Chá de Orégano para Tosse Funciona? Como Fazer?

Especialista:
atualizado em 03/06/2020

Muitas pessoas se surpreendem ao ouvir falar que o chá de orégano para tosse funciona, pois estão habituadas a ver o orégano como tempero de saladas, pizzas, salgados, pães, peixes e etc. Mas saiba que muitas pessoas o utilizam para esse fim. Descubra a seguir se ele realmente funciona e aprenda a fazê-lo.

Para quem já toma a bebida por acreditar que o chá de orégano emagrece, a possibilidade dela ajudar em relação à tosse pode ser um motivo a mais para mantê-la na cozinha de casa. Entretanto, antes precisamos checar se esse chá realmente pode ajudar neste sentido.

Mas será que o chá de orégano para tosse funciona mesmo?

Pode não ser tão incomum ouvir a respeito do uso do chá de orégano para tosse, uma vez que a bebida é utilizada tradicionalmente e popularmente para lidar com alguns problemas de saúde, entre eles a tosse.

Isso foi confirmado pelo MedlinePlus, portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, que relatou que algumas pessoas usam o orégano oralmente para auxiliar o tratamento de problemas do trato respiratório, como é o caso da tosse, e de distúrbios estomacais, entre outras condições.

Acredita-se que as substâncias flavonoides e os compostos fenólicos encontrados na composição da erva aromática possam diminuir a inflamação, o que tornaria o chá de orégano útil para lidar com certos problemas inflamatórios, como é o caso das tosses secas.

No mesmo sentido, o portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos descreveu que o orégano é composto por substâncias químicas que podem contribuir com a diminuição da tosse e dos espasmos.

Entretanto, o MedlinePlus também ressaltou que as evidências disponíveis para avaliar a efetividade da utilização do orégano para a tosse são classificadas com insuficientes. Ou seja, não temos como bater o martelo e determinar com toda a certeza que o chá preparado à base dessa erva aromática realmente funcione como um dos remédios para a tosse.

Quer você decida testar o chá de orégano para lidar com um quadro de tosse, quer resolva fica com os tratamentos mais conservadores, tenha em mente que uma tosse não é um problema que termina em si mesmo – ela é um sintoma, que pode ser sinal de uma série de problemas de saúde, inclusive se algumas condições graves.

Enquanto uma tosse ocasional é considerada normal e até saudável, a tosse que persiste por várias semanas ou traz muco descolorido ou com sangue pode ser indício da existência de um problema de saúde que exige cuidados médicos.

A tosse aguda, que dura menos de três semanas, pode ser causada por resfriado, gripe, pneumonia ou pela inalação de um material irritante; já a tosse crônica, que dura mais de oito semanas para adultos e mais de quatro semanas para crianças, pode ser provocada por alergias, asma, bronquite e doença do refluxo gastroesofágico.

A tosse ainda pode ser sintoma de problemas como sinusite aguda ou crônica, doença pulmonar obstrutiva crônica, engasgo, laringite, crupe (infecção nas vias aéreas superiores), fibrose cística, enfisema, câncer no pulmão, doenças neuromusculares, embolia pulmonar, vírus respiratório sincicial, sarcoidose (células inflamatórias do organismo) e tuberculose, acrescentou a Mayo Clinic.

Portanto, se a sua tosse demorar mais do que o esperado para passar, piorar e/ou vier acompanhada de outros sintomas, procure rapidamente o auxílio médico para verificar o que é que pode estar provocando o sintoma e receber prontamente o tratamento que for necessário.

Como fazer – Receitas de chá de orégano

Chá de orégano seco

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas secas de orégano;
  • 1 xícara de chá de água.

Modo de preparo:

1 – Levar a água em uma panela ao fogo até ferver;

2 – Colocar as folhas secas de orégano em uma xícara e despejar a água fervida por cima. Tampar e deixar abafar por alguns minutos;

3 – Depois que amornar, tomar o chá imediatamente.

Chá de orégano fresco

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de folhas frescas de orégano;
  • 1 xícara de chá de água.

Modo de preparo:

1 – Despejar a água em uma panela e levar ao fogo para ferver;

2 – Enquanto isso, acomodar a as folhas frescas de orégano em uma xícara. Depois que a água tiver fervido, despejá-la na xícara em cima das folhas;

3 – Tampar e deixar descansar ao longo de cinco minuto´s. Então, esperar o chá ficar morninho e servir-se imediatamente.

Cuidados com o chá de orégano

A bebida não é indicada para as gestantes porque existe a preocupação de que quantidades elevadas de orégano possam provocar um aborto. Como não se conhece o suficiente sobre a segurança do orégano em quantias medicinais durante o aleitamento, a recomendação é que as mulheres que amamentam também o evitem.

O orégano pode provocar efeitos colaterais leves como perturbação no estômago e pode causar reação alérgica nas pessoas que sofrem com alergia às plantas da família Lamiaceae, que inclui manjericão, hissopo, lavanda, manjerona, menta e sálvia, além do próprio orégano.

A erva aromática pode aumentar o risco de sangramento nas pessoas que sofrem com distúrbios hemorrágicos. Justamente por conta de poder aumentar o risco de sangramento é que recomenda-se que o uso do alimento seja interrompido pelo menos duas semanas antes da data marcada para uma cirurgia.

Os pacientes com diabetes devem usar o orégano com cautela – a erva pode diminuir os níveis de açúcar no sangue, o que representa um risco de hipoglicemia (queda nas taxas de glicose no sangue), uma vez que eles já costumam seguir um tratamento contra o descontrole da glicemia.

Além disso, a erva aromática pode atrapalhar a habilidade do organismo para absorver minerais como cobre ferro e zinco.

Quem faz uso de algum tipo de medicamento, suplemento ou planta deve consultar o médico antes de usar o chá de orégano para tosse ou qualquer outra finalidade. Isso é necessário para checar se não pode haver uma interação que torne perigoso consumir a bebida ao mesmo tempo em que utiliza a substância em questão.

Referências Adicionais:

Você já sabia se o chá de orégano funciona para tosse? Pretende experimentar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário