11 benefícios da pitanga – Para que serve, chá e dicas

Especialista da área:
atualizado em 08/07/2022

A pitanga é uma fruta típica do Brasil, com sabor e aromas bem característicos, e que pode trazer uma série de benefícios para a saúde e a boa forma. 

Esses efeitos se devem aos altos teores de vitaminas, fibras, minerais e antioxidantes encontrados na fruta, além do fato de ela ser pouco calórica.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, a seguir vamos conhecer um pouco mais sobre essa frutinha tão exótica e suas propriedades nutricionais, além de aprender dicas de outras formas de consumir este fruto.

Veja também: Chá de folha de pitanga emagrece? Para que serve, benefícios e como fazer

A pitanga

Pitangas
Além de saborosa, a pitanga é nutritiva

A pitanga, conhecida cientificamente como Eugenia uniflora L., é uma fruta que lembra uma cereja da família das Myrtaceae. Ela cresce de uma pequena árvore nativa da Mata Atlântica, e é conhecida em outros países como “cereja brasileira”.

Além disso, ela também pode ser encontrada em outros locais da América Latina, como Bolívia, Argentina, Colômbia e Venezuela, e alguns países caribenhos.

Suas folhas e até mesmo seu caule são ricos em diversos óleos essenciais como os politerpenos, os sesquiterpenos, a citronela, o acetato de geranilo e a cineol. Já o fruto é muito saboroso e contém boas quantidades de vitaminas, minerais e outros compostos com propriedades antioxidantes.

  Continua Depois da Publicidade  

Então, confira abaixo a composição de macronutrientes por porção de 100 g de pitanga in natura

ComponenteValor por 100 g
Calorias37 kcal
Carboidratos9,25 g
Proteínas0,84 g
Gorduras0,2 g
Fibra alimentar2,67 g
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos da Unicamp (TACO)

Ao final do artigo você verá a tabela nutricional completa, com todas as vitaminas e minerais.

Benefícios da pitanga

Caixa com pitangas
Há diversos motivos para incluir a pitanga na dieta

Agora que já conhecemos algumas particularidades dessa fruta tão característica de nosso país, vamos agora descobrir quais benefícios ela pode trazer para a saúde e a boa forma:

1. Bom funcionamento dos pulmões

De acordo com estudo conduzido pelos cientistas Heinrich Worth, Christian Schacher e Uwe Dethlefsen, o cineol encontrado na pitanga foi capaz de melhorar as funções pulmonares de pacientes com dispneia. 

Além disso, a pesquisa também concluiu que o cineol tem efeito anti-inflamatório, pois atua ativamente na redução da inflamação na mucosa respiratória, o que facilita a respiração desses pacientes.

2. Controle da diabetes

Estudos mostram que as antocianinas presentes na pitanga podem aumentar os níveis de insulina no organismo. Assim, esse aumento poderia auxiliar no controle dos níveis de açúcar no sangue, reduzindo os sintomas da diabetes.

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, mais estudos são necessários para entender melhor esse efeito, de forma que substituir o uso de medicamentos para o tratamento da diabetes pela pitanga não é algo recomendável.

3. Poder anti-inflamatório

Como já mencionado acima, um dos benefícios da pitanga é o seu efeito anti-inflamatório, que se deve aos antioxidantes presentes na fruta.

Por isso, pessoas com algumas doenças inflamatórias, como artrite e lúpus, podem se beneficiar da inclusão da pitanga no cardápio diário, seja na forma in natura, em sucos ou como chá.

4. Contribui para o emagrecimento

A pitanga é uma fruta que contém poucas calorias, o que a torna uma ótima opção para lanches e sobremesas.

Além disso, o seu teor de fibras também pode ser útil para o processo de perda de peso, já que esses compostos ajudam a reduzir a absorção de gorduras e carboidratos, além de promover uma maior sensação de saciedade.

5. Suporte ao sistema imunológico

Como a pitanga possui uma grande quantidade de antioxidantes, como a vitamina C e carotenóides, ela pode contribuir para o fortalecimento do sistema imunológico.

  Continua Depois da Publicidade  

Isso acontece porque esses compostos atuam diretamente na produção de glóbulos brancos, que são as células do sangue responsáveis por eliminar micro-organismos invasores.

Além disso, eles também participam do controle das reações imunológicas, o que ajuda a impedir ou a diminuir a intensidade de inflamações. 

6. Melhoria da saúde gastrointestinal

A pitanga, assim como outras frutas e verduras, é rica em fibras alimentares, tanto solúveis quanto insolúveis. Esses compostos são essenciais para a manutenção da saúde do sistema digestivo, e agem em dois processos de grande importância:

  • Melhora do trânsito intestinal, já que as fibras contribuem para a hidratação das fezes, evitando assim quadros de constipação.
  • Manutenção da flora intestinal, pois as fibras não são afetadas por nosso processo de digestão, e chegam praticamente intactas ao intestino. Assim, servem de alimento para as bactérias benéficas que ali residem. 

7. Aumento da energia

As vitaminas do complexo B presentes na pitanga são essenciais para várias funções metabólicas, incluindo a geração de energia, além de regularem o funcionamento do sistema nervoso.

Desta forma, consumir pitanga e outras fontes de vitamina B ajuda a prevenir alguns problemas neurológicos e manter o metabolismo em pleno funcionamento.

8. Manutenção da saúde do coração

Como possui propriedades antioxidantes, a pitanga pode auxiliar na manutenção da saúde do coração e dos vasos sanguíneos.

Isso ocorre porque esses compostos contribuem para a redução da inflamação local, além de diminuírem o acúmulo de placas gordurosas nas artérias. 

Além disso, o potássio presente na fruta melhora a elasticidade dos vasos, promovendo assim a redução da pressão arterial.

9. Melhoria do sono

Alguns estudos demonstraram que a pitanga contém melatonina, um hormônio produzido naturalmente pelo corpo para regular o sono. Assim, incluir essa fruta no cardápio pode contribuir para melhorar a qualidade e a duração do sono.

Entretanto, a insônia é um problema multifatorial, ou seja, normalmente ela é causada por uma série de fatores combinados. Por isso, é importante seguir uma rotina de sono, que pode incluir a redução do uso de aparelhos eletrônicos à noite, juntamente com uma dieta adequada, incluindo alimentos como a pitanga.

10. Prevenção contra o envelhecimento precoce

O alto teor antioxidante da pitanga ajuda a conter a ação dos radicais livres, e assim pode contribuir para manter a aparência jovial da pele por mais tempo.

Desta forma, o consumo de pitanga e outros alimentos ricos em antioxidantes pode reduzir o envelhecimento precoce da pele, desde que isso seja associado a hábitos de vida saudáveis.

11. Pele e cabelos saudáveis

Além de evitar os sinais de envelhecimento precoce, a pitanga ajuda a tratar e mesmo prevenir doenças de pele, como acne, espinhas e psoríase, devido à presença significativa de vitamina A e vitamina C

Esses nutrientes estimulam a regeneração dos tecidos da pele e a produção de colágeno, além de reduzir os efeitos inflamatórios causados pelas toxinas do dia a dia, tais como a poluição e o consumo de alimentos processados.

Como incluir a pitanga na dieta?

A pitanga é uma fruta muito versátil, e pode ser consumida in natura, na forma de chá, sucos ou como ingredientes de molhos e outras receitas.

Então a seguir vamos conhecer algumas receitas com essa fruta típica do Brasil:

1. Receita de suco de pitanga

Ingredientes:

  • 1 xícara de pitangas
  • 2 copos de água 
  • Açúcar, adoçante ou mel a gosto
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

  • Primeiro, lave bem as pitangas e retire o caroço
  • Depois, bata a fruta juntamente com a água e o gelo
  • Por fim, adoce a gosto.

Observação: Você pode congelar a pitanga sem caroço, e utilizar a polpa congelada para preparar sucos e outras receitas. Além disso, é possível acrescentar outros ingredientes ao suco, como sumo de limão e raspas de laranja.

2. Receita de chá de pitanga

Ingredientes:

  • Meia xícara de pitangas
  • 2 colheres de sopa de folhas da pitangueira picadas
  • Um litro de água
  • Açúcar, adoçante ou mel a gosto.

Modo de preparo:

  • Lave e retire o caroço das pitangas, e corte a fruta em pedaços menores
  • Em seguida, aqueça a água em uma panela
  • Então, desligue o fogo assim que atingir a fervura, e acrescente as folhas e as frutas picadas, e deixe em infusão por cerca de 10 minutos
  • Por fim, coe e adoce como preferir.

Tabela nutricional

Porção de 100g de pitanga in natura.

ComponenteValor por 100 g
Calorias37 kcal
Carboidratos9,25 g
Proteínas0,84 g
Gorduras0,2 g
Fibra alimentar2,67 g
Cálcio15,8 mg
Ferro0,35 mg
Sódio1,43 mg
Magnésio11,1 mg
Fósforo16 mg
Potássio201 mg
Zinco0,2 mg
Cobre0,07 mg
Vitamina A (RE)136 mcg
Vitamina A (RAE)68,4 mcg
Tiamina0,03 mg
Riboflavina0,1 mg
Vitamina C24,9 mg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos da Unicamp (TACO)
Fontes e referências adicionais

Você já conhecia ou imaginava que existiam tantos benefícios da pitanga para a saúde? Costuma consumir essa fruta com frequência? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média 4,60)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário