Benefícios do cuscuz – Para que serve, tipos e propriedades

Especialista da área:
atualizado em 06/08/2021

Embora seja um alimento comumente adotado na culinária brasileira, sobretudo na região nordeste, nem todos sabem dos benefícios do cuscuz e como ele pode auxiliar nas dietas.

  Continua Depois da Publicidade  

Atualmente temos acesso a muitas informações por meio de diversas fontes. Sabemos que o consumo exagerado de carboidratos simples, como arroz e farinha refinada, pode ser prejudicial à saúde e à boa forma.

Diante disto, é comum buscar formas alternativas e naturais para promover a saúde e perder peso. O cuscuz se mostra um grande aliado neste processo, além de ter uma vantagem adicional: trata-se de um alimento que costuma agradar ao paladar da maioria das pessoas, além de ser fácil de encontrar e mais fácil ainda de se preparar.

O que é o cuscuz?

cuscuz
Cuscuz marroquino

O cuscuz surgiu na África, e é um preparado de sêmola de cereais, em que se destaca o trigo.

A sêmola, também conhecida como semolina, é o nome dado a um produto derivado do trigo, que sobra após o processamento e a trituração da farinha a partir dos grãos mais duros.

Dessa maneira ela possui textura mais granulada e mais grossa do que a farinha, e além dos grãos de trigo, também pode ser encontrada no milho e no arroz.

É possível encontrar três variedades de sêmola de trigo: israelense, libanês ou marroquino. O grão menor e mais comumente encontrado em supermercados é a versão marroquina já processada. A versão natural do alimento geralmente só é encontrada nos países mediterrâneos e norte-africanos. 

  Continua Depois da Publicidade  

Tabela de macronutrientes do cuscuz

Veja abaixo a tabela de macronutrientes por 100 g de cuscuz, semolina (marroquino), cozido, sem óleo, sem sal comparado a mesma quantidade de cuscuz de milho, cozido, com sal.

Cuscuz de sêmolaPor 100 g
Calorias107 kcal
Carboidrato23,2 g
Proteína3,79 g
Gorduras0,16 g
Gorduras saturadas0,03 g
Gorduras monoinsaturadas0,02 g
Gorduras polinsaturadas0,06 g
Gorduras trans0,00 g
Fibra alimentar1,40 g
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)
Cuscuz de milhoPor 100 g
Calorias112 kcal
Carboidrato25,3 g
Proteína2,16 g
Gorduras0,68 g
Gorduras saturados0,20 g
Gorduras monoinsaturados0,20 g
Gorduras polinsaturados0,30 g
Gorduras transNA
Fibra alimentar2,05 g
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)

Benefícios do cuscuz

Apesar de se tratar de um alimento com alto teor de glúten, ele possui inúmeros nutrientes que auxiliam no funcionamento do organismo e do metabolismo. Estes nutrientes fazem com que o alimento seja considerado benéfico à saúde, podendo ser incorporado às dietas de maneira mais saudável do que massas feitas a partir de carboidratos refinados.

1. Auxílio na perda de peso

O cuscuz é rico em nutrientes e pouco calórico. Uma porção de 100 gramas contém aproximadamente 110 calorias. Isso representa cerca de 5,5% da ingestão recomendada de calorias em um dia, tendo como base dietas de 2.000 calorias.

Este índice calórico é inferior do que a mesma quantidade de quinoa ou arroz, por exemplo. Além disso, a mesma quantidade deste alimento fornece cerca de 3 g de proteínas.

Acrescido a isso, o cuscuz é baixo em sódio, gordura saturada, livre de colesterol e fonte de fibras. As fibras são responsáveis por proporcionar saciedade, diminuir o consumo calórico e ajudar no funcionamento do intestino.

2. Manutenção do sistema cardiovascular

Um dos componentes mais importantes do cuscuz é o selênio, um dos nutrientes-chave para justificar os inúmeros benefícios à saúde pelo seu consumo.

  Continua Depois da Publicidade  

Selênio é um mineral difícil de encontrar naturalmente em fontes alimentares, mas essencial ao organismo humano. O cuscuz marroquino é considerado uma das fontes mais ricas neste mineral, pois, 100 gramas do alimento fornece 50% da ingestão diária recomendada.

Este mineral age no corpo humano como um poderoso antioxidante, responsável por atuar nos vasos sanguíneos limpando e reduzindo as placas de colesterol ruim (LDL) das paredes arteriais. Isto é fundamental na proteção da saúde cardiovascular, ajudando a evitar quadros de taquicardia, derrames e aterosclerose.

Além disso, o alimento é fonte de potássio, um nutriente importante para relaxar os vasos sanguíneos e ajudar a reduzir a pressão arterial.

3. Regulação do metabolismo

O cuscuz fornece proteínas, que são importantes para o funcionamento do metabolismo, já que elas são necessárias para a manutenção da saúde dos dentes, cabelos, unhas, músculos, ossos, e participam de diversos processos no organismo.

Esta é uma das opções recomendadas a pessoas que buscam por fontes de proteínas de origem vegetal, sobretudo aos veganos e vegetarianos, que não consomem carnes, a principal fonte proteica.

  Continua Depois da Publicidade  

4. Melhora o sistema imunológico

Nem todos sabem, mas o cuscuz é um alimento capaz de melhorar o sistema imunológico, atuando no corpo humano como um agente antibacteriano e antiviral, ajudando a prevenir, dessa forma, doenças como herpes labial, herpes zoster, resfriados e gripes, dado ao seu poder antioxidante que combate os radicais livres e evita o envelhecimento precoce.

O selênio tem se mostrado uma substância capaz de promover melhorias em diversos sistemas do corpo humano. Com o sistema imunológico não é diferente. O antioxidante ajuda a reduzir inflamações e melhorar a capacidade de defesa do organismo.

O selênio presente no cuscuz também pode ajudar a diminuir o risco de câncer, em particular o de próstata, já que estudos comprovaram que altos níveis de selênio na corrente sanguínea, de fonte alimentar, podem proteger o corpo humano dessa doença.

Como preparar cuscuz

cuscuz de milho
Cuscuz de milho

Cuscuz é um alimento considerado mais saudável do que massas feitas a partir de farinha branca. No Brasil, a versão mais comum é a produzida a partir da farinha de milho e, posteriormente, temperada com sal e outros ingredientes até ser cozido no vapor. Quando é preparado corretamente, o alimento é leve e macio, além de ter um preparo bastante fácil.

O preparo do cuscuz tradicional consiste na mistura de milharina, água e sal. A recomendação é que se utilize 3 porções de flocos de milho para uma porção de água durante o preparo, que pode ser feito na cuscuzeira para que o alimento seja preparado adequadamente no vapor. A massa hidratada deve cozinhar por cerca de 10 minutos.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, trata-se de um quitute muito versátil, pois pode acompanhar carne vermelha, saladas, leite e mais uma infinidade de opções.

Considerações sobre o alimento

O cuscuz é um alimento recomendado para integrar os mais diversos cardápios. Além disso, ele pode ser consumido no café da manhã, almoço ou jantar. Para quem passa por dietas para perda de peso, uma opção interessante é a substituição do pão francês ou do arroz branco por ele, já que possui menos calorias e mais propriedades nutritivas.

Vídeos

Tabela nutricional completa do cuscuz

Veja abaixo a tabela nutricional completa por 100 g de cuscuz, semolina (marroquino), cozido, sem óleo, sem sal comparado a mesma quantidade de cuscuz de milho, cozido, com sal.

Cuscuz de sêmola Por 100 g
Calorias107 kcal
Carboidrato23,2 g
Proteína3,79 g
Gorduras0,16 g
Gorduras saturadas0,03 g
Gorduras monoinsaturadas0,02 g
Gorduras polinsaturadas0,06 g
Gorduras trans0,00 g
Fibra alimentar1,40 g
Colesterol0,00 mg
Cálcio8,00 mg
Ferro0,38 mg
Sódio5,00 mg
Magnésio8,00 mg
Fósforo22,0 mg
Potássio58,0 mg
Zinco0,26 mg
Cobre0,04 mg
Selênio27,5 mcg
Alfa-tocoferol (Vitamina E)0,13 mg
Tiamina0,06 mg
Riboflavina0,03 mg
Niacina0,98 mg
Vitamina B60,05 mg
Equivalente de folato15,0 mcg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)
Cuscuz de milho Por 100 g
Calorias112 kcal
Carboidrato25,3 g
Proteína2,16 g
Gorduras0,68 g
Gorduras saturados0,20 g
Gorduras monoinsaturados0,20 g
Gorduras polinsaturados0,30 g
Gorduras transNA
Fibra alimentar2,05 g
ColesterolNA
Cálcio1,54 mg
Ferro0,17 mg
Sódio247 mg
Magnésio2,72 mg
Fósforo23,2 mg
Potássio10,9 mg
Zinco0,20 mg
Selênio1,18 mcg
Vitamina A (RE)9,22 mcg
Vitamina A (RAE)4,61 mcg
Alfa-tocoferol (Vitamina E)0,07 mg
Vitamina B60,06 mg
Equivalente de folato65,7 mcg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)
Fontes e referências adicionais

Você já conhecia os benefícios do cuscuz? Pretende adiciona-lo na sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “Benefícios do cuscuz – Para que serve, tipos e propriedades”

  1. Aqui em casa o cuzcuz de milho é muito apreciado, já vem de geração em geração, e depois que tomei conhecimento dos benefícios para a saúde, melhor ainda!

    Responder