Silibom Emagrece? Para Que Serve, Indicação e Modo de Usar

Especialista:
atualizado em 11/03/2019

O Silibom é um medicamento fitoterápico, ou seja, um remédio que é obtido exclusivamente a partir de matérias-primas ativas vegetais, conforme definição da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Sua indicação é como auxiliar no tratamento de doenças do fígado como hepatite viral, hepatites crônicas, estados pós-hepatites, cirrose, esteatose (gordura no fígado), doenças crônicas do fígado, doenças do fígado de causas tóxicas, doenças metabólicas do fígado, doenças infecciosas do fígado e doença hepática alcoólica.

As informações são da bula do medicamento.

É verdade que Silibom emagrece?

Agora que já vimos para que serve o medicamento, podemos falar especificamente se o uso de Silibom emagrece ou não. Pois bem, conforme acabamos de aprender, o propósito do fitoterápico não é promover o emagrecimento – sua utilização é voltada para auxiliar o tratamento de doenças hepáticas.

Entretanto, será que o remédio não provoca nenhum efeito colateral que nos permita afirmar que Silibom emagrece? Não, pelo menos de acordo com a bula do medicamento, tendo em vista que ela não traz a informação da existência de alguma reação adversa causada pelo fitoterápico que possa provocar, ao menos diretamente, a diminuição do peso corporal.

De qualquer maneira, caso você perceba que perdeu peso ao longo do seu tratamento com o fitoterápico, principalmente se essa diminuição do peso for significativa, informe o seu médico a respeito da situação.

Assim como acontece com o ganho de peso considerável, um emagrecimento significativo também pode representar problemas para a saúde, além de poder ser sintoma de alguma doença ou problema de saúde.

Efeitos colaterais de Silibom

Agora que já constatamos que não é verdade que o Silibom emagrece, podemos ver quais são os efeitos colaterais que podem ocorrer devido ao seu uso:

  • Reações de hipersensibilidade (alérgicas) como asma brônquica, principalmente em pacientes que sofrem com alergia ao ácido acetilsalicílico, por conta da presença do corante amarelo tartrazina no Silibom em cápsulas da Neoquímica;
  • Reações alérgicas cutâneas;
  • Distúrbios gastrointestinais como leve efeito laxativo ou diarreia;
  • Reações de hipersensibilidade (alérgicas) como erupção cutânea e dispneia (dificuldade para respirar ou respiração ofegante/falta de ar;
  • Efeito diurético ligeiro (que estimula a secreção da urina ou aumenta o volume do fluxo urinário), quando houver a utilização de dosagens elevadas.

As informações são da bula de Silibom. Ao experimentar qualquer uma das reações adversas apresentadas na lista acima ou ainda algum outro tipo de efeito colateral, procure o auxílio do médico – mesmo se não acreditar que se trata de um sintoma grave – para verificar a seriedade do problema e saber o que deve fazer a partir de então.

Cuidados e contraindicações de Silibom

Converse com o seu médico antes de utilizar o medicamento para auxiliar o tratamento da sua doença no fígado para ter certeza de que o fitoterápico realmente pode contribuir com o seu caso, em particular, e que não trará nenhum tipo de prejuízo para a sua saúde.

Silibom não pode ser usado por pessoas que tenham hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da sua fórmula, por crianças com menos de 12 anos ou por pacientes que têm obstáculos mecânicos no trato biliar.

Para as mulheres que estejam grávidas ou em processo de aleitamento de seus bebês, o uso deve ocorrer somente sob determinação do médico.

Como o remédio Silibom em drágeas da Neoquímica contém açúcar em sua composição, ele deve ser utilizado com cuidado pelos pacientes diabéticos.

Informe ao seu médico a respeito de qualquer outro tipo de medicamento, suplemento ou planta medicinal que esteja utilizando para que ele verifique se não existe a possibilidade de Silibom interagir com a substância em questão.

Modo de usar Silibom

É fundamental que você consulte um médico para saber qual a dosagem adequada de Silibom, como e quando deve usar o medicamento e quanto tempo deve durar o seu tratamento com o fitoterápico para o seu caso de doença no fígado, em particular.

A bula de Silibom afirma que o uso do fitoterápico deve ser oral e que a dosagem inicial recomendada é de três a quatro comprimidos de 100 mg do medicamento diariamente ao longo de quatro a seis semanas, conforme a indicação médica.

Depois desse período, com a melhora, a dosagem pode ser diminuída para uma a dois comprimidos por dia, completa a bula do fitoterápico. Entretanto, não deixe de checar com seu médico se essa é realmente a melhor posologia para o seu quadro.

Os comprimidos de Silibom devem ser ingeridos com uma quantidade suficiente de água para que possam ser deglutidos (engolidos) e não podem ser mastigados.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido alguém falar que o Silibom emagrece? Tem indicação para utilizar reste medicamento fitoterápico? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário