Alimentos Superprocessados Adicionam 500 calorias à Dieta Todos os Dias, Causando Ganho de Peso

Os alimentos superprocessados, que são mais baratos, práticos e fáceis de preparar, podem engordar, segundo um novo estudo.

Os participantes do estudo limitados a uma dieta de alimentos altamente processados comeram mais calorias e ganharam mais peso do que quando sua dieta consistia em alimentos minimamente processados, segundo o estudo publicado na revista Cell Metabolism.

Este estudo de pequena escala é o primeiro estudo controlado randomizado – considerado o padrão-ouro na ciência – que examina os efeitos de alimentos ultraprocessados. Eles são definidos como alimentos que contêm ingredientes industriais, como óleos hidrogenados, xarope de milho rico em frutose, agentes aromatizantes e emulsionantes.

Durante um mês de estudo, 20 voluntários adultos saudáveis permaneceram no National Institutes of Health Clinical Center, onde todas as refeições diárias foram fornecidas a eles.

Por 14 dias, por sua vez, eles estavam limitados à dieta e podiam comer o quanto quisessem (para mais ou para menos).

As duas versões de refeições (processada e não processada) tinham as mesmas quantidades de calorias, açúcares, fibras, gorduras e carboidratos. Por exemplo, o café da manhã não processado podia ter aveia com bananas, nozes e leite desnatado, enquanto o outro consistia em um bagel com cream cheese e bacon de peru.

Os participantes exercitavam-se aproximadamente a mesma quantidade todos os dias durante o estudo.

Na dieta ultraprocessada, as pessoas comiam mais rápido, consumindo cerca de 500 calorias a mais por dia (comendo mais) do que com a dieta não processada; este aumento de calorias se deu devido a maiores quantidades de carboidratos e gordura, mas não de proteína.

Como resultado, eles ganharam mais peso – em média, cerca de 0,9 kg, enquanto na dieta não processada, os participantes perderam essa mesma quantidade de peso.

O gênero dos participantes e seu índice de massa corporal não influenciaram as diferentes calorias que cada participante comia em cada dieta, de acordo com os autores do estudo.

Os alimentos ultraprocessados levaram as pessoas a ingerir muitas calorias e ganhar peso, eles concluíram.

Pode ser difícil restringir os alimentos processados da dieta para muitas pessoas devido a razões além do seu próprio sabor, observaram os pesquisadores. Por exemplo, o custo semanal de uma dieta de 2.000 calorias por dia de refeições processadas foi estimado em U$ 106 (aproximadamente R$ 433,00), contra U$ 151 (aproximadamente R% 617,00) para o cardápio de refeições mais naturais. Vale lembrar que também levamos mais tempo de preparo para alimentos menos processados, disseram eles.

Alimentos ultraprocessados são consumidos principalmente como refeições prontas, assim como lanches e sobremesas. As pessoas têm consumido cada vez mais delas nas últimas décadas, principalmente no mundo ocidental.

As pesquisas também já mostraram que esses alimentos industrializados podem levar à obesidade, pressão alta e câncer.

Você tem o costume de consumir mais alimentos altamente processados em sua dieta do que os naturais? Pretende mudar isso agora? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário