5 Mudanças Urgentes para Fortalecer a Sua Imunidade!

Especialista:
atualizado em 11/08/2020

Especialmente em tempos de pandemia do novo coronavírus, é muito importante manter a imunidade bastante fortalecida. Afinal, ela é o estado de proteção do organismo contra doenças infecciosas.

Pensando na importância que a imunidade tem para a nossa saúde, resolvermos trazer uma lista com 5 mudanças urgentes para você fazer desde já na sua rotina e ajudar a fortalecer a sua imunidade!

1. Parar de consumir bebidas alcoólicas

Bebida alcoólica

A ingestão de bebidas alcoólicas está muito relacionada com a piora do sistema imunológico.

O álcool é um tipo de toxina (substância prejudicial ao organismo) que precisa ser metabolizada pelo fígado para ser excretado. Um subproduto (metabólito) desse processo de excreção do álcool é extremamente prejudicial para o sistema imunológico.

É justamente por isso que quando bebem um pouco mais na noite anterior e acordam de ressaca, algumas pessoas sentem o corpo mais cansado, como se estivesse com os sintomas de gripes e resfriados. Saiba mais sobre os sintomas da ressaca e o que fazer.

Um ponto importante a destacar é que os prejuízos ao sistema imunológico não estão associados somente ao consumo crônico de bebidas alcoólicas. Ingerir álcool de vez em quando, mas em grandes quantidades por vez, também faz mal para o sistema imunológico.

2. Consumir mais água

A ingestão de água ao longo de todo o dia é muito importante para o sistema imunológico porque o líquido auxilia a transportar mais oxigênio para as células. Além disso, a água contribui com a eliminação de toxinas do organismo por meio da urina.

Para quem tem dificuldade de ingerir água com frequência, uma dica de ouro é adicionar uma rodela de limão ou espremer meio limão em um copo com água, o que torna o sabor do líquido mais agradável e, de quebra, ainda traz os benefícios do limão.

Existem ainda outras opções de águas saborizadas com frutas, vegetais, sementes, especiarias ou ervas que também ajudam a tornar o líquido mais saboroso e tornam mais fácil aumentar a quantidade de vezes que se toma água por dia.

3. Dormir bem

É importante ter uma noite de sono qualidade, que realmente seja reparadora e revigorante. Ao dormir a partir de 7 horas por noite já é possível ter um efeito benéfico em relação à imunidade.

Inclusive, o papel do sono em relação ao sistema imunológico é o motivo pelo qual a qualidade do sono tem a ver com o surto de coronavírus.

Seu sono não anda muito bom? Conheça algumas dicas sobre o que fazer para dormir bem. Se nada resolver e a qualidade do seu sono continuar baixa, procure o auxílio médico para verificar se é fruto de alguma condição de saúde que precisa de tratamento.

4. Praticar atividades físicas

Academia com coronavírus

Não precisa ser nada muito exagerado – até porque o excesso de exercícios físicos, o chamado overtraining, também prejudica a imunidade.

A recomendação é praticar atividades físicas de maneira equilibrada, dentro de uma frequência e volume seguros e indicados para a sua saúde e aptidão física em particular, respeitando sempre os períodos de descanso.

Estima-se que 20 minutos de caminhada em ritmo moderado já façam bem para o sistema imunológico.

O exercício físico moderado favorece o bom funcionamento da imunidade porque, quando se expira mais e utiliza mais o pulmão,são expelidos alguns vírus e bactérias, o pulmão é mais ventilado e o bom funcionamento do aparelho respiratório é facilitado.

Já foi verificado que a prática de exercícios físicos moderados aumenta a produção de linfócitos T e de outros glóbulos brancos, fortalecendo o sistema imunológico. Eles também provocam um aumento discreto da temperatura corporal, que gera um efeito benéfico ao sistema imunológico.

Além disso, os exercícios físicos moderados contribuem com a melhoria da secreção de neurotransmissores associados ao prazer e ao bem-estar, ao mesmo tempo em que diminui a produção de hormônios do estresse.

Outra atividade que te dê prazer como musculação, natação, tênis, dança também provocarão os mesmos efeitos benéficos. Está em quarentena devido à pandemia do novo coronavírus? Os truques para tornar o treino em casa mais eficiente durante a quarentena podem te ajudar.

5. Manter uma alimentação saudável

Seguir uma dieta saudável, composta por alimentos bons para a imunidade, é muito importante para nutrir, abastecer e fortalecer o sistema de defesa do organismo.

Afinal, substâncias presentes nos alimentos nutritivos e saudáveis são necessárias para que o sistema imunológico e que o organismo como um todo funcionem.

Aprenda mais sobre a importância da dieta balanceada e conheça os nutrientes que melhoram o sistema imunológico.

Atenção: sobre a COVID-19

Coronavírus

Não estamos afirmando que esses mudanças possam prevenir ou curar a COVID-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Embora possam ajudar a melhorar a imunidade, algo importante quando se luta contra uma doença para a qual ainda não existe vacina ou medicamento comprovado, elas não são a solução para a COVID-19.

A melhor saída contra o novo coronavírus ainda é fazer tudo o que estiver ao seu alcance para evitar a contaminação. Por isso, tão ou mais importante que fazer essas mudanças e aderir a outras estratégias para melhorar a imunidade é reforçar muito bem todas as medidas de prevenção contra a COVID-19.

Aproveite para conferir um vídeo da nossa nutricionista entrando em mais detalhes para fortalecer a sua imunidade:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

O que você achou dessas dicas para fortalecer a imunidade que podem ser importantes nesse momento de pandemia? Pretende mudar algo na sua rotina? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário