5 alimentos perigosos para próstata aumentada

Especialista da área:
atualizado em 15/01/2021

Veja quais são os alimentos perigosos para próstata aumentada e passe longe deles se estiver sofrendo com o problema neste órgão masculino.

Embora muitos homens sofram apenas com a ideia de fazer o temido exame de próstata, eles sabem que precisam cuidar da saúde do órgão e manter as consultas médicas regulares, já que com o passar dos anos a próstata pode apresentar certos problemas.

  Continua Depois da Publicidade  

Um deles é a próstata aumentada ou a hiperplasia prostática benigna, que pode provocar sintomas como necessidade frequente ou urgente para urinar, noctúria (aumento da frequência urinária durante a noite) e dificuldade para iniciar a urina.

Além disso, a doença traz outros sinais como fluxo urinário fraco ou fluxo urinário interrompido após ter começado, gotejamento ao término da urina e incapacidade de esvaziar a bexiga por completo.

A condição ainda pode envolver sintomas menos comuns como inabilidade de urinar, sangue na urina e infecção do trato urinário. A severidade dos sinais varia, entretanto, os sintomas tendem a piorar gradualmente com o passar do tempo.

Causas, complicações e o que fazer

Embora não esteja exatamente claro qual é a causa da próstata aumentada, acredita-se que a condição possa surgir devido a mudanças no equilíbrio dos hormônios sexuais. Tais alterações ocorrem conforme os homens envelhecem.

Não é à toa que o avanço da idade é um dos fatores de risco para a doença. Os outros fatores de risco são histórico familiar, diabetes, doença no coração e estilo de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, a obesidade aumenta as chances de desenvolver a condição, ao passo que a prática de exercícios pode diminuir esses riscos.

A próstata aumentada pode resultar em complicações como: retenção urinária, cálculo (pedra) na bexiga, dano na bexiga e dano nos rins. Por outro lado, acredita-se que condição não aumente os riscos de desenvolver câncer de próstata.

Uma vez que receber o diagnóstico da doença, o paciente precisa seguir as recomendações de tratamento que o médico passar.

Ele também deve cuidar da alimentação, pois há comidas e bebidas péssimas para quem sofre com a condição ou possui histórico da doença na família e tem receio de desenvolvê-la. Vamos então conhecer na lista a seguir os alimentos perigosos para próstata aumentada:

1. Carne vermelha

Carne vermelha

A rainha dos churrascos de família ou entre amigos não é nada amiga dos homens que têm risco de desenvolver a próstata aumentada. Isso porque estudos sugeriram que aqueles que ingerem o alimento diariamente podem apresentar até três vezes mais riscos de ter a próstata aumentada.

Por isso, recomenda-se diminuir a quantidade de carne vermelha na dieta, assim como a frequência de ingestão do alimento, para ajudar a saúde da próstata. Dá para substituir a carne vermelha pelas carnes de peixe, frango ou peru ou por fontes vegetais de proteínas.

  Continua Depois da Publicidade  

Para quem resolver abandonar de vez as fontes animais de proteínas, será preciso passar a consumir uma variedade de proteínas vegetais completas, já que a maioria das fontes vegetais de proteína são proteínas incompletas.

2. Produtos laticínios

Assim como a carne vermelha, os produtos laticínios são alimentos perigosos para próstata aumentada porque têm uma relação com crescimento da inflamação do corpo e do órgão.

Para quem gosta de leite, existe a alternativa dos leites vegetais. Em alguns casos, eles recebem o acréscimo de cálcio, o mineral pelo qual o leite de vaca é bem famoso.

Além disso, existem diversos outros alimentos ricos em cálcio que se pode consumir para compensar a ausência ou redução do consumo do leite e de outros produtos laticínios.

3. Bebidas alcoólicas

A lista inclui cerveja, vinho, vodka, uísque, cachaça ou qualquer outro tipo de bebida alcoólica. Isso porque as bebidas alcoólicas enviam um sinal para o cérebro liberar um hormônio que faz com que a pessoa urine mais.

Para os homens que já têm algum problema relacionado aos sintomas da próstata aumentada, a ingestão de bebidas alcoólicas pode piorar a qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Isso porque a necessidade frequente ou urgente de urinar e o aumento da frequência urinária durante a noite já fazem parte da lista dos sintomas da hiperplasia prostática benigna.

Como se não bastasse, a condição comprime os ureteres – que transportam a urina dos rins para a bexiga – e prejudica o esvaziamento da bexiga.

Portanto, ao consumir bebidas alcoólicas, o paciente que sofre com esses sintomas vai ter ainda mais vontade de fazer xixi, mas poderá não conseguir liberar toda essa urina, o que resultará em uma sensação bem desagradável.

4. Sal (sódio)

Sal

O sal é um dos principais itens cheios de sódio da dieta, mas também existem outros alimentos ricos em sódio que são alimentos perigosos para próstata aumentada.

Sabe-se que quanto maior a quantidade de sódio que se consome, mais sintomas da próstata aumentada aparecem.

Por isso, orienta-se a cortar a adição do sal de mesa ou pelo menos reduzir bem a quantidade utilizada do ingrediente. Dá para trocar o sal por ervas e especiarias naturais sem sódio como os temperos que não podem faltar na dieta ou os temperos que ajudam a emagrecer.

Também é importante eliminar os produtos industrializados da dieta porque eles costumam ter muito sódio. Mas todo esse cuidado é importante para qualquer pessoa, pois o excesso do mineral faz mal para todos.

Não custa lembrar ainda que por si só a próstata aumentada pode ter o dano aos rins como uma de suas complicações. Portanto, ao associar um quadro de próstata aumentada ao consumo elevado de sódio, tem-se um risco a mais para a saúde dos rins.

5. Café e demais alimentos com cafeína

Como a cafeína é outra substância que estimula a urina, ela pode piorar os sintomas de quem sofre com a próstata aumentada.

Além de causar sinais como a necessidade frequente ou urgente de urinar e o aumento da frequência de ir ao banheiro, a condição comprime os ureteres e prejudica o esvaziamento da bexiga.

Assim, ao ingerir cafeína, o homem que sofre com a próstata aumentada vai ter ainda mais vontade de urinar, mas poderá não conseguir eliminar tudo, soltando apenas algumas gotinhas, o que gerará uma sensação incômoda.

Por isso, quem apresenta os sintomas da hiperplasia prostática benigna deve cortar ou diminuir bem a ingestão da cafeína por meio do café e de outros alimentos com cafeína.

Aproveite que está por aqui e conheça os alimentos bons para a próstata!

Além disso, confira e indique para seus amigos e familiares homens o vídeo da nossa nutricionista com os piores alimentos para próstata aumentada:

Fontes e Referências Adicionais

Você consumia esses alimentos? Vai deixar de comê-los a partir de agora? Conte para nós nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média 4,50)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário