Salmão Engorda? Calorias e Análise

O salmão é reconhecido universalmente não só pelo ótimo sabor e relevância culinária, mas também pelo seu valor nutricional. Trata-se de um “peixe gordo” ou “oleoso”, o que significa que é rico em ácidos graxos, como o ômega 3, e por isso possui alto valor energético.

Ao ouvir o salmão ser chamado de “peixe gordo” é normal que você atribua a ele a imagem de um alimento cheio de gordura. E corretamente! Mas isso quer dizer que o salmão engorda e faz mal para a saúde?

O salmão engorda? Faz mal? 

O salmão realmente tem um alto teor de gordura. Isso não significa, porém, que seja um alimento ruim para a saúde – muito pelo contrário. As gorduras presentes neste peixe, especialmente o ômega 3 mencionado anteriormente, são gorduras não só boas, mas essenciais para a saúde, pois não podem ser obtidas de nenhuma outra forma a não ser pela dieta.

Estamos acostumados a associar a gordura a algo que deveria ser cortado completamente da dieta, caso o objetivo seja uma vida mais saudável. Isso não é necessariamente verdade. A gordura insaturada encontrada no salmão ajuda a normalizar o batimento cardíaco e reduzir inflamação, diminui a pressão sanguínea e previne o entupimento das artérias.

O salmão tem alto valor nutritivo, possui fósforo (que ajuda na manutenção dos ossos juntamente com o cálcio) e potássio (ajuda no funcionamento da digestão) e pode agir como antioxidante.

Podemos concluir, então, que o salmão, se ingerido em quantidades razoáveis, é benéfico para a saúde.

O impacto do salmão no controle do peso 

Então esse “peixe gordo” não faz mal à saúde, necessariamente. Mas e quanto ao seu valor calórico? Comer salmão engorda?

Verdade que, se comparado a outros tipos de pescado, o salmão está entre os que apresentam maior quantidade de calorias. Enquanto 100g de bacalhau assado equivalem a 96 calorias, a mesma quantidade de salmão cozido apresenta aproximadamente 200 calorias.

É claro que, assim como qualquer alimento ingerido em excesso, este peixe pode contribuir para o ganho de uns quilos a mais. Mas se levarmos em consideração uma dieta comum de 2.000 calorias diárias, 100g de salmão constituem apenas 10% do total de calorias ingeridas por dia.

Além disso, grande parte dos especialistas defende que as calorias não são todas iguais. Isso quer dizer que comer 200 calorias vindas de um alimento rico em proteínas nobres e com baixo índice glicêmico (capacidade de dar picos de insulina no organismo), não irá engordar tanto quanto um pedaço de bolo de chocolate com as mesmas 200 calorias. O corpo trata isso de forma diferente. E por isso que os profissionais defendem que, embora calórico, não é verdade que o salmão engorda.

Então o salmão pode fazer parte da minha dieta de emagrecimento?

O processo de emagrecimento é baseado em um déficit de calorias – ou seja, é preciso gastar mais calorias do que se ingere. Para isso, você não precisa passar fome, basta ingerir alimentos que sejam ao mesmo tempo pouco calóricos e bastante nutritivos – afinal, seu organismo ainda precisa de todas os nutrientes de uma dieta mais calórica. O salmão, se consumido da maneira correta, pode te ajudar nesse sentido, inclusive mantendo o seu organismo com um metabolismo saudável.

De acordo com uma pesquisa de 2013, publicada pela BioMed Central, o consumo de salmão não influencia diretamente a perda de peso. Ou seja, não se trata de um alimento mágico que queima calorias por si só, mas ele pode sim ajudar em seu processo de emagrecimento. Isso porque, embora tenha um valor calórico consideravelmente maior do que outros peixes, suas calorias são excepcionalmente nutritivas e cheias de proteína.

Proteína e perda de peso

A proteína é um dos seus maiores aliados na perda de peso porque te faz sentir saciado por mais tempo, o que te leva a consumir menos calorias por dia. Além disso, esse macronutriente pode “dar um gás” no metabolismo e ajudar no desenvolvimento de massa muscular magra.

Se você estiver cortando carboidratos da dieta, vai precisar da proteína e gorduras boas como fonte de energia. A ingestão do salmão pode chegar a suprir 70% da quantidade de proteína necessária por dia.

É claro, a maneira mais eficaz de perder peso não se baseia exclusivamente na dieta, mas também na prática regular de exercícios.

Como consumir 

Os efeitos que o salmão terá na sua dieta também dependem muito da maneira como ele é consumido, pois até isso influencia na contagem de calorias. Obviamente, o salmão engorda se for servido acompanhado de batatas fritas e refrigerante, mas se for assado ou grelhado com legumes salteados como acompanhamento, não são acrescentadas calorias ou gordura extra.

O salmão é relativamente popular no Brasil e há uma variedade grande de opções no mercado. Dê preferência ao fresco ou até congelado. É sensato, também, limitar o consumo a uma média de duas a três vezes por semana.

Você pode incorporar o salmão grelhado em uma omelete, servir com uma salada ou assá-lo com vegetais e azeite de oliva. Temperos com baixo teor de sódio e gordura são recomendados – dê preferência ao suco de limão e ervas, por exemplo.

O salmão apresenta mais benefícios do que malefícios para a saúde e pode servir na jornada rumo ao emagrecimento. Pode consumir sem medo, mas mantenha a moderação sempre!

Você imaginava que, por conta do seu teor de ácidos graxos, o consumo de salmão engorda? Tem costuma de comer salmão com que frequência? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 3,86 de 5)
Loading...

1 comentário em “Salmão Engorda? Calorias e Análise”

  1. eu incluo salamao na minha dieta 1 ou 2 x na semana e não vejo nenhum mal causado em relação ao meu peso , muito pelo contrario , preparo o salmao no bafo enrolado no papel alumínio com uma pintada de sal rosa rodelas fininhas de alho e fica perfeito!

Deixe um comentário