9 tratamentos caseiros para furúnculo

Especialista da área:
atualizado em 25/01/2022

Existem tratamentos caseiros para furúnculo, que ajudam a diminuir a dor e o inchaço do caroço e estimulam a drenagem do pus. Pode ser tentador furá-lo ou espremê-lo mas, fazendo isso, você pode piorar e espalhar a infecção para outros locais da pele, já que o furúnculo é causado por uma bactéria contagiosa.

Entenda o que é, o que pode causar e alguns tratamentos caseiros que vão te ajudar a eliminar o furúnculo da pele. 

  Continua Depois da Publicidade  

O que é o furúnculo?

Furúnculo
O furúnculo acumula pus no local entre o quarto e o sétimo dia

O furúnculo é uma infecção de pele. Ele tem origem em uma glândula sebácea, que secreta o sebo, ou em um folículo piloso, onde nasce o pelo. O primeiro sinal de um furúnculo é a formação de um caroço embaixo da pele, que fica avermelhada. Entre o quarto e o sétimo dia, esse caroço fica esbranquiçado, devido ao acúmulo de pus no local. 

O rosto, pescoço, axilas, ombros e nádegas são os locais onde o furúnculo normalmente se forma. O furúnculo que se desenvolve na borda da pálpebra é mais conhecido como terçol e tem origem na glândula sebácea de um cílio. 

Quando vários furúnculos se desenvolvem em uma mesma área, trata-se de uma infecção um pouco mais séria, conhecida como carbúnculo

Causas da formação de um furúnculo

O furúnculo é, na maioria das vezes, causado por uma bactéria chamada Staphylococcus aureus, que se instala na pele através de alguma abertura. Por isso não é incomum observar a formação de um furúnculo em locais onde se passa lâmina de barbear ou depilar. 

Há algumas condições de saúde que podem tornar a pessoa mais suscetível a ter uma infecção de pele, como o furúnculo: 

  Continua Depois da Publicidade  

  • Diabetes 
  • Higiene inadequada da pele
  • Exposição a produtos químicos irritantes à pele
  • Má alimentação
  • Sistema imunológico fraco

Sintomas de um furúnculo na pele

Depois que a bactéria infecta um folículo piloso ou uma glândula sebácea, aparece um caroço duro, vermelho e dolorido na pele. Nos dias seguintes, esse caroço aumenta em tamanho, fica mais macio, quente e dolorido, até que se forma uma abertura na ponta do caroço com pus. 

Podem aparecer outros furúnculos em torno do original, o que agrava a infecção. Além dos sinais na pele, outros sintomas como febre e ínguas podem ocorrer, algo comum em infecções bacterianas. 

No geral, após a drenagem do pus, a pele cicatriza e o problema se resolve naturalmente, não sendo necessário buscar ajuda médica. 

Mas, se você apresenta alguma condição de saúde que comprometa o sistema imunológico ou faz uso de corticosteróides ou quimioterápicos, deve se atentar à situação, caso apresente febre e calafrio, e procurar assistência médica. 

Também é importante marcar uma consulta, caso perceba que o furúnculo não drena com o passar dos dias ou que outros furúnculos começaram a aparecer na mesma área. Furúnculos muito grandes também exigem um cuidado profissional, pois alguns podem atingir o tamanho aproximado de uma bola de tênis. 

Tratamento caseiros para furúnculo

Compressa com água morna

Assim que você perceber que um caroço duro, avermelhado e dolorido se formou em sua pele, inicie o tratamento com compressas mornas, pois elas ajudarão a reduzir a dor e a estimular a saída do pus. 

  Continua Depois da Publicidade  

Quando você aplica uma compressa morna no local de uma infecção, mais células de defesa chegam até lá, através do fluxo sanguíneo aumentado pela temperatura. Com mais células de defesa, fica mais fácil combater as bactérias que estão se acumulando dentro do caroço.  

Quando uma ponta de pus se formar, continue aplicando as compressas com água morna, com leves pressões, para que o pus continue indo para a superfície. Isso deve acontecer pelo décimo dia, após a formação do caroço. 

A aplicação das compressas deve ser feita diariamente, pelo menos 3 vezes ao dia. Para que ela tenha esse efeito de aumentar a circulação sanguínea no local, a compressa deve ser feita por, pelo menos, 20 minutos.

Compressa morna com sal de Epsom

A compressa com água morna é o tratamento caseiro mais eficiente, para eliminar um  furúnculo. Se quiser, você pode adicionar sal de Epsom à água morna, pois ele ajudará a puxar o pus para a superfície da pele, deixando o tratamento ainda mais rápido. 

O procedimento com a compressa é o mesmo que o explicado anteriormente, a única diferença é que deverá adicionar o sal de Epsom à água. 

Óleo de melaleuca

Óleo de melaleuca
O óleo de melaleuca possui propriedades antibacterianas e antissépticas

Quando você notar que o pus começou a aparecer na superfície da pele, faça a higiene diária com algum sabão antibacteriano e aplique óleo de melaleuca no local. 

  Continua Depois da Publicidade  

O óleo de melaleuca possui propriedades antibacterianas e antissépticas e, por isso, pode ajudar o seu sistema imunológico a combater a bactéria causadora do furúnculo. Mas, atenção, esse óleo não deve ser aplicado diretamente na pele, pois pode provocar uma leve queimadura. Para usá-lo como tratamento caseiro para furúnculo, faça o seguinte: 

  • Em um recipiente de vidro, adicione 1 colher de chá de óleo de coco ou de oliva.
  • Acrescente 5 gotas de óleo de melaleuca e misture bem. 
  • Com um cotonete, aplique o óleo de melaleuca diluído sobre o furúnculo.
  • Faça essa aplicação 3 vezes ao dia. 

Óleo de rícino

O óleo de rícino é usado desde a Antiguidade no tratamento de feridas na pele. Ele contém o ácido ricinoleico, que tem potente ação bactericida e anti-inflamatória. 

  • Com um cotonete ou gaze, aplique uma pequena quantidade de óleo de rícino sobre o furúnculo. 
  • Faça essa aplicação 3 vezes ao dia. 

Óleo de neem

O óleo de neem possui um cheiro bem forte e é extraído dos frutos e sementes de uma planta da Índia. Esse óleo carrega as propriedades antibacterianas, antifúngicas e antissépticas da planta e pode ser usado como tratamento caseiro para o furúnculo.

  • Com um cotonete ou gaze, aplique uma pequena quantidade de óleo de neem sobre o furúnculo. 
  • Faça essa aplicação 3 vezes ao dia. 

Cúrcuma em pó

Cúrcuma Açafrão da Terra
Você pode fazer uma pasta com a cúrcuma em pó para passar sobre a pele

A cúrcuma em pó possui propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, e pode ser usada na forma de pasta sobre a pele. Você pode adicionar gengibre a essa pasta, que também é anti-inflamatório. 

  • Rale uma raiz fresca de gengibre, equivalente a 1 colher de chá. 
  • Polvilhe a cúrcuma em pó sobre o gengibre ralado. 
  • Adicione um pouco de água, para formar a consistência de uma pasta.
  • Com um cotonete, aplique a pasta de cúrcurma em pó sobre o furúnculo.
  • Faça essa aplicação até 3 vezes ao dia. 

Cebola

A cebola é rica em substâncias antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes, como o enxofre e a quercetina. Você pode usá-la para combater as bactérias causadoras do furúnculo e estimular a drenagem do pus, para isso: 

  • Corte uma fatia grossa de cebola.
  • Envolva a fatia de cebola em uma gaze e coloque-a sobre o furúnculo. 
  • Deixe a cebola agir sobre o furúnculo por uma hora. 
  • Faça esse procedimento pelo menos uma vez ao dia. 

Alho

O alho possui atividade antibacteriana, promovida por uma substância chamada alicina, que elimina e impede a proliferação de bactérias. Ela pode ser aproveitada a partir do suco do alho fresco: 

  • Pressione e extraia o suco de um dente de alho. 
  • Com um cotonete ou uma gaze, aplique o suco extraído do alho sobre o furúnculo por 30 minutos. 
  • Faça esse procedimento até 2 vezes ao dia.

Abóbora

A abóbora pode ser usada para ajudar o organismo a eliminar o pus contido no furúnculo e aliviar o inchaço da pele, pois ela possui propriedades anti-inflamatórias e emolientes. 

  • Corte um pedaço de abóbora, retire a casca e cozinhe a polpa. 
  • Pegue a polpa da abóbora, ainda morna, e coloque sobre uma gaze. 
  • Aplique a gaze com a abóbora sobre o furúnculo e deixe agir por 20 minutos. 
  • Faça esse tratamento até 2 vezes ao dia.
Fontes e referências adicionais
  • Furúnculo, Biblioteca Virtual em Saúde – Ministério da Saúde
  • Furúnculo, Sociedade Brasileira de Dermatologia

Você já teve um furúnculo na pele? Fez algum dos tratamentos caseiros citados aqui? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário