Refrigerante H2OH Engorda?

Especialista:
atualizado em 17/12/2019

Em uma sociedade em que todo mundo está careca de saber que os refrigerantes fazem mal tanto à saúde como à boa forma, quando surgem versões do produto que prometem ser mais saudáveis e menos calóricas que o formato tradicional da bebida é normal que os consumidores que apreciam esse tipo de produto fiquem animados com a novidade.

Uma dessas versões dos refrigerantes é a água saborizada ou gaseificada, que é composta em mais de 99% de água. Mas será que podemos confiar nessa bebida e ter certeza que elas são tão melhores assim que os refrigerantes comuns?

É isso o que nós vamos tentar descobrir ao apresentarmos informações sobre um desses produtos, o H2OH. Será que o refrigerante H2OH engorda? Ou é permitido incluir a bebida no plano de alimentação sem maiores preocupações? Confira as respostas para essas e outras perguntas logo abaixo:

H2OH engorda? Calorias e análise

Disponível nos sabores hello (que possui um toque de limão), limoneto (também com um toque de limão, porém com vitaminas na composição), limão, laranja, maçã e citrus (com um toque de frutas cítricas) o refrigerante H2OH é comercializado em embalagens de 500 ml e 1 litro.

Cada porção de 200 ml do produto – que é correspondente a um copo – pode apresentar 0 (no caso dos sabores limoneto, limão, laranja e citrus), 5 (no sabor hello) ou 6 calorias (encontradas no H20H de maçã).

Pensando primeiramente em relação às calorias, percebemos que mesmo o valor máximo encontrado em um copo, no sabor de maçã, é um número bastante baixo, o que nos leva a concluir que não pode ser considerado verdade que o refrigerante H2O engorda, ao menos por si só.

O seu consumo se mostra ainda mais vantajoso, se compararmos com o número de calorias encontradas nos formatos tradicionais de refrigerantes. Por exemplo, um copo de 200 ml de Coca-Cola possui 85 calorias, enquanto a mesma porção de um guaraná Antarctica apresenta 80 calorias.

Sendo assim, para quem possui o costume – ou vício – de tomar refrigerantes no dia a dia, porém deseja ou sabe que necessita perder os quilinhos em excesso, substituir a bebida pelo H2OH pode ser benéfico, pensando exclusivamente no ponto de vista calórico.

Então, se não é verdade que o refrigerante H2OH engorda, pode-se simplesmente incluí-lo nas refeições que a boa forma estará garantida? Não. Se você tomar a bebida, mas não se cuidar e ter uma alimentação saudável e equilibrada, continuar devorando guloseimas e alimentos fast food, ao mesmo tempo em que leva uma vida sedentária, provavelmente acabará ganhando peso de qualquer jeito.

E isso não será culpa da bebida em si, mas sim do fato de que você não tem hábitos que contribuem para uma vida saudável e, por consequência, uma boa forma física.

A composição 

Como você já deve saber, não basta limitar uma análise à quantidade de calorias encontradas em uma bebida ou alimento para determinar o potencial que ela tem para engordar ou não, também é preciso verificar qual a composição do produto.

Ao olharmos a tabela nutricional do refrigerante H2OH, percebemos que outra vantagem do produto em relação aos refrigerantes tradicionais, que são considerados calorias vazias por serem pobres no ponto de vista nutricional, é a presença de vitaminas em sua composição.

Com exceção do sabor hello, todos os outros sabores (maçã, citrus, limoneto, limão e laranja) possuem as vitaminas B3, B5 e B6 em sua composição. Entre os benefícios da vitamina B3, podemos destacar a melhoria da digestão, redução do colesterol ruim – o LDL -, melhoria da saúde cardiovascular e sexual, controle da diabetes, aumento da energia e ganho de massa muscular.

Por sua vez, a vitamina B5 contribui com o processo de transformação de carboidratos e gorduras em energia, com a formação de células que defendem o organismo, com o combate a infecções e na diminuição do estresse físico e mental.

Já a vitamina B6 é importante para prevenir doenças cardíacas e reumatismo, reduzir a pressão sanguínea e o colesterol, auxiliar o metabolismo de proteínas e gorduras, formar a hemoglobina – proteína presente nas hemácias e responsável pelo transporte de oxigênio – e diminuição da retenção de líquidos.

Há ainda a questão do teor de açúcar presente no refrigerante H2OH. Com exceção da versão no sabor maçã, que apresente 0,6 g de açúcar em uma porção correspondente a 200 ml, os outros modelos não possuem a substância, bem diferente do que ocorre com os refrigerantes tradicionais: enquanto o guaraná Antarctica tem 20 g de açúcar a cada 200 ml, são encontradas 22 g do componente na mesma porção de Fanta sabor laranja.

Em relação aos carboidratos, que podem ser armazenados como gordura no corpo, os refrigerantes da linha H2OH não possuem quantias altas. Enquanto os sabores citrus, limoneto e limão têm o seu teor do nutriente zerado, a maçã apresenta somente 1 g do componente, a laranja 0,8 g e o hello 0,7 g.

Já pensando no sódio, que quando consumido em excesso – mais de 2,3 mil mg por dia – causa problemas como retenção de líquido, inchaço, sobrecarga dos rins, aumento do risco de desenvolvimento de hipertensão, acidente vascular cerebral (AVC), catarata, pedra nos rins e câncer no estômago, os sabores de H2OH que exigem maior atenção são o hello, com 64 mg do componente por 200 ml, e o limoneto, que possui 86 mg de sódio na mesma porção.

Boa notícia para os diabéticos 

Para quem possui diabetes a vantagem é que a bebida, com exceção do sabor maçã, pode ser consumida, desde que seja moderadamente, tendo em vista que não contém açúcar e é adocicada com o uso de adoçantes.

H2OH não é água 

Apesar de se tratar de uma bebida composta em grande parte por água, o refrigerante H2OH não é considerado água pelo Ministério da Agricultura do Brasil, que entende que água é somente o líquido obtido a partir de uma fonte mineral.

Logo, não dá para trocar a água natural, que é tão importante para proteger o nosso sistema nervoso, é o principal componente de nossas células, participa no processo de digestão, atua no transporte de oxigênio, nutrientes e sais minerais e ajuda na eliminação de substâncias tóxicas do organismo, por esse tipo de bebida, por mais que agora você saiba que o refrigerante H2OH engorda muito menos que os tradicionais.

Video: 6 Dicas para Abandonar os Refrigerantes

Gostou das dicas!?

Você tem o costume de consumir o refrigerante H2OH? Já acreditava mesmo que ele é mais saudável que os outros refrigerantes tradicionais? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (152 votos, média: 4,18 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

11 comentários em “Refrigerante H2OH Engorda?”

  1. Cuidado com o aspartame. Esta na hora de mudarem o adoçante. Por conta disso, não é tão saudável como dizem.

  2. Amo H2O principalmente a tradicional e o Limeoneto. Tomo puro, mais amo colocar uma fruta junto, ainda mais morango, fica muito bom.

  3. faltou falar que o consumo deste produto, assim como qualquer outro que contenha adoçantes pode causar diabetes. Recomendo procurar a pesquisa da usp, se nao me engano de 2016.