Home » Suplementos » Teobromina: O Que é, Para Que Serve, Efeitos e Alimentos Ricos

Teobromina: O Que é, Para Que Serve, Efeitos e Alimentos Ricos

Cacau e chocolate

Você conhece a teobromina? Sabe o que é essa substância? Ela é encontrada de maneira concentrada no cacau. Há 25 gramas dela cada quilo do fruto, e consequentemente no chocolate. Em um quilo de chocolate preto existem dez gramas de teobromina. A substância, que tem um gosto amargo, é responsável pela presença desse sabor no chocolate preto.

  Continua Depois da Publicidade  

O chocolate branco também contém teobromina em sua composição, porém em menores quantidades. Há de duas a cinco gramas em cada quilo.

Dentre os benefícios da teobromina estão a diminuição da pressão arterial, devido ao fato da substância poder dilatar os vasos sanguíneos, e o relaxamento dos brônquios nos pulmões. Também entra nessa lista o uso de medicamentos para tosse, informação que foi publicada em 2005, por meio de uma pesquisa realizada em 2005 pela Universidade Imperial de Londres.

Além disso, há estudos que indicam que a substância age no chamado “nervo vago”, o décimo par de nervos cranianos, que corre dos pulmões ao cérebro.

Apesar de ter propriedades similares ao café, a teobromina, diferente dele, não afeta o sistema nervoso central.

  Continua Depois da Publicidade  

Efeitos

Um dos efeitos relacionados à presença de teobromina no chocolate é a sensação revigorante que ele traz. Ela também possui efeito diurético, que é útil para reduzir os níveis de água no corpo, perder peso e diminuir o inchaço. A substância ainda possui os efeitos estimulante e relaxante.

Recentemente, um estudo da Unilever Research & Development Vlaardingen chegou à conclusão de que os impactos benéficos do cacau em relação ao bom colesterol (HDL) são ligados à quantidade de teobromina presente no fruto e não aos flavonóides.

Os pesquisadores entenderam com o estudo que uma ingestão diária de 850 miligramas da substância aumenta em 0,16 mmol/L a concentração do colesterol bom (HDL). Eles também definiram com a pesquisa que a teobromina é o maior componente do cacau responsável por beneficiar o efeito de crescimento do HDL.

O estudo

Durante a realização desse estudo, os pesquisadores recrutaram 152 homens e mulheres saudáveis para participar dos testes. Eles consumiram diariamente 200 mililitros de uma bebida durante quatro semanas. Essa bebida poderia conter cacau, com 150 miligramas de teobromina e 325 miligramas de flavonóides, teobromina pura na quantidade de 850 gramas, cacau mais uma quantia de teobromina adicionada, com mil miligramas da substância e 325 miligramas de flavonóides ou um placebo sem teobromina ou flavonóides.

Os resultados da pesquisa mostraram então uma significativa diferença no efeito da bebida pura contendo teobromina e aquela que continha cacau. A primeira foi a que revelou o resultado de aumento de 0,16 mmol/L no colesterol bom (HDL) em detrimento de nenhum efeito na segunda bebida.

Alimentos ricos em teobromina

Além do cacau e do chocolate, existem outros alimentos ricos na substância. Alguns exemplos deles são a noz-de-cola e o chá, onde pode haver 400 miligramas em cada 200 calorias. O guaraná também possui teobromina em sua composição, são cerca de 200 a 400 miligramas.

  Continua Depois da Publicidade  

Até em pratos conhecidos por não serem tão saudáveis como o pudim, é possível encontrar algumas quantidades da substância. No pudim de chocolate existe de 266 a 327 miligramas de teobromina em cada 200 calorias.

Em uma calda de chocolate preparada com mistura de baixa caloria, a quantidade de chocolate é de 273 miligramas em 200 calorias. Já em biscoitos do tipo cookies, esse número é de 183 miligramas na mesma quantia de calorias.

Uma bebida de chocolate feita em casa com cacau esquentado apresenta 177 miligramas nessa porção de calorias. Os frozen yogurts de chocolate têm em sua composição 167 miligramas em uma porção de 200 calorias. Por sua vez, um bolo de chocolate pode alcançar um pouco menos: 166 miligramas.

  Continua Depois da Publicidade  

Uma bebida feita com café da manhã instantâneo em pó e chocolate possui 162 miligramas de teobromina em 200 calorias. É a mesma quantidade que uma mistura feita a partir de cacau em pó consegue apresentar. Já uma mistura de cacau em pó preparada com água tem um pouco menos: 160 miligramas.

150 miligramas é a quantidade que os cookies preparados com graham crackers, bolachas tipicamente americanas com um leve sabor de canela e revestidos de chocolate, possuem da teobromina. Uma calda de chocolate produzida com leite integral possui 142 miligramas em 200 calorias. A calda do mesmo sabor que esteja mais cremosa tem um pouco menos: 141 miligramas.

Doces preparados à base de chocolate preto coberto com grãos de café oferecem 136 miligramas de teobromina na porção com 200 calorias. A mesma quantidade que uma calda de chocolate tradicional.

É notável que alguns alimentos conhecidos como engordativos e feitos à base de chocolate aparecem na lista. Entretanto, antes de sair comendo-os, você sabe que é necessário conhecer os outros elementos que compõem esse alimento e certificar-se de que eles não são prejudiciais à saúde.

Para que serve a teobromina?

A teobromina quando foi descoberta, no final do século 19, foi usada na medicina em tratamentos contra edema, que corresponde ao acúmulo excessivo de líquido em partes do corpo e ataques de angina, que acontece quando há interrupção parcial da irrigação de sangue no coração, nos tipos sifilítico e degenerativo.

Atualmente, a medicina utiliza a substância como vasodilator, ou seja, alargador do vaso sanguíneo, estimulante do coração e como auxílio para a eliminação de urina. A substância também é aproveitada na prevenção do câncer.

Contraindicações

Em seres humanos, a teobromina pode não causar efeitos tóxicos, porém é perigoso que a substância seja ingerida por animais. Ela é tóxica para bichinhos domésticos como cães e também pode ser prejudicial aos cavalos.

Isso acontece porque os animais podem metabolizar mais lentamente, o que faz com que haja risco de envenenamento, seguido de ataque epiléticos e até a morte. Outras complicações possíveis são os problemas digestivos, desidratação, excitabilidade e taxa lenta de batimentos do coração.

Você já conhecia as propriedades e benefícios da teobromina? Quais alimentos ricos na substância que você mais gosta? Algum deles se encaixa na sua dieta? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

5 comentários

  1. Alguém já fez o uso da noz de cola para aumento de vitalidade e melhora da libido? Quais os resultados??

  2. Oi bom dia! Esses benefícios estão corretos mesmo?
    Pq tenho tomado duas colheres de chá de chocolate em pó solúvel 50% cacau da marca “garoto” diluido em 200ml de leite e tem me dado um ataque de pânico e ansiedade logo quando acabo de beber. O coração acelera.. achei que ia infartar.. Nem vou tomar mais pq a sensação é horrível

  3. Eu sempre que como bombom garoto o meu coração dispara pença numa coisa ruim até penso que vou ter um infarto eu tenho que tomar água de um limão misturado com água é como melhor—espero ter ajudado

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*