Óleo de menta

15 Benefícios do Óleo de Menta – Para Que Serve e Dicas

O óleo de menta é extraído comumente da hortelã pimenta, uma espécie híbrida que dá origem ao que pode ser o óleo essencial mais versátil do mundo. Ele tem aroma agradável e serve para uma abundância de usos orais e tópicos.

Clinicamente, o óleo de menta é recomendado por suas propriedades antimicrobianas, por seu efeito relaxante sobre o revestimento gástrico e do cólon e pela sua capacidade de reduzir os espasmos musculares.

O uso do óleo de menta é documentado desde a Antiguidade e resquícios já foram encontrados em várias pirâmides egípcias.

Propriedades e benefícios do óleo de menta

Os benefícios do óleo de menta incluem sua capacidade para tratar a indigestão, problemas respiratórios, dores de cabeça, náuseas, febre, espasmos do estômago e intestino, bem como para o alívio da dor.

Devido à presença do mentol entre outros princípios ativos, o óleo também é amplamente usado na fabricação de sabão, shampoo, cigarros, creme dental, goma de mascar, chá e sorvete.

Ao contrário de muitas outras ervas e óleos essenciais, os inúmeros benefícios do óleo de menta à saúde já foram estudados e comprovados pela comunidade científica. Por isso, ele também é vendido sob a forma de cápsulas e comprimidos, e é prescrito por médicos tanto da medicina alternativa quanto da moderna.

O óleo de menta também pode ser utilizado como agente aromatizante e pouquíssimas pessoas não gostam do seu aroma ou sabor.

Entre os minerais e nutrientes presentes no óleo de menta podemos citar o manganês, ferro, magnésio, cálcio, ácido fólico, potássio e cobre. Ele também contém ácidos graxos, vitamina A e vitamina C. 

Para que serve o óleo de menta 

O óleo de menta é comumente utilizado como aromatizante em alimentos e bebidas, como fragrância em cosméticos e também para uma variedade de condições de saúde, podendo ser tomado via oral em suplementos dietéticos ou usado topicamente na forma de creme ou pomada.

Quando usados como o indicado, suplementos dietéticos e preparações para a pele contendo óleo de menta são seguros para a maioria dos adultos.

Os suplementos dietéticos que levam óleo de menta são indicados para as seguintes condições:

  • Síndrome do intestino irritável;
  • Indigestão;
  • Azia;
  • Náusea;
  • Vômitos;
  • Enjoo matinal;
  • Cólicas gastrointestinais;
  • Diarreia;
  • Gases;
  • Resfriados;
  • Tosses;
  • Inflamações da boca e garganta;
  • Infecções respiratórias;
  • Problemas menstruais;
  • Problemas de fígado e da vesícula biliar;
  • Dor de cabeça;
  • Dor muscular;
  • Dor de dente;
  • Coceira;
  • Erupção alérgica;
  • Para repelir mosquitos.

15 Benefícios do óleo de menta para a saúde

1. Alívio para problemas do intestino e estômago

O óleo de menta é uma alternativa segura e eficaz para medicamentos como o Buscopan para reduzir espasmos do cólon. Ele alivia a dor abdominal, relaxando os músculos do intestino e permitindo a passagem dos gases.

Pesquisas mostraram que há benefícios do óleo de menta na melhora dos sintomas da síndrome do intestino irritável, ajudando a reduzi-los em mais da metade dos pacientes analisados.

O mentol, princípio ativo da hortelã, é duas vezes mais potente na forma de óleo essencial, por isso atua com mais eficiência na diminuição dos espasmos nos músculos do intestino e do estômago.

O óleo de menta também proporciona alívio para a indigestão e dores de estômago.

Dica: Adicione uma gota de óleo de menta na água e tome antes das refeições.

2. Benéfico no tratamento de infecções por herpes

Pesquisas mostraram benefícios do óleo de menta superiores aos medicamentos tradicionais usados para amenizar os efeitos do vírus do herpes, quando aplicado topicamente.

Devido à sua natureza lipofílica, o óleo de menta é capaz de passar através da pele, tornando-o um tratamento ideal contra infecção recorrente por herpes. Ele também melhora a dor induzida pela doença.

3. Alívio de dores em geral

O óleo essencial de menta é um analgésico natural e um relaxante muscular muito eficaz. Ele é especialmente útil para acalmar dores provocadas por tensão, como nas costas, músculos e cabeça.

Um estudo mostrou que há benefícios do óleo de menta aplicado topicamente para o alívio da dor associada à fibromialgia e da síndrome miofascial.

O óleo pode ser aplicado através de massagem, adicionado à água do banho ou ainda inalado para reduzir diferentes tipos de dor.

4. Ajuda na saúde das vias respiratórias

O óleo de menta tem a capacidade de abrir as vias respiratórias e agir como expectorante e descongestionante. Ele pode ser usado no vaporizador caseiro ou ainda ser misturado com óleo de coco e óleo essencial de eucalipto para fazer massagem nas têmporas e no peito para ajudar a reduzir os sintomas da asma, tosse, sinusite e da bronquite.

Desta mesma forma, ele também pode dissolver o catarro no trato respiratório e fornecer benefícios aos portadores de tuberculose. Pesquisadores descobriram que, quando inalado, o óleo pode ajudar a diminuir a inflamação induzida por tuberculose e prevenir o agravamento da doença.

O óleo de menta contém ácido rosmarínico, um composto fenólico que pode ajudar a reduzir as substâncias causadoras da asma. 

5. Conforto para problemas do sistema nervoso e o estresse

Devido aos seus efeitos energizantes, há benefícios do óleo de menta para tratar o estresse, distúrbios do sistema nervoso e fadiga mental. Estudos sugerem que o óleo essencial pode ter um efeito semelhante aos psicoestimulantes fabricados em laboratório.

6. Benéfico para a saúde da boca e dos dentes

De acordo com estudos, o óleo de menta tem um desempenho melhor do que a clorexidina e outros antissépticos bucais na redução das cáries e do mau hálito.

Ele também é um ótimo remédio natural para aliviar a dor associada à dentição em crianças. Basta misturar uma porção de óleo de menta com a mesma quantidade de óleo de coco e esfregar sobre as áreas onde a gengiva do bebê está irritada.

Dica: Para refrescar o hálito, coloque uma gota do óleo de menta debaixo da língua, ou misture-o ao creme dental.

7. Auxilia no crescimento dos cabelos

Óleo de menta é usado em muitos produtos de alta qualidade para o cuidado dos cabelos. Ele tem propriedades que engrossam e nutrem naturalmente os cabelos danificados.

Por ser um poderoso antisséptico, o óleo também pode ajudar a remover a caspa e tratar a infestação por piolhos.

Experimente adicionar duas ou três gotas de óleo de menta no seu shampoo e no creme de massagem para melhorar a aparência do cabelo frisado, estimular o couro cabeludo e contribuir para o crescimento dos cabelos.

8. Para melhorar a saúde da pele

Aplicar óleo de menta pode ajudar na secreção da oleosidade natural da pele, evitando a incidência de acne. Ele também é um ingrediente comum nos hidratantes de lábios porque pode curar rachaduras nos lábios ressecados.

Há benefícios do óleo de menta sobre a inflamação da pele, com efeito calmante, e ainda na melhora do eczema e da psoríase, quando aplicado topicamente. Ele também hidrata a pele e aliviar a dor de queimaduras solares.

9. É um energizante natural

Inalar vapores de menta é uma alternativa não tóxica a bebidas energéticas perigosas. Ele pode ser usado antes de viagens longas, para estudar, ou em qualquer outro momento que você precise permanecer alerta por um longo tempo.

Para aqueles com síndrome da fadiga crônica, o óleo de menta pode melhorar o foco e a concentração. 

10. Ajuda a controlar os sintomas de alergias respiratórias e cutâneas

O óleo de menta é altamente eficaz em relaxar os músculos das vias nasais e pode ajudar a limpar a poluição e o pólen presentes no ar em certas épocas do ano.

Respirar uma infusão de menta, juntamente com óleo de cravo e óleo de eucalipto, também pode reduzir os sintomas de alergias respiratórias.

Por ser um poderoso antisséptico, aplicar um pouco de óleo de menta misturado com óleo de lavanda serve para esfriar e acalmar qualquer coceira vinda de erupções cutâneas alérgicas. 

11. Ajuda na redução da febre

Devido ao efeito de resfriamento, o óleo de menta é um excelente tratamento natural para diminuir a febre, especialmente em crianças.

Basta misturar o óleo de menta com óleo de coco e esfregá-lo no pescoço e na planta dos pés para ajudar a estabilizar a febre. Esta massagem pode substituir o uso de aspirina ou outras drogas antitérmicas.

12. É um repelente natural de insetos

Os carrapatos não são os únicos animais que odeiam o óleo de menta. Na verdade, formigas, aranhas, baratas, mosquitos, ratos e até mesmo piolhos podem ser repelidos com o seu uso.

Para afastar formigas, por exemplo, deixe algumas bolas de algodões embebidos no óleo nas áreas infestadas.

Para aranhas, coloque algumas gotas de óleo essencial de menta em um frasco de spray com água e pulverize a mistura em torno de portas e janelas, em torno do gramado, do jardim e em qualquer superfície onde as aranhas se escondem.

Além de ter um aroma agradável, esta mistura não é tóxica e é segura para uso em locais com crianças e animais de estimação. 

Dica: Para aliviar a coceira causada por picadas de insetos, use uma combinação de óleo essencial de menta e óleo essencial de lavanda no local e a coceira passa imediatamente.

13. Atua no alívio das cólicas em bebês

Pesquisas médicas descobriram que massagens com óleo de menta no abdômen são tão eficazes quanto à ingestão da droga Simeticona para o tratamento de cólica infantil, além de não apresentar os efeitos colaterais dos medicamentos prescritos. 

14. Reduz as náuseas após a quimioterapia

Estudos recentes descobriram que há benefícios do óleo de menta para reduzir as náuseas que seguem o tratamento de quimioterapia, de forma ainda melhor do que os medicamentos comerciais. Para obter este benefício, basta adicionar uma gota de óleo de menta na água de tomar, ou esfregar uma ou duas gotas atrás das orelhas, ou mesmo colocá-lo em um difusor no quarto do paciente.

15. Pode diminuir a fome

Certos aromas, incluindo o óleo de menta, podem ajudar a controlar o apetite e a fome porque desencadeiam uma sensação de saciedade.

Um estudo de 2008 realizado pela Universidade Jesuíta Wheeling, avaliou o nível de fome dos participantes após a inalação de óleo de menta a cada 2 horas durante cinco dias. Os participantes que inalaram o óleo de menta sentiram menos fome e menos desejo de comer do que aqueles que não usam o óleo. 

Possíveis efeitos colaterais causados pelo óleo de menta

Na maioria dos adultos, as pequenas doses de óleo de menta contidas nos suplementos e preparações para a pele parecem ser seguros.

Alguns efeitos colaterais já relatados após o uso do óleo foram azia, rubor na pele, dor de cabeça e irritação na boca.

Embora as cápsulas revestidas de óleo de menta reduzam o risco de azia, o revestimento protetor pode romper quando tomado junto com outros medicamentos que diminuem o ácido do estômago e que são muitas vezes usados para a azia ou refluxo ácido. Uma condição do estômago chamado acloridria, onde o estômago não produz ácido clorídrico, também pode acelerar a ruptura do revestimento e pessoas com a doença não são aconselhadas a usar o óleo de menta.

Mulheres grávidas, lactantes e crianças menores de sete anos não devem utilizar o óleo de menta não diluído devido à toxicidade do produto.

Um estudo afirma que o uso de óleo de menta pode baixar o nível de açúcar no sangue, o que vale como alerta para os diabéticos.

Pessoas com refluxo gastresofágico, hérnia hiatal e aquelas com problemas de vesícula devem consultar um médico antes de usar o óleo de menta. 

Como fazer óleo de menta caseiro

Existem várias maneiras de fazer o seu próprio óleo de menta em casa. Veja esta receita:

Ingredientes:

  • Folhas de frescas de hortelã;
  • Um frasco de vidro com tampa;
  • Meio transportador para infundir o óleo, no caso, azeite de oliva extra virgem.

Procedimento:

  1. Lave as folhas de hortelã e corte ou esmague-as para liberar seu óleo natural.
  2. Coloque as folhas em um frasco e despeje o azeite.
  3. Certifique-se que o azeite cubra as folhas completamente. Feche o frasco firmemente e espere 24 horas sem abri-lo.
  4. Abra o frasco, coe o óleo e adicione mais folhas de hortelã picadas e mais azeite e feche novamente.
  5. Repita este processo por cinco dias.
  6. Coe bem e despeje o óleo pronto em outro recipiente e armazene-o em local fresco.

Você já conhecia todos esses benefícios do óleo de menta para a sua saúde? Agora que sabe para que serve e descobriu suas propriedades, irá adicioná-lo ao seu dia a dia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (53 votos, média: 4,34 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

27 comentários

  1. Adorei conhecer os benefícios do óleo de menta. Obrigada. Agora vai fazer parte do meu cotidiano!

  2. Simplesmente maravilhoso! Agradeço.Com certeza fará parte do meu dia a dia!

  3. Muito esse bom, gostei,serve como lubrificante?

  4. É verdade tudo que se diz respeito à este oléo pois uso com frequência atualmente e me ajudou muito para acabar com uma sinusite crônica de anos que não melhorava nunca nem com remédios caríssimos! Uso diarimanente tanto na água como passando nas áreas indicadas ao combate de doenças respiratórias. Um santo remédio.

  5. Beatriz Carolina Mó

    Já faço uso, principalmente para clarear a memória.

  6. Me indicaram para uma sinusite crônica e melhorei!

  7. gente use muito bom pra gazes o intestino funciona mesmo

  8. Marco Túlio Rizzari Paganini

    Ja uso a anos e não sabia a variedade dos benefícios citados.

  9. Nildiane Pereira Azevedo

    Com certeza, e outros óleos essenciais tbm. Infelizmente não temos tanta facilidade em encontrar muitos óleos.

  10. Tenho sinusite crônica, alguém poderia me dar dicas de como usar para melhorar.

  11. Alguém que tem SII já utilizou para diarreia??? funciona??

  12. ALEXANDRE MARTON PIMENTA SANTOS

    Olá oléo de menta (verde) e óleo essencial de menta transparente tem a mesmas finalidades? Se sim qual seria melhor , mais puro

    • Olá Alexandre; Quanto as finalidades provavelmente sim ambos são utilizados para as mesmas, no entanto existe sim diferenças e o que percebi comprando de vários fornecedores que alguns não são tão eficientes quanto a outros, parece qua são “diluídos” e claro mais “fracos” . O melhor que consegui é homologado pela AHPIGEL (Associação de produtores) e comprei no site dr.naturalle e é o óleo de menta de piperita a ação do óleo é surreal!

  13. Nossa achei maravilhoso…nao sabia o quando era bom. Amei

  14. Eu comecei a fazer uso .pra tosse irritação na garganta pingo 2 gotinhas direto na garganta para na hora maravilhoso.

    • Oi Niria, qual voce utiliza é de menta de piperita?
      Estou perguntando porque estirpei minha sinusite com este e não é qualquer um que consegue fazer uso direto no nariz ou garganta, pois é muito forte; Pra você ter uma idéia eu uso pra destravar minha coluna, a dor é tirada “com a mão”.

  15. Jacira dos Reis Silva

    Oi! O óleo de menta peperita é bom pra dor na coluna e ciático! Pois não consigo dormir por causa dessas dores, são forte

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*