Indux Engorda? Para Que Serve, Como Tomar e Efeitos Colaterais

Indux (Citrato de Clomifeno) é um medicamento de uso oral e adulto que pode ser vendido somente com a apresentação da receita médica e que pode ser encontrado em embalagens com 10 comprimidos de 50 mg. As informações são da bula do remédio disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para que serve Indux?

O medicamento é indicado para os casos de infertilidade feminina decorrentes da anovulação, que ocorre quando as pacientes não conseguem ovular. As informações são da bula disponibilizada pela Anvisa.

Será que Indux engorda? 

Para sabermos se Indux engorda, também precisamos consultar a bula do medicamento, não é verdade? Pois bem, de acordo com o documento, o remédio não provoca efeitos colaterais que possam ser diretamente associados com a elevação do peso.

Entretanto, na parte da bula que apresenta as advertências e precauções em relação ao medicamento, tratando especificamente da Síndrome de Hiperestimulação Ovariana (SHEO), o documento aconselha que a paciente procure o seu médico caso sofra com problemas como dor abdominal, aumento de peso, desconforto e/ou aumento do volume abdominal durante ou depois o tratamento com o Indux.

Isso demonstra que existe a possibilidade de que o medicamento provoque a elevação do peso, porém, esse efeito pode estar associado a um problema de saúde. Portanto, nada de parar o tratamento com Indux se perceber que engordou, ok?

Caso verifique que o seu peso aumentou, procure o seu médico para que ele determine o que pode ter causado isso e se a elevação do peso não está associada a alguma doença e, assim, defina como deve ser o tratamento daqui para a frente.

Algumas mulheres relatam que o Indux pode provocar aumento de apetite e acúmulo de líquidos. Essas duas condições provocam o aumento de peso e por isso muitas dizem que Indux engorda. Se você sentir algum aumento de apetite, é importante que isso não seja resolvido com alimentos calóricos, pouco saudáveis. Passe a beber mais água ao longo do dia, escolha alimentos com poucas calorias e pratique exercícios físicos.

Sobre o acúmulo de líquidos, saiba que isso não é gordura e sim um aumento de peso provocado por mais água no seu organismo. Isso provoca o inchaço e aumento de medidas. Beba bastante água e pratique exercícios para combater essa condição.

Efeitos colaterais de Indux 

Agora que já vimos se é verdade que o Indux engorda, vamos conhecer quais efeitos colaterais o medicamento pode provocar, de acordo com informações da bula do remédio disponibilizada pela Anvisa:

  • Síndrome de Hiperestimulação Ovariana (SHEO);
  • Sintomas visuais como visão borrada e pontos ou flashes (escotoma cintilante);
  • Hipertrigliceridemia – elevação dos níveis de triglicerídeos;
  • Aumento das chances de ter uma gravidez ectópica (gestação que acontece fora da cavidade do útero), incluindo a tubária e a ovariana;
  • Aumento do tamanho dos ovários;
  • Flushes (rubores) vasomotores;
  • Desconforto abdominal;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Dor de cabeça;
  • Sangramento uterino anormal;
  • Dor ao urinar;
  • Catarata;
  • Neurite óptica – que é a inflamação no nervo óptico, de acordo com informações do Instituto de Oftalmologia do Rio de Janeiro (IORJ);
  • Convulsão;
  • Parestesia (sensações cutâneas como formigamento, pressão, frio ou queimação, segundo informações do site Copacabana Runners);
  • Tontura;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Distúrbios de humor;
  • Nervosismo;
  • Insônia;
  • Dermatites;
  • Urticária;
  • Alopecia (queda de cabelo);
  • Taquicardia;
  • Palpitações;
  • Pancreatite;
  • Aumento das transaminases (enzimas que ficam normalmente contidas no fígado, informou o site Hepato);
  • Diminuição da espessura endometrial;
  • Ocorrência ou agravamento de neoplasias/tumores endócrino-dependentes (relatos isolados);
  • Ocorrência de endometriose ou exacerbação de endometriose preexistente;
  • Gravidez múltipla, inclusive intrauterina e extrauterina simultânea;
  • Interferência na síntese do colesterol nos casos em que o medicamento é administrado por períodos prolongados;
  • Níveis elevados de desmosterol (precursor) do colesterol no sangue, em casos de pacientes em tratamento de longo prazo.

Ao experimentar qualquer uma dessas ou outras reações adversas durante o tratamento com o medicamento, procure imediatamente a ajuda do médico para saber como deve proceder.

Contraindicações e cuidados com Indux 

O remédio não deve ser utilizado por pessoas que sofrem com alergia ao citrato de clomifeno ou a qualquer outro componente de sua fórmula. Ele também não pode ser usado por mulheres gestantes ou que possam engravidar durante o período do tratamento.

Indux também está contraindicado a pacientes que tenham doença no fígado, histórico de disfunção hepática, tumores hormônio-dependentes, metrorragia anormal (sangramento no útero) de origem não determinada ou cisto no ovário, com exceção do ovário policístico.

Antes do início do ciclo do tratamento com o remédio, a mulher deve fazer testes para saber se não está grávida e se não ocorreu a ovulação. Se engravidar durante o tratamento, a paciente deve suspender o uso do medicamento e informar imediatamente o médico. Ela também precisa informar o médico caso estiver amamentando.

O uso do remédio exige cuidado em mulheres com miomas uterinos porque ele pode provocar um aumento adicional dos miomas. Indica-se ainda o monitoramento periódico dos níveis de triglicerídeos em pacientes com histórico familiar ou preexistente de hiperlipidemia ou que estejam fazendo uso de doses maiores que as recomendadas e/ou tenham um tratamento com duração maior.

Além disso, atividades como dirigir veículos ou operar máquinas podem ser perigosas para a paciente que toma Indux, principalmente em condições em que há má iluminação.

Outra recomendação importante é que a paciente informe ao médico a respeito de qualquer outro medicamento ou suplemento que esteja utilizando, especialmente se tratar-se de remédios que atuem na síntese do colesterol. Isso serve para que o profissional verifique se não existem riscos de interação entre Indux e a substância em questão.

Como tomar Indux 

Antes de tudo é fundamental saber que o uso de Indux só deve ocorrer quando houver a indicação do médico. É o profissional quem deve definir a dosagem, a duração do tratamento e os horários em que ele deve ser ingerido.

Desobedecer essas indicações ou tomar o medicamento por conta própria é perigoso para a saúde da paciente.

A bula de Indux relata que o tratamento com o remédio consiste em três ciclos, que podem ser contínuos ou alternados, de acordo com o critério do médico. O documento também informa que a dosagem recomendada para o primeiro ciclo é de 50 mg por dia durante cinco dias e que o médico pode determinar o aumento da posologia para os próximos ciclos. No entanto, a bula determina que esse aumento não ultrapasse a dose de 100 g e a duração de cinco dias.

O documenta ainda afirma que deve haver cuidados especiais com doses baixas ou com a duração do ciclo do tratamento para pacientes com suspeita de sensibilidade pouco comum à gonadotrofina pituitária, que pode acontecer, por exemplo, em casos de pacientes com síndrome do ovário policístico.

Você conhece alguém que tenha tomado e afirme que o Indux engorda? Tem receio de utilizar esse medicamento por conta dos efeitos colaterais? comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 3,83 de 5)
Loading...

2 comentários em “Indux Engorda? Para Que Serve, Como Tomar e Efeitos Colaterais”

Deixe um comentário