Isoflavonas de soja – Para que servem e benefícios

Especialista da área:
atualizado em 05/02/2021

O uso de isoflavonas de soja cresceu bastante nas últimas décadas, devido, principalmente, a seus benefícios para mulheres na menopausa.

  Continua Depois da Publicidade  

Elas são um grupo de substâncias encontradas em uma variedade de plantas diferentes, porém, a fonte de mais popular é a soja, que contém as mais benéficas: a genisteína e a daidzeína.

Então, vamos entender agora o que são as isoflavonas, quais os seus benefícios para a saúde e onde podemos encontrar essa substância tão famosa.

Isoflavonas x estrogênio humano

Grãos de soja
Grãos de soja

O estrogênio, ou estradiol, tem uma ação muito mais forte quando comparado à ação dos fitoestrogênios vegetais, como a genisteína.

Mas as isoflavonas podem estimular os receptores de estrogênio humanos e compensar a diminuição da produção deste hormônio, principalmente na menopausa, quando os níveis de estrogênio estão baixos. 

Entretanto, existe um ponto negativo, pois elas podem bloquear os efeitos do estrogênio humano, uma vez que se ligam aos receptores e competem dessa forma com ele.

Isoflavonas x microbiota intestinal

As isoflavonas são, em geral, ingeridas em sua forma inativa. Mas, uma vez no trato intestinal, as bactérias da microbiota fermentam essas isoflavonas, e liberam as suas formas ativas.

Entretanto, como depende da ação dessas bactérias, o metabolismo das isoflavonas varia muito de pessoa para pessoa.

Além disso, algumas pessoas também possuem bactérias intestinais que podem metabolizar a daidzeína para um estrogênio mais poderoso, chamado equol.

O equol tem uma atividade mais alta do que qualquer outra isoflavona, e as pessoas que possuem essas espécies de bactérias intestinais obtêm maiores benefícios para a saúde com as isoflavonas do que as pessoas que não as têm. 

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, uma boa alternativa para pessoas que não obtêm bons efeitos dos suplementos de isoflavonas é investir no uso de probióticos, de forma a melhorar a microbiota intestinal.

Benefícios das isoflavonas de soja

soja em grãos e leite de soja
O leite de soja é uma boa fonte de isoflavonas

1. Reduz a tensão pré-menstrual (TPM)

Tanto o consumo da proteína de soja, quanto o de isoflavonas de soja, pode reduzir significativamente os sintomas associados à menstruação, como:

  • Dores de cabeça;
  • Sensibilidade mamária;
  • Cólicas;
  • Retenção de líquidos.

2. Reduz o risco de doença cardíaca

As ações antioxidantes e anti-inflamatórias das isoflavonas de soja ajudam a manter a elasticidade dos vasos sanguíneos, além de contribuir para a prevenção da formação de placas de gorduras nas paredes das artérias.

E esses efeitos são ainda mais visíveis quando o consumo de isoflavonas está associado a uma dieta equilibrada e à prática de exercícios.

3. Protege contra o câncer de próstata

A soja pode contribuir para a proteção contra o câncer de próstata como demonstrado em um estudo publicado no periódico Nutrients. Entretanto, ainda não se sabe exatamente qual isoflavona é a responsável por este efeito.

4. Protege contra o câncer de mama

São muitos os estudos que demonstram que as isoflavonas de soja tem um efeito protetor contra o câncer de mama.

De acordo com um estudo da American Society of Clinical Oncology, o uso de isoflavonas, assim como o consumo de soja, reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama, melhora as taxas de sobrevivência e ajuda a evitar a recorrência da doença.

5. Ajuda nos sintomas da menopausa

Esse talvez seja o benefício mais conhecido das isoflavonas, que amenizam a maioria dos sintomas relacionados à menopausa.

  Continua Depois da Publicidade  

Essa melhora se deve à ação dos fitoestrógenos diretamente nos receptores de estrogênio, que substituem este hormônio que está em níveis mais baixos.

Os principais efeitos são:

  • Redução de fogachos e suores noturnos: As ondas de calor e os suores noturnos são extremamente comuns na menopausa, e se devem à queda dos níveis de estrogênio. Esses sintomas ocorrem porque a modificação hormonal afeta a dilatação dos vasos sanguíneos que estão mais próximos da pele, impedindo a regulação da temperatura interna. 
  • Protege contra a osteoporose: As alterações hormonais impactam na densidade óssea, resultando em ossos mais finos e, como resultado, mais frágeis. Este processo é tipicamente referido pelos médicos como osteoporose, e é bastante comum em mulheres na pós-menopausa.
  • Melhora o humor e a memória: As mudanças que ocorrem durante a menopausa não se restringem apenas aos sintomas físicos. Há também algumas evidências de que uma queda no estrogênio pode afetar o humor e a memória.

Efeitos Colaterais

Seu consumo, até o momento, tem se mostrado seguro. Mas alguns efeitos colaterais leves podem ocorrer, principalmente quando a suplementação de isoflavonas é feita a partir do consumo de soja e seus derivados. Os principais são:

Além disso, algumas pessoas apresentam alergia à soja, podendo apresentar sintomas como:

  • Coceira;
  • Vermelhidão na pele;
  • Inchaço na boca e nos olhos;
  • Dificuldade para respirar.

Precauções e advertências

  • Gravidez e amamentação: Apesar de o consumo de pequenas quantidades de soja ser seguro durante a gravidez, o uso de suplementos de isoflavona são contraindicados;
  • Crianças: O uso de suplementos de isoflavona não é indicado para crianças;
  • Câncer de mama: Alguns especialistas contraindicam o consumo de soja e o uso de suplementos de isoflavona para mulheres com histórico de câncer de mama. E, como há muita controvérsia sobre o tema, o uso por essas pessoas deve sempre ser orientado por um médico.

Dosagem

A dose ideal de isoflavona pode variar, de acordo com a idade e os objetivos do uso. Por isso, apenas um médico pode determinar a dose ideal para cada caso.

Reposição hormonal

Se você conversou com seu médico sobre a menopausa, possivelmente recebeu a recomendação de uma terapia de reposição hormonal, feita com versões sintéticas dos hormônios que naturalmente diminuem durante a menopausa.

Mas existem algumas controvérsias sobre o uso desse tipo de terapia, com especialistas demonstrando que ela é benéfica, enquanto outros afirmam que existem sérios riscos para a saúde.

Por isso, a orientação de um médico especialista no assunto é essencial, de forma a evitar o uso indiscriminado de medicamentos e suplementos, assim como a prescrição de tratamentos adequados.

Dicas de alimentos que contém isoflavonas de soja

A melhor maneira de consumir isoflavonas é na forma de alimentos, para que você possa se beneficiar de todos os nutrientes e compostos benéficos da soja.

Os principais alimentos ricos em isoflavonas, além dos próprios grãos de soja, são:

  • Proteína de soja: Proteínas de soja contêm mais isoflavonas do que qualquer outro alimento;
  • Edamame e outros produtos de soja: Os grãos de soja, verdes ou cozidos, também são uma fonte abundante de isoflavonas, assim como alguns derivados, como a carne e o leite de soja.
Fontes e referências adicionais

Você já tomou suplemento de isoflavonas de soja para algum dos propósitos citados acima? Está na fase da menopausa e sentindo muito os efeitos? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (24 votos, média 3,79)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

9 comentários em “Isoflavonas de soja – Para que servem e benefícios”

  1. Matéria ótima, ajuda muito e esclarece muitas dúvidas. Estou tomando isoflavona 100mg e amora 400mh juntas em 3 dias melhorou muito as ondas de calor e suores a noite o que me deixava muito irritada e melancólica, mas lendo fiquei com uma duvida meu mefico mandou tonar 2 cápsulas de 12 em 12 horas é muito isoflavona.

    Responder
    • Oi amiga,boa noite! De qual marca vc toma a isoflavona com a amora? Ou, em qual farmácia manipulou? Abraços! …

      Responder
  2. Sou homem 50 anos se fase minhas mamas podem crece e meu corpo pode afeminisa ficar igual uma mulher

    Responder
  3. Estou tomando isoflavona mais ou menos 5 meses.Estava sofrendo com os efeitos da menopausa.Agora depois de 5 meses estou dormindo melhor,não estou tento ondas de calor,estou mais calma,os meus seios não estão doloridos.Estou sentindo muito melhor.

    Responder
  4. Estou no primeiro frasco e já sinto melhoras quanto ao calorão, espero que melhore as crises de enxaqueca

    Responder
  5. Olá, tenho 50 anos e o meu único sintoma eram os suores nocturnos,comecei a tomar isoflavonas de soja em cápsulas e nos espaço de uma semana o meu sono ficou regularizado. Achei óptimo e recomendo.

    Responder