Chá para Tosse – 8 Melhores, Como Fazer e Dicas

Especialista:
atualizado em 26/12/2019

Tossir é um mecanismo natural que nosso corpo encontra para se livrar de muco e outras substâncias potencialmente irritantes para o sistema respiratório. Isso nos leva a dizer que não há nada de errado em tossir de vez em quando e que isso pode até fazer bem para a saúde.

Porém, tosses prolongadas ou que vêm acompanhadas de outros sintomas podem ser sinais de condições de saúde como infecções e alergias, por exemplo.

A tosse persistente ou até mesmo aquela tosse seca que incomoda e prejudica a sua qualidade de vida pode e deve ser tratada. Continue lendo para conhecer os melhores tipos de chá para tosse e outras dicas simples para se livrar desse incômodo.

Tosse

A tosse é um reflexo natural do nosso corpo para expelir substâncias irritantes ou agentes infecciosos que por ventura se estabelecem nas nossas vias respiratórias. Ela pode ocorrer sem muco na forma de uma tosse seca ou com muco quando existe catarro sendo expelido.

Alguns tipos de tosse podem prejudicar muito a qualidade de vida já que podem atrapalhar o sono, prejudicar o desempenho no trabalho ou em qualquer outra atividade, além de incomodar as pessoas ao redor.

As principais causas de tosse incluem alergias, infecções como gripes e resfriados e refluxo ácido. Independentemente da causa, alguns tipos de chás com propriedades medicinais podem ajudar a aliviar a tosse irritante e persistente que incomoda bastante.

Melhores tipos de chá para tosse

1. Chá de hortelã-pimenta

As folhas de hortelã-pimenta apresentam propriedades medicinais ótimas para quem tem um resfriado ou uma tosse. O mentol encontrado na planta é capaz de acalmar a garganta e atuar como um descongestionante, ajudando a eliminar o muco acumulado.

Além de tomar o chá, inalar o vapor da bebida também faz bem e ajuda a limpar as vias nasais.

Como fazer

O chá de hortelã-pimenta pode ser feito com um sachê pronto, mas o efeito terapêutico é melhor se preparado a partir de folhas frescas da planta.

Para isso, separe cerca de 7 a 10 folhas de hortelã-pimenta previamente lavadas para cada 1 xícara de água. Esmague levemente as folhas e adicione a água quente. Deixe a bebida em infusão por aproximadamente 10 minutos. Depois disso, é só coar e beber.

2. Chá de raiz de marshmallow

Esse não é um chá muito comum, mas pode ser um ótimo chá para tosse. Não estamos falando do doce, mas sim de uma erva. A erva marshmallow é obtida de uma planta chamada de Althaea officinalis cujas folhas e raízes têm sido usadas há muito tempo para aliviar dores de garganta e suprimir a tosse.

O marshmallow, quando combinado com água, produz uma bebida que se assemelha a um gel que reveste a garganta e ajuda a diluir o muco presente nos pulmões, o que facilita a tosse com catarro.

Apesar de não existirem estudos contundentes sobre os efeitos benéficos da erva, ela é considerada segura para consumo humano.

Como fazer

O chá de marshmallow pode ser preparado a partir das raízes da planta, porém a raiz de marshmallow não é indicada para crianças.

O modo de preparo é bastante simples. Coloque 2 colheres de chá de raiz de marshmallow seca em 1 xícara de água quente. Deixe em infusão por alguns minutos e coe. Você pode tomar até 3 xícaras ao dia.

3. Chá de canela

A canela em pau pode ser usada para tratar a tosse devido à sua capacidade de eliminar o muco. Além disso, a canela tem propriedades antibacterianas que ajudam a combater a causa da infecção. O mel e o limão, quando incluídos na receita, potencializam ainda mais o efeito benéfico para a saúde.

Como fazer

Coloque 2 xícaras de água em um recipiente que possa ir ao fogo e adicione 1 pedaço de canela em pau e 1 rodela de limão. Se quiser, também pode adicionar alguns cravos-da-índia. Em seguida, deixe a mistura ferver por cerca de 5 minutos. Depois disso, é só coar e adicionar mel a gosto.

4. Chá de tomilho

O tomilho é muito utilizado para tratar doenças respiratórias, podendo ser útil como chá para tosse e no tratamento da bronquite de curta duração. As folhas de tomilho contêm flavonoides que relaxam os músculos da garganta, suprimindo a tosse e diminuindo a inflamação.

Como fazer

Para preparar o chá caseiro de tomilho, são necessárias 2 colheres de chá de folhas de tomilho frescas, secas ou moídas para cada xícara de água fervente. Em seguida, basta cobrir a bebida e deixar em infusão por 10 minutos e coar.

5. Chá de hera

A folha de hera é encontrada na planta conhecida cientificamente como Hedera helix. Médicos acreditam que as saponinas presentes na planta ajudam a afinar o muco, o que ajuda a expectorar o catarro junto com a tosse, fazendo com que o corpo se recupere mais rapidamente.

Como fazer

É indicado usar um punhado de folhas secas de hera em 1 xícara de água quente. Após deixar em infusão por cerca de 10 minutos, já é possível coar e tomar o chá.

Como a planta pode gerar alguns efeitos colaterais como problemas gastrointestinais, a dose máxima recomendada é de 2 xícaras por dia. Além disso, mulheres grávidas ou amamentando e crianças não devem tomar a bebida.

6. Chá de gengibre

O gengibre é uma raiz que pode aliviar tosse seca ou resultante de alergias como a asma. Ele apresenta propriedades anti-inflamatórias que também ajudam a reduzir a inflamação na garganta, quando houver.

De acordo com um estudo de 2013 publicado na revista científica American Thoracic Society, os compostos anti-inflamatórios presentes no gengibre relaxam as membranas encontradas nas vias aéreas, ajudando a diminuir a tosse. O estudo foi feito com células humanas e animais, o que indica que mais pesquisas ainda são necessárias, mas os resultados obtidos até agora sugerem que o gengibre também pode ser benéfico para os humanos.

Como fazer

O chá de gengibre pode ser preparado com cerca de 20 a 40 gramas de fatias frescas de raiz de gengibre em 1 xícara de água quente. É recomendado deixar a mistura em infusão por alguns minutos.

Se preferir, adicione um pouco de mel e suco de limão para potencializar as propriedades medicinais do chá e para melhorar o sabor.

7. Chá verde

O chá verde é um remédio usado para tosse há centenas de anos. Segundo um artigo publicado em 2014 no periódico científico Frontiers in Microbiology, o chá verde é rico em antioxidantes que auxiliam na proteção do corpo contra infecções bacterianas e virais, incluindo a gripe. Assim, ele pode ajudar a combater a infecção e a aliviar a tosse ao mesmo tempo.

Como fazer

Para preparar meio litro de chá verde, é indicado usar 1 colher de sopa bem cheia de folhas frescas ou secas da planta. Assim, aqueça a água até que ela entre em ebulição. Em seguida, desligue o fogo e coloque as folhas. Deixe a mistura em infusão por alguns minutos e, depois disso, coe e aproveite os benefícios desse chá.

8. Chá de alcaçuz

O alcaçuz é conhecido por ajudar a soltar o catarro acumulado e a relaxar a musculatura dos brônquios, o que auxilia na eliminação de muco e na redução da tosse.

Como fazer

O chá de alcaçuz geralmente é preparado a través de um extrato líquido da planta. O indicado é adicionar cerca de 45 gotas de extrato de alcaçuz em 1 xícara de água quente.

Também é possível usar o alcaçuz em pedaços para preparar o chá. Basta adicionar alguns pedaços de alcaçuz em 1 xícara de água e deixar ferver por no máximo 10 minutos. Em seguida, deixe em infusão por mais 10 minutos antes de coar a bebida.

Dicas

Além dessas opções de chá para tosse mencionadas anteriormente, existem outros remédios caseiros que podem ajudar a melhorar a tosse.

– Mel

Se você prefere adoçar seu chá para tosse, use mel. O mel é um ótimo remédio para dor de garganta e alívio de tosses em geral. Segundo estudos, ele pode ser mais eficaz do que certos medicamentos supressores de tosse que contêm dextrometorfano. Além de usar para adoçar bebidas, o mel pode ser usado puro ou na forma de um remédio caseiro com 2 colheres de mel misturadas em água morna com limão.

– Probióticos

O consumo de probióticos com moderação pode favorecer a saúde da sua microflora intestinal, fortalecendo também o seu sistema imunológico. Algumas evidências científicas sugerem que os probióticos do tipo Lactobacillus podem diminuir a probabilidade de surgimento de um resfriado, uma gripe ou uma alergia como a sensibilidade ao pólen, por exemplo.

– Linhaça

A semente de linhaça em água quente forma um gel grosso e pegajoso que alivia a dor na garganta e o desconforto causado pela tosse. Ao incluir mel e limão na receita, a mistura se torna ainda mais eficaz devido ao efeito bactericida e calmante dos ingredientes.

Coloque de 2 a 3 colheres de sopa de semente de linhaça em 1 xícara de água e deixe ferver até que a água fique espessa. Depois disso, coe e adicione mel a gosto e um pouco de suco de limão. Você pode tomar 1 colher de sopa dessa mistura sempre que julgar necessário para aliviar a tosse.

– Canela

Algumas pessoas produzem uma espécie de xarope contendo canela, limão e mel que é tiro e queda contra a tosse. A receita é bem simples, basta colocar um pouco de mel em 1 colher de sopa, espremer algumas gotas de limão e colocar uma pitada de canela para finalizar e pronto. Quem preferir, pode aumentar a receita para armazenar o mel com canela e limão por alguns dias.

– Bromelaína

A bromelaína, enzima presente naturalmente no caule e no fruto do abacaxi, pode ajudar na supressão da tosse e facilitar a eliminação de muco acumulado na região da garganta. É indicado comer 1 fatia de abacaxi ou beber cerca de 200 mililitros de suco natural de abacaxi pelo menos 3 vezes ao dia. Alguns relatos mostram que a bromelaína também pode aliviar sintomas da sinusite, porém ainda não há evidências contundentes para provar essa função.

– Água com sal

Gargarejo com água e sal também pode ajudar a amenizar a dor na garganta e aliviar a tosse. É recomendado misturar ½ colher de chá de sal em 1 xícara de água morna. O único cuidado que deve ser tomado é com crianças que podem engolir a solução sem querer.

Prevenindo a tosse

A tosse geralmente ocorre como um sintoma de gripe ou resfriado. Assim, a melhor forma de evitar a tosse é se protegendo contra essas infecções tão comum no nosso dia a dia.

A gripe pode ser facilmente prevenida por meio das campanhas de vacinação anuais que protegem contra o vírus que causa a doença. Para os resfriados, não há vacina por causa da grande variedade de vírus que existem, mas é possível se prevenir adotando algumas medidas de precaução:

  • Cobrir o nariz e a boca quando estiver tossindo ou espirrando;
  • Ingerir muitos líquidos para se manter bem hidratado;
  • Lavar as mãos com frequência, principalmente depois de entrar em contato com alguém doente ou frequentar lugares públicos;
  • Usar um umidificador de ar para evitar o acúmulo de muco nas vias respiratórios em climas secos;
  • Evitar o contato direto com pessoas contaminadas;
  • Manter limpas as áreas comuns da casa e do trabalho como telefones, bancadas e maçanetas, por exemplo.

Quando a tosse é proveniente de uma alergia, é importante identificar o alérgeno responsável por causar os sintomas de alergia e evitar o contato com ele. Pessoas que têm alergia a pelos de animais, por exemplo, devem evitar acariciar animais e lavar as mãos sempre que tiver exposta a um bichinho de estimação. Já pessoas que apresentam alergia a ácaro ou a poeira devem caprichar na limpeza da casa para evitar surtos de alergia.

Se essas dicas de chá para tosse e outras medidas não forem úteis e você notar que sua tosse está piorando, que está com dificuldade para respirar ou que está tossindo com sangue, procure orientação médica pois seu corpo pode estar enfrentando uma infecção grave que necessita de tratamento específico. Não hesite em procurar um médico, principalmente se você apresentar febre alta, desidratação, mal-estar e fraqueza.

Fontes e Referências Adicionais:     

Você costuma tomar que tipo de chá para tosse? Acredita que essas opções podem mesmo ajudar e pretende incluir no tratamento quando tiver uma crise? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário