Benefícios do cumaru – O que é, para que serve e propriedades

Especialista da área:
atualizado em 15/12/2021

O cumaru é a “baunilha brasileira” que oferece diversos benefícios para a saúde. Trata-se de uma planta nativa da região amazônica, cujo fruto é uma noz de casca verde-amarelada. Dentro dela, há uma castanha (ou semente) comestível que também produz um óleo. 

  Continua Depois da Publicidade  

Existem muitos outros nomes pelos quais o cumaru (Dipteryx odorata) é conhecido. Alguns deles são: fava de cumaru, fava tonka, cumaru-verdadeiro, cumaru-amarelo e cumaru-do-amazonas.

Quando maduro, o fruto escurece e adquire um sabor mais adocicado bem parecido com o da baunilha.

Por ter o aroma e o sabor parecido com o da baunilha, o cumaru pode ser usado em sobremesas e em diversos pratos. Seu perfume agradável também permite que o fruto seja usado como fragrância em vários produtos cosméticos.

Além disso, seu princípio ativo cumarina e outros compostos anti-inflamatórios e antioxidantes em sua composição são os responsáveis por propriedades medicinais que podem trazer os seguintes benefícios.

Cumaru

Fonte de gorduras boas

O cumaru é rico em ácidos graxos dos tipos ômega 3, 6 e 9. Assim, ele pode ajudar a controlar os níveis de colesterol e a glicemia. Isso pode ajudar a emagrecer e a melhorar a saúde do coração, prevenindo doenças cardíacas.

Rico em ferro

Por ser uma boa fonte de ferro, o cumaru pode ajudar no tratamento e prevenção da anemia. Além disso, o ferro melhora a circulação sanguínea, fazendo com que os nutrientes e o oxigênio circulem melhor por todo o corpo.

  Continua Depois da Publicidade  

Ação anti-inflamatória

O cumaru tem um excelente efeito anti-inflamatório e antioxidante que pode ser útil no tratamento de diversas condições, inclusive a dor de ouvido, as aftas, a garganta inflamada e a gripe. 

Ele também exerce um efeito broncodilatador que melhora a respiração e diminui o reflexo de tosse e outros sintomas gripais como o acúmulo de secreções. Desta forma, o cumaru pode aliviar sintomas de asma, bronquite e sinusite, por exemplo. 

O poder anti-inflamatório também ajuda a acelerar a cicatrização e ajudar no tratamento de feridas na boca.

Alivia a dor

Por ser um bom anti-inflamatório, o cumaru pode aliviar vários tipos de dores, incluindo a dor de cabeça e as cólicas menstruais, por exemplo. Além disso, o seu óleo tem propriedades sedativas que ajudam a acalmar e amenizar a dor.

Conhecido por aumentar a libido

Algumas pessoas usam o cumaru para aumentar o desejo sexual devido às suas supostas propriedades afrodisíacas. No entanto, isso não é comprovado cientificamente.

Outros benefícios

Há relatos de que o cumaru pode atuar na redução da retenção de líquidos e do inchaço. Além disso, há quem use a planta para aliviar a náusea e tratar doenças como a tuberculose e a esquistossomose. 

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, essa utilização não é respaldada por pesquisas científicas e você nunca deve substituir um tratamento convencional pelo uso do cumaru.

Como usar o cumaru

cumaru

Tradicionalmente, essa planta é usada topicamente para tratar feridas, mas não se sabe se o seu uso diretamente na pele é seguro. O ideal é que o óleo de cumaru seja diluído e testado antes de aplicar por toda a extensão da pele.

Na indústria, o cumaru é usado em cosméticos por causa do seu aroma proveniente da cumarina, que lembra notas de baunilha e amêndoas. A planta também é encontrada como aromatizante em alguns alimentos como sucos, doces, vitaminas e no tabaco.

Por conter taninos e fitatos em sua composição, é melhor não exagerar no uso oral do cumaru, pois o excesso desses compostos pode prejudicar a absorção de cálcio pelo organismo. 

É possível preparar um chá de cumaru, mas é importante não tomar mais do que 2 ou 3 xícaras por dia. Veja como fazer:

Ingredientes

  Continua Depois da Publicidade  

  • 1 colher de sopa de sementes de cumaru 
  • 250 mL de água

Modo de preparo

Coloque o cumaru e a água em uma panela e leve ao fogo para ferver. Assim que a água começar a ferver, deixe cozinhar por 5 a 10 minutos. Em seguida, desligue o fogo, espere esfriar um pouco e coe antes de tomar. 

Cuidados

Além de reduzir a absorção de cálcio, o cumaru pode ser tóxico se ingerido em grandes quantidades. De fato, a planta pode prejudicar a função do fígado e do sistema nervoso central.

Alguns efeitos colaterais que podem ser observados são a náusea, o vômito, a tontura, a diarreia e a insônia. Por conta disso e devido à falta de estudos que atestem a eficácia e segurança do cumaru, crianças, idosos, pessoas com problemas no fígado e mulheres grávidas ou lactantes devem evitar o seu consumo.

Fontes e referências adicionais

Você já conhecia a fruta cumaru? Pretende consumir mais agora que conhece seus benefícios? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário