Tipos de vinagre

5 Tipos de Vinagre e seus Benefícios

O vinagre é um ingrediente bem conhecido da cozinha e que serve para dar mais tempero e sabor a diversos pratos culinários.

Ele é um líquido ácido que é produzido por meio da fermentação do álcool etanol. Por conta disso, qualquer produto com etanol em sua composição – como álcool de cereais destilado, cerveja, vinho, champanhe e cidra – pode ser utilizado para produzir o vinagre.

5 tipos de vinagre e seus benefícios 

Ao passar pelo supermercado, você provavelmente deve ter visto diversas opções de tipos de vinagre, não é mesmo? Vamos conhecer algumas alternativas do produto e saber quais os benefícios que elas podem trazer?

1. Vinagre balsâmico

Ele apresenta um aspecto denso e escuro, possui um sabor agridoce e é produzido a partir das uvas. Um de seus benefícios refere-se à saúde das artérias.

Uma pesquisa divulgada na publicação Medscape General Medicine (Medscape Medicina Geral, tradução livre) no ano de 2006, indicou que o vinagre balsâmico pode diminuir o endurecimento das artérias, uma condição conhecida também como aterosclerose. Porém, são necessários mais estudos em humanos, pois o experimento foi feito com animais.

O vinagre balsâmico foi associado com o controle dos níveis de colesterol – a explicação é que uma pesquisa publicada em 2010 no Journal of Nutritional Science and Vitaminology (Jornal de Ciência Nutricional e Vitaminologia, tradução livre) identificou que os polifenóis do vinagre balsâmico limitaram a habilidade do colesterol ruim (LDL) de oxidar.

Isso reduziu a quantidade de dano causado pelo LDL às células do corpo. O LDL provoca o endurecimento, o bloqueio e o entupimento das artérias.

2. Vinagre de cidra de maçã

O segundo item da nossa lista de tipos de vinagres é o chamado vinagre de cidra de maçã. Um de seus benefícios refere-se aos cabelos – o ingrediente pode ser utilizado como um condicionador natural que deixo os fios brilhantes.

A receita sugerida é colocar uma colher de sopa de vinagre de cidra de maçã e uma xícara de água em uma garrafa velha de shampoo e aplicar a mistura nos cabelos depois de lavar os fios com shampoo três vezes por semana.

O ingrediente também pode ajudar em casos de refluxo ácido, porque uma das principais causas da doença é o desequilíbrio do pH estomacal e a ausência de enzimas e probióticos, nutrientes presentes na composição do vinagre de cidra de maçã.

A dica é misturar uma colher de sopa do ingrediente em um copo com água e ingerir cinco minutos antes de uma refeição como forma de aliviar o refluxo ácido. Porém, antes de testar a receita, vale a pena conversar com o médico.

3. Vinagre de vinho tinto

O vinagre de vinho tinto é produzido a partir do vinho que foi deixado para amargar e, em alguns casos, envelhecer e amadurecer.

Uma de suas vantagens é que ele contém antocianinas, substâncias classificadas como antioxidantes naturais e que contribuem com a desaceleração do processo de envelhecimento, mas cuja quantidade no produto pode variar conforme o tipo de vinho utilizado na produção e a qualidade do vinagre.

O fato foi apontado por um estudo publicado em 2010 no jornal Food Research International (Pesquisa de Alimentos Internacional, tradução livre).

4. Vinagre de vinho branco

Mais um dos tipos de vinagre que é produzido a partir do vinho, mas dessa vez do branco. Um estudo divulgado em 2005 no European Journal of Clinical Nutrition (Jornal Europeu de Nutrição Clínica) mostrou que ao ser ingerido em uma refeição, o ingrediente diminuiu o índice glicêmico dos alimentos.

O índice glicêmico mede a velocidade pela qual um alimento causa uma elevação nos níveis de açúcar no sangue. Um alimento com alto índice glicêmico provoca um aumento significativo nas taxas de glicose no sangue.

Para os pacientes saudáveis, a conclusão foi que o vinagre de vinho branco pode ajudar a controlar o açúcar no sangue e a promover o controle do apetite em curto prazo.

5. Vinagre de arroz

Uma das vantagens do vinagre de arroz é o fato dele ser livre de sódio, um mineral que quando é consumido em excesso (algo fácil de acontecer, já que ele está presente em diversos produtos industrializados) provoca uma série de problemas de saúde, entre eles a hipertensão.

O produto é rico em antioxidantes, ainda que o teor da substância de cada versão do vinagre possa variar. Isso porque um artigo de 2014 do Journal of Food Science (Jornal da Ciência Alimentar, tradução livre) relatou que alguns tipos de vinagre de arroz são ricos em compostos fenólicos.

O aumento da ingestão de alimentos ricos em compostos fenólicos pode contribuir com a diminuição do risco de desenvolvimento de problemas de saúde como câncer, doenças no coração, diabetes e osteoporose.

Você utiliza quais tipos de vinagre em sua cozinha frequentemente? Quais são os seus preferidos? Conhecia os benefícios de cada um? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*