista, que saberá indicar o “regime de engorda” mais apropriado para cada paciente.

4. Chá de quina para diabetes

Outro efeito terapêutico atribuído ao chá de quina é o auxílio na redução dos níveis de açúcar no sangue, motivo de muitas pessoas utilizarem a bebida no dia a dia.

E é justamente devido a esse isso tão popular que alguns grupos de pesquisa começaram a estudar o efeito hipoglicemiante da planta, encontrando alguns resultados bem animadores.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas é importante lembrar que essas pesquisas ainda estão no início, e foram feitas apenas com animais, e que para afirmar que humanos podem se beneficiar deste efeito, ainda é necessária a realização de mais estudos.

Então, se você sofre com a diabetes, siga corretamente todo o tratamento indicado pelo seu médico e não substitua os cuidados recomendados pelo profissional pelo uso exclusivo de uma planta medicinal.

Outras dúvidas

Mulher com dor no útero
Há algumas dúvidas em relação aos efeitos do chá de quina na menstruação

O chá de quina aborta?

Não, o chá de quina não provoca aborto. Entretanto mulheres grávida devem evitar o uso da bebida, pois ela pode trazer riscos para o bebê.

Isso ocorre porque a quinina, que é a substância natural retirada da casca da quina, tem uma alta toxicidade para o feto, e pode causar defeitos congênitos graves.

O chá de quina desce a menstruação?

Não existem evidências científicas que indiquem que o chá de quina desce a menstruação. Então, se você perceber que a sua menstruação está atrasada ou irregular, consulte um médico para descobrir o que está acontecendo e receber o tratamento apropriado.

Além disso, a ausência da menstruação é um dos sintomas de gravidez e, como acabamos de ver, grávidas não podem tomar o chá de quina.

Contraindicações e efeitos colaterais

A quinina é contraindicada para crianças e pessoas com depressão, problemas de coagulação ou doenças hepáticas.

Além disso, ela provocar efeitos colaterais como:

  • Arritmias
  • Náuseas
  • Confusão mental
  • Visão embaçada
  • Tonturas
  • Hemorragias
  • Problemas no fígado.

Por isso, é importante conversar com seu médico antes de começar a tomar o chá de quina, para verificar se a bebida não irá te fazer mal e em que dosagem e frequência você pode utilizá-la.

Dicas e cuidados

Antes de começar a utilizar o chá de quina, é de vital importância consultar um médico, para saber se a bebida é indicada para seu caso e evitar possíveis interações medicamentosas.

Além disso, caso experimente qualquer efeito colateral depois que tomar o chá de quina, procure rapidamente o auxílio médico para receber o tratamento adequado.

Por fim, caso o chá de quina lhe seja indicado como tratamento para alguma condição de saúde, tenha cuidado com a quantidade utilizada, uma vez que mesmo substâncias benéficas podem, quando utilizadas de forma exagerada, causar toxicidade.

Fontes e referências adicionais

Você já tinha ouvido falar do chá de quina? O que achou dos benefícios dessa bebida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (23 votos, média 4,17)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário

4 comentários em “4 benefícios do chá de quina – Para que serve e dicas”

  1. Moro em Curitiba e fui criada em Goiás meu pai sempre usou casca de quina medicinalmente e sempre deu certo para nossa família.

    Responder
  2. Quero , primeiramente repudia este arhh tb Ugo qudd de tem algum estudo sério para se acreditar. Depois Dre artigo nada mais é que uma propaganda da classe médica, que ao meu ver, não é mais consistente que a opinião de um Farmacêutico , pois é o farmacêutico que pesquisa sobre quaisquer plantas e pesquisa a respeito do trma. gostaria te dar um conselho de um Farmacêutico experiente que procure algum pesquisador do medicamento que tem autoridade no assunto.ou procure estudar um pouco a cerca da profissão farmacêutica.

    Responder