Lactobacillus

Lactobacillus Ajudam a Emagrecer?

O termo Lactobacillus pode ser bastante popular e facilmente associado às bebidas que são destinadas ao público infantil. É importante que você saiba que o consumo não é apenas recomendado para o público de faixa etária baixa, mas também para os demais. Pessoas que possuem o objetivo de emagrecer devem se manter informadas sobre as propriedades dos Lactobacillus e principalmente quais benefícios eles podem oferecer para uma perda de peso mais eficiente e saudável.

É exatamente nessa questão que devemos centrar a funcionalidade de Lactobacillus no processo de emagrecer. Estudos afirmam que ele pode ser um dos aliados para um melhor equilíbrio do organismo, mas será mesmo? A seguir, nós poderemos entender melhor quais os possíveis benefícios que eles podem oferecer, assim você poderá consumi-lo de forma consciente e segura.

O que é Lactobacillus?

Lactobacillus são bactérias comuns no intestino delgado. São considerados benéficos, pois auxiliam na produção de lactase, vitamina K, substâncias anti-microbianas, como acidolin, lactocidin, bacteriocina e acidolin. Há inúmeros testes realizados com humanos que afiram que os Lactobacillus oferecem benefícios para vaginose bacteriana. Há inúmeros estudos relacionando essas bactérias, mas há poucas conclusões esclarecidas.

Os probióticos na manutenção da saúde do sistema digestivo podem contribuir com equilíbrio bacteriano intestinal e ainda podem ser obtidos através de alimentos e suplementos. Eles podem ser úteis no controle de infecções fúngicas, resfriados e diarreia. Alguns produtos também são vendidos com a promessa de as enzimas probióticas poderem ajudar a emagrecer, mas não são consideradas medicamentos.

O termo “probiótico” muitas vezes é utilizado para se referir a organismos que são utilizados com finalidade medicinal. Dentre esses, pode-se incluir bactérias, como Lactobacillus Acidophilus e leveduras, como Sccharomyces boulardii.

Afirma-se que o consumo é seguro e que não contribui com efeitos colaterais; assim, o Lactobacilus Acidophilus pode ser consumido via oral, mas deve ser evitado por pessoas que convivem com danos intestinais, pessoas com sistema imunológico enfraquecido, ou com crescimento excessivo de bactérias intestinais.

Possíveis benefícios

Os estudos voltados para a comprovação do uso de Lactobacillus para vaginose bacteriana foram realizados com humanos. Ainda são necessárias pesquisas especificas para a comprovação desse benefício.

Os Lactobacillus foram utilizados em pesquisas para comprovar que são eficientes para a prevenção de diarreia, principalmente para pessoas que tomam antibióticos, mas os resultados foram mistos. Há resultados que afirmam a eficácia e há outros que ainda necessitam de mais informações para confirmar esse benefício. Essa ação é aquela que convence o consumo de Lactobacillus por crianças.

Essas bactérias podem ser utilizadas para reduzir a obstrução intestinal, mas ainda necessita de estudos adicionais para uma comprovação mais segura.

Lactobacillus ajudam a emagrecer?

Podemos começar ressaltando que os estudos realizados com a finalidade de comprovar a eficácia dos Lactobacillus para emagrecer foram realizados com animais. Em um deles, publicado em fevereiro de 2008 na revista “BMC Medicina Complementar e Alternativa”, foram feitas análises sobre os efeitos de Lactobacillus injetados nos cérebros de ratos.

Os animais submetidos apresentaram perda de peso e ainda uma maior expressão de leptina, um hormônio que é associado ao desempenho do organismo de perder e manter o peso. Obviamente que esses estudos não podem ser utilizados como parâmetro para você iniciar um consumo regular de Lactobacillus para emagrecer.

Estudos mundo afora afirmam que os Lactobacillus podem reduzir significativamente (até 5%) as gorduras da região abdominal. O consumo mais comum desses probióticos é através de leites fermentados e eles podem ser facilmente adicionados a uma dieta, mas devem ser consumidos sem excessos. Devemos ressaltar que, caso houvesse a comprovação do benefício de Lactobacillus para emagrecer, ainda assim seria importante uma dieta equilibrada e com baixo teor calórico. Ou seja, os probióticos não poderiam oferecer efeitos positivos se associados a uma alimentação pouco nutritiva e completamente irregular.

Afirma-se que os Lactobacillus também podem oferecer ação benéfica de perda de peso após cirurgias gástricas. Em experiências realizadas na Universidade de Stanford, o consumo de desses probióticos no pós-operatório pôde contribuir para a perda de peso e ainda favorecer a saúde gastrointestinal.

A ação positiva desses probióticos para a perda de peso está associada ao equilíbrio no sistema gastrointestinal, mas o consumo excessivo e irregular pode resultar em diversas consequências, incluindo o ganho de peso; por isso, não confie completamente nessas evidências. Devemos ressaltar que os corpos comportam-se e reagem de maneiras diferentes, e por isso o que ser avaliado de forma positiva em algumas pesquisas, pode não favorecer com o mesmo efeito em seu organismo.

Contraindicações

Pessoas com o sistema imunológico enfraquecido, com irregularidades no sistema digestivo e gestantes devem evitar o consumo de probióticos como Lactobacillus, principalmente Lactobacillus Acidophilus. Pessoas que estejam consumindo antibióticos devem se manter longe dos Lactobacillus.

Reações alérgicas

Elas não são descartadas, por isso é fundamental que você atente para a composição dos alimentos que consome. Os sintomas de possíveis reações alérgicas são inchaço no rosto, nos lábios, na língua ou na região da garganta, urticária e dificuldades para respirar.

Dieta

Se você deseja emagrecer, é fundamental que reconheça que perder peso e manter o corpo conquistado requererá que você adote novos hábitos alimentares de forma contínua. A adoção de uma dieta equilibrada é a forma mais saudável para você conseguir alcançar o peso ideal, e principalmente, manter seu corpo saudável.

Exercícios físicos

Eles também estão entre os meios mais seguros de emagrecer, por isso, antes de depositar expectativas em efeitos oferecidos por probióticos ou afins, dedique-se para queimar calorias de forma natural e sem possibilidade de efeitos secundários.

A adoção do hábito de praticar exercícios físicos não só beneficiará a perda de peso, mas resultará em um melhor comportamento do organismo de um modo geral, assim reduzindo a possibilidade de prejuízos à saúde. Os exercícios físicos não possuem contraindicações e podem ser adequados de acordo com o condicionamento físico de cada idade, sexo e características individuais.

Você tem o costume de consumir alimentos probióticos e que contenham Lactobacillus? Acredita que eles possam ajudar a emagrecer? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (50 votos, média: 3,82 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*