Omelete engorda ou emagrece?

Especialista da área:
atualizado em 05/01/2022

Omelete engorda ou emagrece? Essa dúvida sempre existiu, especialmente pelo fato de ter sido disseminado aos quatro cantos que os ovos eram alimentos gordurosos, que aumentavam o colesterol e que contribuíam para o aumento de peso.

No entanto, pesquisas recentes sobre os ovos no geral descobriram que não é verdade que ele engorda, ajudando, inclusive, no processo de emagrecimento.

  Continua Depois da Publicidade  

Uma dessas pesquisas foi realizada pelo Departamento de Obesidade da Pennignton Biomedical Research Center da Universidade do Estado de Louisiana, e revelou que ingerir um omelete no café da manhã faz toda a diferença para a perda de peso, conforme você vai ver mais adiante.

Omelete emagrece

Omelete
Omelete é uma fonte de proteínas e promove saciedade.

Um omelete (1 ovo grande) possui 93 calorias e 6,48 gramas de proteína, sendo uma excelente opção para quem busca perder ou manter o peso.

A clara de ovo é ainda menos calórica do que o ovo completo. Para se ter uma ideia, a clara de dois ovos corresponde a apenas 34 calorias.

Portanto uma coisa boa a se fazer é preparar o omelete somente com as claras do ovo. Apesar da gema ser bastante nutritiva ela é bem mais calórica.

Uma boa dica para ampliar os efeitos do omelete no processo de emagrecimento é apostar em recheios saudáveis com baixo teor calórico, como frango sem pele, peito de peru, queijo magro e vegetais.

  Continua Depois da Publicidade  

Para tornar seu omelete ainda mais energizante, o ideal é adicionar ingredientes benéficos como espinafre, alho-poró, cogumelos, pimentão verde, cebola e outros da preferência.

Com a inclusão de vegetais, o seu prato irá se tornar mais colorido e nutritivo com muitas fibras alimentares importantes para o corpo, garantindo assim mais disposição para as atividades diárias e auxiliando na perda de peso.

Ao invés de adicionar sal, tempere com ervas à gosto como manjericão, pimenta, orégano, cominho ou outras da preferência.

Pesquisa do omelete no emagrecimento

A pesquisa realizada pelo Pennington Biomedical Research Center Studies avaliou 152 pessoas, tanto homens quanto mulheres, numa faixa etária de 25 a 60 anos.

Os participantes foram divididos em dois grupos.

O primeiro grupo consumiu bagel (pão tradicional americano, similar ao nosso pão de sal ou francês) todos os dias no café da manhã e o outro grupo consumiu dois ovos nesta mesma refeição, por oito semanas.

  Continua Depois da Publicidade  

Ao final desse período, percebeu-se que a perda de peso foi mais significativa entre os participantes que consumiram ovos.

A perda de peso foi 65% maior quando comparada ao grupo que consumiu pão. Foi constatado também que os voluntários que comeram ovos reduziram a cintura em 34% e a gordura corporal em 16%.

Outro estudo divulgado no Journal of the American College of Nutrition verificou que pessoas que ingerem omelete logo cedo se sentem mais saciadas e com mais energia e acabam consumindo menos alimentos e, consequentemente, menos calorias ao longo do dia.

Como se não bastassem esses resultados, uma terceira pesquisa realizada na Bélgica e divulgada no Journal of Nutrition apontou que o ovo pode trazer outros benefícios relacionados à saúde, como por exemplo, a redução da ansiedade.

Quanto a este aspecto, vale informar que ele não está apenas relacionado à qualidade de vida das pessoas, mas ao próprio emagrecimento em si. Afinal, as pessoas quando estão menos ansiosas tendem a comer menos.

E o colesterol?

carboidrato aumenta o colesterol
Somente o consumo excessivo da gema do ovo pode provocar um aumento nos níveis de colesterol

A maioria das pessoas está acostumada a associar o ovo ao aumento do colesterol e por isso acreditam que comer omelete engorda.

  Continua Depois da Publicidade  

A gema do ovo, de fato possui um alto teor de colesterol, porém, vários estudos sobre o tema já demonstraram que o consumo de dois ovos por dia não aumenta o colesterol. Isso ocorre apenas em consumos exagerados do alimento.

Um estudo da Universidade de Connecticut revelou que o corpo humano pode lidar com o colesterol ingerido, sem que isso prejudique o coração.

É importante lembrar que ao consumirmos alimentos ricos em colesterol, o nosso organismo reduz naturalmente a produção dessa gordura, equilibrando assim o nível de colesterol no organismo, possibilitando que ele desenvolva as suas devidas funções em nosso corpo.

Frequência de consumo

Os adeptos e fãs de omeletes podem comê-lo todos os dias sem medo de ser feliz, mas aqueles que não são tão “chegados” a este alimento podem colocar o ovo na dieta com uma frequência de três a quatro vezes por semana para obter algum resultado.

É importante lembrar que para emagrecer, o ovo deve ser consumido de preferência cozido.

No entanto, as versões mexido ou como omelete com no máximo uma colher de azeite, também são bastante indicadas para quem quer emagrecer.

Além disso, prefira consumi-lo no café da manhã ao invés do almoço ou jantar, isso porque a sensação de saciedade causada logo cedo evitará o consumo exagerado de outros alimentos calóricos ao longo do dia.

O omelete pode ser consumido também entre uma refeição e outra, como no lanche da tarde (antes do jantar), por exemplo.

Se isso for feito, reduza a quantidade do café da manhã para uma unidade de ovo. Consuma dois ovos por dia por 15 dias e, após esse período é possível reduzir a quantidade para um por dia em quatro vezes na semana.

Outros benefícios

omelete de vegetais
Omelete de vegetais é extremamente saudável e nutritivo

Para começar, os ovos são alimentos baratos e que fazem parte do consumo da população brasileira.

Além disso, eles são alimentos nutritivos e saborosos, ricos em proteínas e fibras alimentares.

Dificilmente encontramos pessoas que não apreciem um bom omelete.

O ovo possui triptofano que é um aminoácido que participa da produção de serotonina, hormônio neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar e pelo controle do apetite.

Ele é rico em selênio, que reduz a inflamação das juntas e melhora o funcionamento da tireoide. Além do mais, contém uma boa quantidade de colina, que auxilia no funcionamento das membranas celulares, fígado e desenvolvimento cerebral.

Por fim, ele possui alto teor de vitamina B2, que é um antioxidante natural e protege as células do corpo, vitamina B5, que atua na transformação de carboidratos e gordura em fontes de energia e vitamina B12, que atua no crescimento das células do sistema nervoso e leva energia para as células.

Portanto, se você acreditava que omelete engorda, já deve ter percebido que estava muito enganado.

Seguindo receitas de omeletes leves e ricos em outros vegetais, é possível ter um prato nutritivo no café da manhã e ainda perder peso.

Sendo assim, insira esse alimento na sua dieta e seja uma pessoa mais saudável. Boa sorte!

Fontes e referências adicionais

Vídeo

Você acreditava que omelete engorda? Já deixou de consumir ovos pela antiga crença de que ovo faz mal? Como você mais gosta de preparar o ovo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (24 votos, média 4,04)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário

9 comentários em “Omelete engorda ou emagrece?”

  1. Eu quero consumir 2 ovos na omelete na janta, somente omelete com saladas. Pois chego tarde em casa, isso irá ajudar a não engordar?

    Responder