Trayenta

Trayenta Emagrece? Para Que Serve?

Apesar de ser um medicamento prescrito para diabetes, algumas pessoas têm usado o Trayenta com o intuito de emagrecer.

Vamos mostrar para que serve exatamente o remédio e esclarecer se o Trayenta emagrece mesmo, além de citar efeitos colaterais e benefícios e riscos relacionados ao seu uso.

Trayenta

Trayenta é o nome comercial de um medicamento prescrito cujo princípio ativo é a linagliptina, que é indicado como um tratamento adicional para controle da diabetes do tipo 2.

Por ser um tratamento complementar, a maioria dos especialistas indica que esse remédio não deve ser usado sozinho para o tratamento da diabetes, mas sempre em paralelo com outro medicamento para diabetes como a metmorfina e com uma dieta equilibrada e restrita, além de um plano de exercícios adequado para controlar o índice glicêmico sanguíneo.

Em alguns estudos, o uso de Trayenta sozinho já vem sendo testado em estudos clínicos e apresentando resultados promissores.

Para que serve?

Basicamente, o Trayenta serve como um tratamento coadjuvante para diabetes através da regulação dos níveis de insulina que o organismo produz logo depois de se alimentar.

Como funciona

Esse medicamento atua na regulação do açúcar sanguíneo de duas formas: ajuda o pâncreas a produzir mais insulina e o fígado a produzir menos glicose. A substância responsável por isso é a incretina, um hormônio presente naturalmente no nosso organismo.

Por sua vez, a enzima dipeptidil peptidase 4 (DPP-4) atua degradando as incretinas, o que é um problema para os diabéticos que sofrem com níveis anormais de açúcar no sangue. O Trayenta é, portanto, um inibidor da DPP-4 que faz com que as incretinas durem por mais tempo no organismo e trabalhem melhor na manutenção dos níveis de açúcar sanguíneo.

Efeitos colaterais

Dentre os efeitos colaterais relacionados ao uso de Trayenta, os mais recorrentes são dor muscular, dor de garganta, nariz entupido, coriza, tosse e diarreia.

Os efeitos adversos menos comuns de Trayenta incluem:

  • Ganho ou perda de peso;
  • Dor muscular ou articular;
  • Dor de cabeça;
  • Ansiedade;
  • Visão embaçada;
  • Arrepios;
  • Suor frio;
  • Confusão mental;
  • Sintomas de depressão;
  • Dor nas costas;
  • Tontura;
  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Náusea;
  • Tremor;
  • Fraqueza;
  • Pele fria e pálida;
  • Baixo teor de açúcar no sangue (hipoglicemia).

Alguns efeitos colaterais graves também podem ser observados em alguns casos e incluem:

  • Pancreatite;
  • Febre;
  • Erupção, descamação e vermelhidão cutânea.

Dosagem

A dose recomedanda de Trayenta é de 5 miligramas por dia que podem ser tomadas com o estômago cheio ou vazio.

Trayenta Duo

Como a maioria dos médicos indica o tratamento de diabetes do tipo 2 com o uso de Trayenta em combinação com a metmorfina, os fabricantes de medicamentos lançaram no mercado o Trayenta Duo, que nada mais é do que a combinação da linagliptina com metmorfina em um único medicamento.

Para que serve?

Esse medicamento geralmente é receitado por um médico como uma forma de regular os níveis de açúcar no sangue quando outras formas de controlar os índices glicêmicos não funcionam. O seu uso sempre deve ser aliado a uma dieta saudável combinada com a prática de exercícios físicos.

Como funciona

Neste caso, a metmorfina atua diminuindo a produção de glicose no fígado e reduzindo a absorção de glicose pelo intestino enquanto que a linagliptina funciona inibindo a enzima DPP-4 como já explicado anteriormente.

Efeitos colaterais

O Trayenta Duo costuma causar diarreia como o efeito colateral mais comum. Algumas pessoas também podem sentir efeitos adversos como:

  • Nasofaringite;
  • Alergia;
  • Tosse;
  • Redução do apetite;
  • Hipoglicemia;
  • Náusea;
  • Vômito.

Em casos isolados, pode ocorrer a pancreatite, inflamação no pâncreas que precisa de um tratamento específico.

Além disso, por conter linagliptina em sua fórmula, os efeitos colaterais listados para o Trayenta também podem ser observados ao usar Trayenta Duo.

Dosagem 

Você deve seguir sempre a orientação médica. A dose indicada na bula do medicamento sugere que você deve ingerir um comprimido ao dia contendo 2,5 miligramas de linagliptina e 500 mligramas de metmorfina. Em alguns casos, pode ser recomendado que você tome até dois comprimidos ao dia.

O medicamento deve ser tomado junto com uma refeição sem exceder a dose diária máxima de 5 miligramas de linagliptina e 1000 miligramas de metmorfina.

Interações medicamentosas de Trayenta e Trayenta Duo

Esses remédios para tratamento de diabetes do tipo 2 podem sofrer interações medicamentosas com muitas outras substâncias. Alguns medicamentos que podem interagir com a linagliptina ou a metmorfina são: dexametasona, betabloqueadores, remédios para tratar convulsões e anti-inflamatórios não esteróides.

Dessa forma, sempre informe seu médico se já está usando algum outro tipo de medicamento e converse sobre seu histórico médico para saber se o remédio é seguro para você.

Contraindicações de Trayenta e Trayenta Duo

Esses medicamentos são contraindicados em casos de problemas renais, condições cardiovasculares, acidose metabólica aguda ou crônica e cetoacidose diabética. Pessoas com sensibilidade ou alergia a componentes da fórmula também não devem usar o medicamento.

Trayenta emagrece?

Na verdade, o Trayenta não emagrece. Nem mesmo o Trayenta Duo, versão combinada com metmorfina, pode ser usado como um tratamento para emagrecer.

O que acontece é que, em pessoas com diabetes do tipo 2, a resistência à insulina acaba gerando um acúmulo de gordura. Ao tomar um medicamento como o Trayenta, os níveis de açúcar no sangue são controlados, não causando mais o acúmulo de gordura no organismo, o que facilita a perda de peso.

Porém, apesar de relatos de que o uso desses medicamentos tem uma ação supressora do apetite, não existe nenhum estudo científico que comprove que o uso de Trayenta emagrece.

Além disso, os médicos que realmente zelam pelos seus pacientes não indicam que nenhum tipo de medicamento usado para tratar outras condições de saúde sejam usados com o intuito apenas de emagrecer.

Dessa forma, se você é diabético, discuta com seu médico as melhores opções de tratamento para o seu caso e, se precisar emagrecer, além de usar o medicamento adequado faça atividades físicas e alimente-se da maneira correta, considerando suas restrições alimentares.

Se você não é diabético, o uso de Trayenta e Trayenta Duo não é indicado e não deve ser usado com o objetivo de perder peso.

Referências Adicionais:

Você conhece alguém que tenha tomado e afirme que o uso de Trayenta emagrece? Teve vontade de tomar este medicamento, mesmo sabendo para que serve? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*