Chá verde

Chá para Retenção de Líquido – 8 Melhores, Como Fazer e Dicas

Não é novidade para ninguém que o nosso organismo necessita de água para sobreviver. Afinal, o nosso corpo é composto principalmente pelo líquido, que está presente no sangue, nos ossos, nos músculos e nos órgãos.

Entretanto, existem casos em que o organismo segura mais água do que devia, resultando em uma condição conhecida como retenção de líquido, que é conhecida por provocar o inchaço.

Vários fatores podem causar a condição, entre eles: o excesso de sódio na alimentação, o costume de ficar sentado ou em pé durante muito tempo, questões hormonais, o uso de determinados medicamentos e problemas cardíacos ou nas veias.

Além disso, condições como trombose venosa profunda, edema pulmonar, pré-eclampsia, câncer no fígado, câncer nos rins, câncer ovariano, doença renal, cirrose do fígado, perda de proteínas devido à desnutrição severa e linfedema.

8 opções de chá para retenção de líquido

Vamos conferir algumas opções de chá para retenção de líquido que, por suas propriedades diuréticas, podem ajudar a amenizar a condição.

1. Chá verde

Graças ao fato de ser naturalmente composto por cafeína, o chá verde provoca um efeito diurético no corpo, ou seja, ele auxilia a diminuir a retenção de líquidos por meio do aumento da urina.

Converse com um profissional de saúde antes de tomar este chá para retenção de líquido se você tem sensibilidade a cafeína ou faz uso de algum tipo de medicamento.

Não se deve tomar mais do que três a quatro xícaras do chá verde justamente por ele conter a cafeína que, em excesso, pode provocar problemas como insônia, taquicardias, dores de cabeça, entre outros.

Para quem tem problemas ou sensibilidade à cafeína, essa dosagem pode ser ainda menor, portanto, consulte o seu médico para saber a dosagem máxima de chá verde que é ideal para o seu organismo, em particular.

Receita de chá verde

Ingredientes: 

  • 1 colher de sobremesa de chá verde;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

  1. Aquecer a água, porém, sem deixar ferver – para que os benefícios sejam mantidos e o chá não fique amargo é necessário que a temperatura da água não seja mais alta do que 80º C a 85º C;
  2. Colocar o chá verde em uma caneca e despejar a água quente por cima;
  3. Tampar e deixar abafar durante três minutos – não deixar em imersão por mais tempo para que o chá verde não perca as suas propriedades;
  4. Coar o chá e tomá-lo imediatamente, sem açúcar.

2. Chá de urtiga

A urtiga é considerada um diurético natural e é utilizada pelos europeus como uma maneira de se livrar do excesso de água presente no corpo.

No entanto, o Centro Médico da Universidade de Maryland alerta que ao tomar o chá para retenção de líquido, a pessoa deve também aumentar a sua ingestão de água.

É preciso consultar o médico antes de consumir o chá de urtiga para a retenção de líquido porque a planta não é segura de ser ingerida ao mesmo tempo do que alguns medicamentos.

Além disso, é contraindicado para os casos de inchaço causados por doenças cardíacas ou pela função renal prejudicada. Portanto, não deixe de falar com o médico. As folhas frescas de urtiga podem provocar irritação e reação alérgica na pele, o que exige que a manipulação da planta seja feita sempre com luvas e a erva não seja consumida crua.

Recomenda-se não tomar mais do que quatro xícaras de chá de urtiga diariamente, entretanto, consulte o médico para saber qual dosagem é adequada para você.

Receita de chá de urtiga 

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas secas de urtiga;
  • 1 l de água.

Modo de preparo:

  1. Colocar a água dentro de uma panela, adicionar a erva e levar ao fogo;
  2. Assim que alcançar fervura, deixar cozinhar por mais três a quatro minutos e desligar o fogo;
  3. Tampar e deixar descansar ao longo de aproximadamente 10 minutos;
  4. Coar e consumir o chá imediatamente.

3. Chá de dente-de-leão 

O chá de dente-de-leão é conhecido como um antigo chá para retenção de líquido, além de distúrbios digestivos, problemas na pele e febre, por exemplo. As suas folhas possuem propriedades diuréticas, sendo útil para combater o inchaço e a retenção de líquido.

Aconselha-se consultar o médico antes de tomar o chá porque a planta pode provocar reações alérgicas. O chá deve ser tomado até três vezes ao dia, no entanto, para ter segurança, consulte o seu médico para verificar qual dosagem é a mais adequada para você.

Receita de chá de dente-de-leão

Ingredientes:

  • 1 a 2 colheres de chá de folhas secas de dente-de-leão;
  • Água quente.

Modo de preparo:

  1. Colocar as folhas de dente-de-leão em uma xícara ou canequinha;
  2. Adicionar a água quente por cima, tampar e deixar descansar durante cerca de 10 minutos;
  3. Coar e servir-se imediatamente. 

4. Chá de cavalinha

O chá de cavalinha é um dos melhores para ajudar em relação à retenção de líquido porque a erva é um excelente diurético, além de ser naturalmente depurativa, contribuindo em relação à eliminação de toxinas do organismo.

Muitos profissionais indicam combinar o chá de cavalinha com outras ervas como a hortelã e anis para melhorar o sabor da bebida.

Entretanto, o chá de cavalinha não pode ser utilizado por mulheres que estejam grávidas ou pessoas que sofrem com a pressão baixa.

Receita de chá de cavalinha

Ingredientes: 

  • 2 colheres de sopa de cavalinha;
  • 500 ml de água.

Modo de preparo:

  1. Colocar a cavalinha dentro de um recipiente;
  2. Ferver a água;
  3. Após, transferir a água fervente para o recipiente da cavalinha;
  4. Deixar abafado por cinco minutos. Coar e servir-se.

5. Chá de bétula

Apesar de não ser tão conhecida como outros tipos de chá para retenção de líquido, a bebida preparada com a bétula é eficiente para melhorar a eliminação de líquidos do corpo sem danificar os rins.

Entretanto, o uso da bétula pode resultar em reações alérgicas e o contato com a resina produzida por sua árvore pode provocar irritação em pessoas com peles sensíveis. Quando isso acontecer, o uso da planta deve ser suspenso imediatamente. Ao sofrer com essas reações, também é importante buscar rapidamente a ajuda do médico.

Fica o alerta também que a bétula não pode ser utilizada por mulheres que estejam grávidas e pessoas que tenham doenças renais, doenças cardíacas ou sejam hemofílicas (que sofrem com distúrbios de coagulação do sangue).

Receita de chá de bétula 

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de folhas secas de bétula;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

  1. Adicionar as folhas secas de bétula na xícara de água fervente;
  2. Tampar e deixar repousar durante 10 minutos;
  3. Então, coar e servir-se imediatamente. 

6. Chá de hibisco

O hibisco não é somente diurético, como também apresenta um efeito laxante, auxiliando assim em relação ao inchaço da barriga.

Entretanto, vale a pena saber que alguns efeitos colaterais como a abertura e expansão dos vasos sanguíneos, o que favorece o desenvolvimento de doenças no coração, e o prejuízo ao foco e a concentração já foram associados ao hibisco.

Receita de chá de hibisco

Ingredientes: 

  • 2 colheres de sopa de flores de hibisco seco;
  • 1 l de água em início de fervura.

Modo de preparo:

  1. Acrescentar o hibisco na água em início de fervura;
  2. Tampar e deixar descansar durante 10 minutos;
  3. Coar e servir-se imediatamente.

7. Chá de boldo

O chá de boldo pode ser um bom chá para retenção de líquido graças ao fato da planta ser dotada de propriedades diuréticas, que são úteis em relação à condição.

A bebida não pode ser consumida por mulheres que estejam grávidas e por pessoas que façam uso de remédios anticoagulantes. Outra indicação é que não se deve consumir mais de três xícaras de chá de boldo por dia. No entanto, o ideal é que você questione o médico a respeito da dosagem da bebida ideal para o seu organismo.

Receita de chá de boldo 

Ingredientes: 

  • ½ colher de sopa de folhas de boldo;
  • 1 copo de água;
  • Um pouco de casca de laranja;
  • 1 colher de sopa de mel.

Modo de preparo:

  1. Levar a água para ferver e quando ela atingir a ebulição (passar do estado líquido para o gasoso), adicionar as folhas de boldo e a casca de laranja;
  2. Deixar no fogo durante 15 minutos, desligar e deixar descansar por mais 10 minutos;
  3. Adoçar com mel e servir-se imediatamente. 

8. Chá diurético de ervas

A receita mistura diversas ervas como alcachofra, cavalinha, sabugueiro, louro e anis para combater a retenção de líquidos e, consequentemente, o inchaço. A promessa é que ao final do dia os pés e as mãos ficam menos inchados.

Receita de chá diurético de ervas

Ingredientes: 

  • 10 g de alcachofra;
  • 10 g de cavalinha;
  • 10 g de sabugueiro;
  • 10 g de louro;
  • 10 g de anis;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo:

  1. Misturar todas as ervas e reservar;
  2. Passar a água para uma panela e levar ao fogo. Quando estiver fervendo, desligar e acrescentar o mix de ervas;
  3. Tampar, deixar abafar durante 15 minutos, coar e servir-se imediatamente. 

Atenção: O ideal é tomar um chá para retenção de líquido logo após o seu preparo (não necessariamente tomar todo o conteúdo preparado de uma vez), antes que o oxigênio do ar destrua os seus compostos ativos. Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Certifique-se ainda de que os ingredientes que você utilizar no preparo do chá sejam de boa qualidade, de boa procedência, estejam bem limpos e higienizados e não tenham a adição de nenhuma substância ou produto que possa prejudicar a sua saúde.

Cuidados com o chá para retenção de líquido

Antes de tomar qualquer um dos chás mencionados acima, é fundamental que você converse com um médico para saber se ele não é contraindicado para o seu caso, certificar-se de que ele não traz nenhum efeito colateral prejudicial para a sua saúde e saber qual é a dosagem apropriada para a sua saúde.

Também é necessário informar ao médico a respeito de qualquer medicamento, suplemento ou produto à base de ervas que esteja utilizando para que ele verifique se não existem riscos de interação entre o chá para retenção de líquido e a substância em questão.

Além disso, não é seguro que o chá seja a única alternativa utilizada para tratar a retenção de líquido. Como vimos no início, a condição pode ser causada por uma série de problemas, inclusive doenças graves.

Ao tratar somente a retenção hídrica em si, você ataca simplesmente um sintoma, mas não lida com a questão mais profunda que a originou. Por mais que isso possa trazer um alívio imediato, não resolverá o problema.

Assim, o ideal é que, ao perceber o inchaço, você busque auxílio médico para saber como deve lidar com a condição, e caso ela for sintoma de alguma doença mais grave, o profissional poderá fazer o diagnóstico e indicar o tratamento apropriado para lidar com o problema em questão.

Você já experimentou algum chá para retenção de líquido? Teve bons resultados com a bebida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*