Diosmin Emagrece? Para Que Serve?

Especialista:
atualizado em 05/07/2020

Diosmin é um medicamento de uso adulto e oral, daqueles que necessita da apresentação da receita médica para ser comprado. Ele pode ser encontrado em embalagens contendo 10, 30 ou 60 comprimidos. As informações são da bula do remédio, disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para que serve Diosmin? 

O medicamento é indicado para o tratamento das manifestações da insuficiência venosa crônica como varizes, dor nas pernas, sensação de queimação, inchaço, entre outros sintomas. O remédio também pode ser utilizado no tratamento de sintomas relacionados a hemorroidas como dor, inchaço local, sensação de queimação e sangramento.

É verdade que Diosmin emagrece?

Para descobrirmos se Diosmin emagrece, precisamos recorrer ao que a bula do medicamento nos informa a respeito disso, não é verdade?

Pois bem, de acordo com as indicações do documento, não podemos concluir que Diosmin emagrece, pelo menos não de maneira direita. Isso porque a bula não menciona que a perda de peso ou a diminuição do apetite como um dos efeitos colaterais possivelmente provocados pelo medicamento.

Entretanto, como acabamos de aprender com o tópico anterior, o remédio pode ser utilizado para tratar o inchaço como sintoma em casos de condições como insuficiência venosa crônica e das hemorroidas.

Tendo em vista que o inchaço faz com que as regiões do corpo atingidas por ele aparentem estar mais cheinhas do que o normal, se o medicamento realmente conseguir tratar eficientemente essa questão, o corpo ganhará uma aparência menos cheia e mais esguia.

Isso não quer dizer que o medicamento elimine gordura, somente que pode melhorar os aspectos inchados das áreas do corpo que foram afetadas pelo inchaço como sintoma das hemorroidas ou da insuficiência venosa crônica.

Se ao longo do seu tratamento você perceber que Diosmin emagrece para você, principalmente se isso acontecer de maneira considerável, – mais do que somente a diminuição do inchaço em algumas regiões do corpo – é importante que você converse com o médico para saber o que pode ter provocado a situação e como você deve proceder para lidar com essa perda de peso.

Até porque precisamos lembrar que, assim como o aumento de peso, a perda de peso significativa também pode representar prejuízos para a saúde.

E nada de usar o medicamento sem que o médico tenha recomendado somente porque quer desinchar o corpo. Como vimos no início deste artigo, Diosmin pode ser comercializado somente com a apresentação da receita médica. Deve existir uma boa justificativa para isso, não é mesmo?

Além disso, nada garante que o remédio acabe com qualquer tipo de inchaço, como o que é provocado pela retenção de líquidos, visto que ele é próprio para tratar o inchaço e outros sintomas de duas condições específicas. Como se não bastasse, a automedicação é uma atitude sempre perigosa, que pode provocar prejuízos sérios ao organismo.

Existem outras formas de tratar o inchaço não associado às hemorroidas e à insuficiência venosa crônica. Se você sofre com esse problema, deve consultar o médico para saber qual é a causa de originou o seu inchaço e qual a maneira mais segura e eficiente de tratá-lo.

Efeitos colaterais de Diosmin 

De acordo com a bula do medicamento, ele pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

  • Cefaleia – dor de cabeça;
  • Náuseas;
  • Dor abdominal;
  • Dispepsia – indigestão;
  • Diarreia;
  • Insônia;
  • Sonolência;
  • Mialgia – dor nos músculos;
  • Dor musculoesquelética;
  • Cansaço;
  • Vômito;
  • Dor epigástrica – dor na região do estômago;
  • Alterações na pele;
  • Eczema – doença de pele que provoca lesões no formato de placas, manchas ou bolhas;
  • Pitiríase rósea – doença que provoca erupções na pele, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD);
  • Tontura;
  • Vertigem;
  • Ansiedade;
  • Fadiga.

Ao experimentar qualquer uma das reações adversas mencionadas acima ou ainda algum outro tipo de efeito colateral, procure rapidamente a ajuda do médico responsável pelo seu tratamento para saber direitinho como deve proceder a partir de então.

Contraindicações e cuidados com Diosmin 

O remédio não deve ser utilizado por quem temos de 18 anos de idade, por mulheres que estejam amamentando e por pessoas que sofrem com hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula do medicamento.

O uso do medicamento exige cautela a mulheres que estejam grávidas, que devem utilizar Diosmin somente quando o médico determinar. Além disso, o paciente que tem histórico ou está em tratamento para doenças nos rins ou no fígado deve avisar o médico a respeito disso antes de começar a fazer uso do remédio.

Caso esteja fazendo uso de qualquer outro tipo de medicamento, suplemento ou planta medicinal, informe o seu médico para que ele verifique se não existem riscos de interação entre Diosmin e a substância em questão. As informações são da bula de Diosmin.

Não se automedique com Diosmin ou qualquer outro tipo de medicamento porque isso pode prejudicar gravemente a sua saúde. Isso porque você pode se expor a efeitos colaterais desnecessários, além de correr o risco ingerir uma substância contraindicada para você ou utilizar uma dosagem perigosa para o seu organismo sem saber e acabar passando muito mal.

Fontes e Referências Adicionais:

Você conhece alguém que tenha tomado e afirme que o Diosmin emagrece? Teve receio de utilizar esse medicamento, mesmo sendo indicado por um médico? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (22 votos, média: 4,32 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário