Seria Possível Viver Sem Carboidratos na Dieta?

Especialista da área:
atualizado em 28/01/2020

Seja a sua dieta Atkins, a Paleo, a South Beach ou simplesmente uma dieta low carb, alguns métodos de perda de peso estimulam a superioridade de proteínas e gorduras em relação ao terceiro macronutriente, os carboidratos.

  Continua Depois da Publicidade  

Você pode reduzir bastante a ingestão de carboidratos – com efeitos colaterais positivos e negativos -, mas eliminar todos os carboidratos não é uma solução alimentar segura. Você pode, no entanto, viver bem sem certas formas de carboidratos, como o açúcar.

Finalidade dos carboidratos

Os carboidratos são a forma preferida de energia do seu corpo para os músculos, o sistema nervoso e o metabolismo, embora de vez em quando a proteína faça suas vezes – apesar de aumentar o estresse nos rins, pois os subprodutos são excretados na urina.

Quando você ingere carboidratos, seu corpo os divide em partes menores de açúcar e os transporta através da corrente sanguínea para tecidos e órgãos onde são usados como energia. A glicose, um dos açúcares nos quais os carboidratos se transformam, é essencial para o sistema nervoso central.

Efeitos colaterais de poucos carboidratos

Reduzir os carboidratos pode ter benefícios quando se trata de perda de peso – um estudo publicado em 2014 em Nutrition, Metabolism and Cardiovascular Disease determinou que dietas low carb diminuem o peso corporal e reduzem os fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Sem a glicose que os carboidratos fornecem, de acordo com a Extensão da Universidade Estadual de Iowa, você pode se sentir fraco, com tontura e sentir hipoglicemia – baixa de açúcar no sangue. Você também pode ter uma baixa no desempenho físico, bem como fadiga mental e física.

Qual é então o limite para a ingestão de carboidratos?

As diretrizes dietéticas sugerem a ingestão de pelo menos 45% a 65% de suas calorias provenientes de carboidratos. Em uma dieta de 2.000 calorias, isso equivale a 225 a 325 gramas de carboidratos por dia, já que cada grama de carboidratos fornece 4 calorias.

No entanto, um estudo publicado em 2003 no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism estudou mulheres que consumiam apenas 20 gramas de carboidratos por dia e determinou que isso era mais eficaz do que uma dieta de baixa gordura para a perda de peso a curto prazo e, ao longo de um período de seis meses, não foi associado ao aumento do risco cardiovascular.

Você pode cortar carboidratos simples, como o açúcar, sem efeitos colaterais, enquanto ainda consome carboidratos complexos na forma de vegetais ou grãos integrais.

Faça escolhas inteligentes de carboidratos

Se você preferir reduzir a ingestão de carboidratos, elimine os carboidratos simples, como sacarose e lactose. Estas versões se decompõem rapidamente e são absorvidas na corrente sanguínea rapidamente, fornecendo energia que dura apenas um curto período de tempo.

  Continua Depois da Publicidade  

Os carboidratos complexos, por outro lado, demoram mais tempo para serem digeridos, o que aumenta lentamente a glicose no sangue e fornece uma energia mais duradoura.

Ao escolher carboidratos, selecione opções ricas em fibras, como grãos integrais e vegetais, incluindo verduras, aipo e cenoura, por exemplo.

Uma maneira saudável de cortar carboidratos simples é reduzir sua ingestão de açúcares adicionados. Reserve um tempo para ler os rótulos dos ingredientes e observe se uma forma de açúcar está próxima do topo da lista. Alguns “pseudônimos” para o açúcar são xarope de milho rico em frutose, açúcar invertido, melaço, sacarose, xarope de arroz integral, mel e xarope de bordo.

Você já experimentou fazer uma dieta que restringia a ingestão de carboidratos? Como foram seus resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “Seria Possível Viver Sem Carboidratos na Dieta?”

  1. Estou a 4 dias sem carboidratos.
    Me senti mal. Com fraqueza nos 2 primeiros dias.
    Mas ja emagreci 2kg.
    Claro que estou fazendo 1h de academia todo dia.

    Responder