Pão de Milho Engorda? Calorias e Análise

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

O pão de milho é uma receita que, além da farinha de trigo, leva a farinha de milho ou fubá ou polenta em sua composição. Quando pensamos nele bem quentinho, saindo do forno, o quitute tem a cara de café da manhã ou lanchinho da tarde na casa da avó, não é mesmo?

Mas será que, para quem deseja manter a boa forma e/ou emagrecer, dá para comer sem maiores preocupações, ou o pão de milho engorda? Ele exige cuidados para quem não deseja ganhar alguns quilos a mais?

Será que o pão de milho engorda? 

Para entendermos se o pão de milho engorda ou não, vamos começar dando uma olhada nas calorias que diferentes porções do alimento podem carregar.

Antes de conhecermos os dados, só precisamos relembrar que o eles servem para nos dar uma noção do valor calórico do pão de milho, já que os números podem variar de receita para receita, de acordo com os ingredientes e suas proporções.

Um pão de milho de receita caseira carrega 183 calorias a cada porção de 65 g e 282 calorias a cada porção de 100 g.

Para termos uma ideia das calorias de um pão de milho industrializado, vamos tomar como exemplo  o produto da marca Prezunic. Duas fatias de um total de 50 g apresentam 130 calorias, o que nos leva a concluir que uma porção de 100 g do produto apresenta 260 calorias.

Em comparação com outros tipos de pães

Como acabamos de ver, o pão de milho, seja ele caseiro, seja ele industrializado, não apresenta um número baixo de calorias – afinal, são mais de 100 calorias em porções a partir de 50 g. Para quem deseja emagrecer, isso exige cuidado porque o excesso pode provocar um acúmulo de calorias no corpo.

Mas será que esse tipo de pão é mais ou menos calórico do que outros que estamos acostumados a comer, como o pão francês e o pão de forma integral?

Pois bem, uma unidade de 50 g de pão francês carrega 140 calorias, enquanto duas fatias de pão de forma integral, totalizando 50 g, possuem 122 calorias.

Analisando os números, podemos perceber que as diferenças não são tão grandes assim, não é mesmo? Portanto, para quem segue uma dieta que permite o consumo de pão de forma integral ou pão francês, colocar o pão de milho no lugar deles de vez em quando pode ser uma alternativa para variar a dieta.

Se for esse o seu caso, converse com o seu nutricionista a respeito e veja se ele concorda que o pão de milho emagrece ou não, e o que pensa sobre a possibilidade de inseri-lo na sua dieta.

Os carboidratos

Existem pessoas que recorrem a uma dieta com restrição de carboidratos com o objetivo de emagrecer. Para elas, vale a pena saber a quantidade do nutriente que diferentes porções do pão de milho apresentam.

Pois bem, uma porção de 65 g de pão de milho de receita caseira contém 27,5 g de carboidratos, ao mesmo tempo em que 100 g do alimento carregam 42,3 g do nutriente. Já o pão de milho industrializado da marca Prezunic possui 23 g de carboidratos a cada duas fatias de um peso total de 50 g e 46 g do nutriente a cada porção de 100 g.

Com base nessas informações, podemos concluir que o teor de carboidrato do pão de milho não é baixo, o que pode inviabilizar a sua presença em uma dieta com restrição do nutriente. No entanto, vale deixar um alerta que os carboidratos são nutrientes importantes para o organismo, já que fornecem energia para o funcionamento do corpo que não devem ficar fora da dieta sem que haja a orientação médica.

Assim, também vale a pena conversar com o médico e o nutricionista para encontrar uma maneira de incluir os carboidratos de maneira saudável e equilibrada na dieta, sem cometer exageros, mas também sem causar prejuízos para a saúde do organismo.

Outros nutrientes do pão de milho 

O pão de milho não perde a sua casca durante o processo de preparação e, por isso, serve como fonte de nutrientes como fósforo, ferro, potássio, zinco e vitaminas do complexo B.

O alimento também contém fibras – 2,15 g a cada porção de 50 g – e proteínas – 4,15 g a cada porção de 50 g.

Isso caracteriza uma vantagem em relação a outros alimentos ricos em carboidratos, como biscoitos salgados ou doces e bolos que não fornecem esses nutrientes ao organismo. Assim, para quem não consegue ficar sem comer algo com carboidratos no café da manhã ou lanchinho da tarde, o pão de milho mostra-se mais benéfico do que as outras fontes de carboidratos que são pobres nesses nutrientes que o alimento apresenta.

É preciso ter em mente que, em uma dieta para emagrecer, além de nos preocuparmos com a perda de peso, precisamos nos importar com a saúde, incluindo alimentos que ofereçam os nutrientes que o nosso organismo requer para funcionar corretamente e deixando de lado aquelas que não oferecem muita vantagem nutricional e somente estimulam o acúmulo de calorias e gorduras.

Considerações 

Afirmar se o pão de milho engorda ou não é algo que pode variar conforme a maneira pela qual cada pessoa consome o alimento. Como já explicamos aqui, é claro que devido ao fato dele não ser pobre em calorias, a sua ingestão em excesso pode sim causar o excesso de peso.

Entretanto, isso não significa que para emagrecer ou manter a boa forma é fundamental excluí-lo da dieta. Precisamos ter em mente que o fato de estar mais gordo ou mais magro não tem a ver com uma comida em especial, mas com todo o contexto de uma dieta e todo o estilo de vida de uma pessoa.

Assim, para quem deseja manter a boa forma, é importante buscar seguir uma alimentação saudável, controlada, equilibrada e nutritiva, sem abusar das comidas calóricas e pobres em nutrientes como guloseimas e junk food.

Com uma dieta equilibrada, é possível incluir alimentos como o pão de milho, ainda que de maneira moderada, e conseguir emagrecer. No entanto, como a dieta ideal varia de pessoa para pessoa conforme fatores como saúde, metabolismo e estilo de vida, por exemplo, o ideal é que o programa alimentar seja definido por um nutricionista.

Vídeo:

E aí, gostou das dicas?

Você imaginava que o consumo em excesso de pão de milho engorda? Tem costuma de consumi-lo com frequência em sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário