Cuscuz Tem Carboidrato? E Glúten? Tipos, Variações e Dicas

Especialista:
atualizado em 27/12/2019

O cuscuz é um prato bastante popular na região Nordeste do nosso país. A receita pode ser preparada à base de uma mistura de farinha de milho, fubá ou flocos de milho pré-cozidos, água e sal dentro um aparelho chamado de cuscuzeira.

O cuscuz de milho é rico em vitamina A, nutriente que faz bem para a pele e a visão, além de possuir boas quantidades de vitaminas do complexo B, como o ácido fólico (vitamina B9) que é importante para a saúde da gestação, e de fibras, que contribuem com a saciedade do organismo.

Mas será que o cuscuz tem carboidrato também?

Existem pessoas que precisam transformar a sua alimentação e passar a seguir uma dieta com controle ou restrição no consumo de carboidratos por questões de saúde, mas também existem aquelas que decidem diminuir ou limitar a ingestão do nutriente em suas refeições como uma maneira de favorecer o emagrecimento.

Para todos esses, vale a pena saber se o cuscuz tem carboidrato. Pois bem, já vimos que o cuscuz de milho tem boas quantidades de fibras, certo? Então, isso já serve de indício para afirmarmos que o cuscuz tem carboidrato sim em sua composição, tendo em vista que as fibras são um tipo de carboidrato.

Além disso, o cuscuz de milho é um alimento que fornece energia para começar o dia, justamente graças ao seu teor de carboidratos. Vale lembrar que os carboidratos são conhecidos como uma das principais fontes de energia para o nosso organismo.

Mas se o cuscuz tem carboidrato, qual a quantidade do nutriente que pode ser encontrado no típico alimento nordestino?

É isso o que vamos conferir na lista a seguir, que apresenta a quantidade de carboidratos, em gramas, que pode estar presente em diferentes tipos porções de cuscuz. Dê só uma conferida:

  • Cuscuz cozido: 23,22 g de carboidratos em uma porção de 100 g e aproximadamente 36,45 g de carboidratos em uma porção correspondente a uma xícara;
  • Cuscuz (genérico): aproximadamente 77,45 g em uma porção de 100 g e cerca de 144 g de carboidratos em uma porção correspondente a uma xícara;
  • Cuscuz de milho da marca Coringa: 76 g de carboidratos em uma porção de 100 g;
  • Cuscuz de arroz da marca Coringa: 39 g de carboidratos em uma porção correspondente a uma xícara com 50 g do produto e 78 g de carboidratos em uma porção de 100 g;
  • Cuscuz de tapioca (genérico): aproximadamente 59,4 g de carboidratos em uma fatia; em torno de 49,5 g de carboidratos em uma porção de 100 g e cerca de 126,2 g de carboidratos em uma porção correspondente a uma xícara;
  • Cuscuz de milho cozido com sal (genérico): aproximadamente 6,35 g de carboidratos em uma porção correspondente a uma colher de sopa cheia; cerca de 21,5 g de carboidratos em um pedaço pequeno; em torno de 34,15 g de carboidratos em um pedaço médio; 50,6 g de carboidratos em um pedaço grande e 25,3 g de carboidratos em uma porção de 100 g.

Logicamente, a inclusão de outros ingredientes para acompanhar ou rechear o cuscuz provocará o aumento na quantidade de carboidratos encontrada na receita.

Atenção

Os diferentes tipos e porções de cuscuz apresentados na lista acima não foram submetidos a análises nutricionais – simplesmente reproduzimos as informações disponibilizadas na internet. Portanto, trata-se apenas de uma estimativa.

Além disso, lembramos que a quantidade de carboidratos em cada receita de cuscuz pode variar de acordo com os ingredientes e as marcas dos mesmos utilizados na receita.

E será que o cuscuz tem glúten?

Você provavelmente já deve ter escutado a respeito de pessoas que não podem ingerir alimentos que contenham o glúten em suas refeições por uma questão de saúde, devido ao fato de sofrerem com a doença celíaca ou com intolerâncias e sensibilidades à substância.

Entretanto, também existem aqueles indivíduos que escolheram não consumir nada que seja composto pelo glúten, ainda que não sofram com uma condição de saúde que impeça a ingestão da substância.

Para todas essas pessoas, é necessário conhecer quais alimentos possuem e quais não possuem o glúten para se certificar de que as suas refeições realmente sejam livres da substância.

E como será que o queridinho dos nordestinos fica nessa história? Será que cuscuz tem glúten ou não?

Pois bem, segundo pesquisamos, existem sites que defendem que o cuscuz entra sim na lista dos grãos e amidos que são compostos pelo glúten. Por outro lado, existem outros que afirmam que o cuscuz de milho é um dos alimentos que podem ser utilizados como substitutos do glúten.

Portanto, antes de comprar os ingredientes para o seu cuscuz, confira na embalagem dos produtos se eles são isentos da substância ou não. Os ingredientes abaixo costumam ser o próprio glúten com outros nomes:

Avena sativa, amido modificado, ciclodextrina, complexo peptídico, corante de caramelo, dextrina, extrato de fitoesfingosina, extrato de levedura, extrato de malte hidrolisado, extratos fermentados de grãos hidrolisados, Hordeum distichon, Hordeum vulgare, maltodestrina, proteína de soja hidrolisada sabor natural, Secale cereale, tocoferol / vitamina E, Triticum aestivum, Triticum vulgare, xarope de arroz integral.

Você já sabia que o cuscuz tem carboidrato? Pretende adicioná-lo no seu dia a dia mesmo assim? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Cuscuz Tem Carboidrato? E Glúten? Tipos, Variações e Dicas”

  1. Gostei das informaçoes e esclarecimentos, preciso perder peso para uma cirurgia e disso em um mês, então optei pela dieta lowcarb, só que não vou cortar de vez e sim susntituir em pelo mesno um refeição do dia para que eu tenha energia ja que vou combinar com exercicios que serão 2 vezes ao dia, então vou precisar sim da ebeegia extra do carbo mas de um produto com mais fibras e aminoácido e o cuzcuz é perfeito.