4 Erros na Academia que Atrapalham o Emagrecimento

Especialista:
atualizado em 27/07/2020

Ao lado de uma dieta balanceada, a prática frequente de exercícios físicos é uma estratégia que contribui com a perda de peso, uma vez que faz com que o corpo queime mais calorias.

Dependendo da modalidade escolhida, o treinamento também cria mais músculos – o que é muito benéfico em termos de emagrecimento porque o tecido muscular queima mais calorias que as gorduras, mesmo quando o corpo está em descanso.

Entretanto, mesmo treinando frequentemente, algumas pessoas podem notar que o emagrecimento não está acontecendo como deveria. O que será que pode estar ocorrendo? Seria algum erro na dieta? Sim, é até possível. No entanto, o problema também pode ser um dos quatro erros comuns associados ao treino que atrapalham o emagrecimento, que você vai conhecer a seguir:

1. Hidratar-se com bebidas esportivas energéticas

A água é sempre uma melhor opção do que essas bebidas, que são voltadas para os atletas que praticam atividades físicas realmente intensas e precisam repor toda a energia, água e eletrólitos que perderam. Por outro lado, elas atrapalham a perda de peso de quem pratica exercícios mais leves, como 20 minutos de uma atividade aeróbica como a esteira, por exemplo.

As bebidas esportivas energéticas são lotadas de corantes e açúcar. Elas também possuem carboidratos de índice glicêmico muito alto, que ao entrar na corrente sanguínea fazem com que o organismo secrete muito insulina, que é um hormônio que evita que o corpo queime mais gordura.

A não ser que seja feito um exercício aeróbico de mais de uma hora de duração, a reposição de carboidratos não se justitica. Mesmo nesses casos, essa reposição de carboidratos precisa ser calculada conforme o peso do praticante.

Tudo isso também vale para os sucos, a água de coco e para as barrinhas de cereais que alguns costumam consumir na academia, logo depois do treino.

2. Consumir calorias demais após o treino

A refeição pós-treino é importante, entretanto, é necessário tomar cuidado com o que se come para não colocar todos os esforços a perder.

Por exemplo, o praticante treina por vários minutos, fica bem cansado e verifica no seu contador que queimou 200 calorias. Então, cheio de fome, ele recorre a um lanche pós-treino com 300 calorias ou mais. Resultado: a pessoa não vai apenas recuperar, como também ultrapassar a quantidade de calorias eliminadas no treino.

3. Acreditar que somente os exercícios aeróbicos emagrecem

Dedicar todo o tempo do treinamento exclusivamente aos exercícios cardiovasculares não é uma decisão acertada, especialmente quando cada sessão dura apenas 20 ou 30 minutos, porque o treino de força (com pesos) ajuda a construir massa muscular e aumentar a quantidade de calorias queimadas em repouso, melhorando o metabolismo de maneira geral.

Por isso, é aconselhável combinar o treino aeróbico com o de peso, a não ser que haja alguma contraindicação.

4. Não querer se sentir desconfortável

Estamos falando daquelas pessoas que não gostam de sentir qualquer desconforto ao se exercitar ou que não gostam de ficar suadas. Então, quando começam a pegar um bom ritmo no exercício, diminuem a velocidade ou a carga e se recusam a progredir em termos de intensidade, o que geraria algum tipo de desconforto.

É claro que o padrão e a evolução nos treinos deve sempre ser controlados com base no histórico de saúde, problemas preexistentes e as condições físicas e articulares de cada praticante, mas não dá para achar que é possível ter a ajuda dos exercícios físicos para emagrecer sem derrubar uma gota de suor ou sentir algum tipo de dor ou desconforto.

Para que possa crescer, o músculo necessita ser desafiado – é necessário oferecer algum tipo de resistência para que ele se sobressaia. Fica bem complicado conseguir construir massa muscular com uma carga de peso extremamente leve.

Aproveite e assista ao vídeo da nossa nutricionista entrando em maiores detalhes acerca desses erros na academia:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você costuma cometer esses erros na academia que atrapalham o emagrecimento? Pretende alterar algo na sua rotina? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário