Pinhão Engorda? Calorias e Análise

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

O pinhão é a semente do pinheiro, uma árvore que é encontrada na região Sul do Brasil, tanto que ele é considerado o símbolo do estado do Paraná. Ele também é apreciado em outros estados do nosso país, como São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Acredita-se que ele tenha sido fonte de nutrição para algumas tribos indígenas, tendo em vista que pesquisas registraram a importância do pinhão na alimentação de índios que habitaram a região Sul do Brasil.

Nos dias de hoje, o alimento pode ser utilizado na culinária em receitas de saladas, empadas, tortas e bolos, por exemplo.

Mas será que o pinhão engorda? 

Para quem gosta de saborear o alimento, porém deseja ou necessita emagrecer, ou pelo menos não ganhar peso, é útil entender se o pinhão engorda ou não.

E, para descobrir isso, vamos começar dando uma olhada nas calorias do alimento. Será que o pinhão é calórico?

Pois bem, uma porção de 100 g de pinhão cozido é composta por 194 calorias enquanto uma porção correspondente a uma xícara do alimento cozido apresenta 291 calorias.

Os valores nos mostram que o pinhão não é exatamente pobre em calorias, no entanto, ele também não é lotado delas. Portanto, do ponto de vista calórico, podemos concluir que é possível incluir o alimento nas refeições para emagrecer ou não engordar, desde que o seu consumo aconteça de maneira moderada, sem exageros, obviamente.

Até porque, se a pessoa resolver comer 500 g ou três xícaras de pinhão cozido de uma só vez, acabará consumindo, respectivamente, 970 calorias ou 873 calorias de uma vez só. Aí, em casos assim, toda essa comilança do alimento com certeza contribuirá com o ganho de peso.

Informações Nutricionais em 100g de pinhão cozido

Energia 194 calorias
Carboidratos 41,95 g
Proteínas 3,18 g
Gorduras 1,43 g
Gordura Saturada 0,951 g
Gordura Monoinsaturada 0,107 g
Gordura Poliinsaturada 0,278 g
Colesterol 0 mg
Fibras 1,1 g

Como podermos perceber, o pinhão tem uma quantidade elevada de carboidratos por 100g de alimento cozido. Para se ter uma comparação, 100g de macarrão cozido tem cerca de 25g de carboidratos.

O controle do apetite 

Uma pesquisa indicou que ácidos graxos derivados do pinhão fazem com que sejam liberadas quantidades elevadas da colecistoquinina, um hormônio conhecido por atuar na supressão do apetite.

Mulheres que consumiram 3 g do ácido pinolênico (ácido graxo do pinhão) antes do café da manhã registraram uma desaceleração da absorção do alimento no intestino e diminuíram a sua ingestão de comidas em 37%.

Os pesquisadores afirmaram que os ácidos graxos poli-insaturados dos pinhões coreanos suprimiram o apetite e afetaram a quantidade de alimento ingerido.

Note que são os pinhões coreanos que são mencionados – não os brasileiros. Entretanto, o nutricionista Carlos Alberto Lampert, aconselhou que nós, brasileiros, também comamos o pinhão por conta da presença do ácido pinolênico na presença do alimento.

O nutricionista confirmou que essa substância está associada ao controle do apetite por atuar na liberação da colecistoquinina.

O ácido pinolênico dos pinhões é conhecido ainda por reforçar os níveis da grelina, que é conhecida como o hormônio da saciedade. De acordo com a publicação, é ela que envia sinais ao cérebro avisando que o corpo já está satisfeito.

Quando os níveis de grelina no organismo encontram-se altos, além de não se sentir faminta, a pessoa consegue resistir mais aos desejos por comidas.

Em pesquisas realizadas na Coreia, que é uma grande produtora de pinhão, os ácidos graxos do alimento já mostraram que podem auxiliar a prevenir a formação de gordura abdominal, conhecida como o tipo de gordura mais perigosa.

Isso sem contar que o pinhão possui certa quantidade de fibras, um nutriente conhecido por promover a sensação de saciedade ao organismo e, por consequência, auxiliar o controle do apetite. Uma porção de 100 g de pinhão cozido carrega 1,1 g de fibras a cada porção de 100 g e 1,6 g do nutriente a cada porção correspondente a uma xícara.

Entretanto, isso não significa que dá para se empanturrar de pinhão pois, conforme vimos no começo deste artigo, o exagero de pinhão engorda por provocar um acúmulo de calorias.

Os nutrientes do pinhão

Outro dos motivos pelos quais vale a pena manter o pinhão na alimentação é o fato da semente ser composta por nutrientes que colaboram com o funcionamento apropriado do nosso organismo.

O alimento é fonte de carboidratos, fibras, ferro, cálcio, fósforo, vitaminas do complexo B e vitamina C.

Outras considerações 

Tanto para quem tem o objetivo de emagrecer como quem quer manter o peso ou até mesmo necessita engordar, mais importante do que simplesmente saber se o pinhão engorda ou emagrece é entender como toda a alimentação deve funcionar para que a meta seja alcançada de maneira segura.

Até porque não é um único alimento que faz toda a diferença em relação aos resultados, mas sim todo o contexto da dieta e do estilo de vida da pessoa. Além disso, é importante que o processo aconteça de maneira saudável, de modo que o organismo não seja prejudicado por faltas ou excessos de nutrientes e/ou energia.

Assim, para garantir que o objetivo seja atingido e que tudo ocorra de maneira saudável e segura é fundamental que se conte com o acompanhamento de um nutricionista, que poderá recomendar o que é mais apropriado para cada pessoa.

Vídeo:

E ai, gostou das dicas?

 

Você já tinha ouvido falar que o excesso de consumo de pinhão engorda? Tem o costume de comê-lo frequentemente? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 4,36 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

2 comentários em “Pinhão Engorda? Calorias e Análise”

  1. Eu amooooo pinhão! Sempre comi muito… Mas agora como estou num processo de emagrecimento, tive a curiosidade de pesquisar sobre a quantidade de calorias… Fiquei surpresa!! Não imaginava que era um alimento tão calórico. A partir de agora só comerei com muita moderação.

  2. O SUL DE MINAS POSSUI VASTA AREA DE ARAUCARIAS! NÃO CITADA PELO AUTOR (A) O CLIMA TEMPERADO DE MINHA REGIÃO PODE SER NOTADO NA PREVISÃO DO TEMPO. WANDER LUIZ GOMES GEOGRAFO UEMG🙋🙋🙅✌✌