7 alimentos que causam impotência masculina

Especialista da área:
atualizado em 22/08/2021

A impotência masculina é algo que afeta milhões de homens em todo mundo, sendo muito mais comum do que se imagina. De acordo com a pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), cerca de 59% dos brasileiros entre 40 e 69 anos já tiveram problemas de ereção. E, para 12% dos homens nessa faixa etária, a disfunção erétil é recorrente.

  Continua Depois da Publicidade  

O que poucos sabem é que alimentação também interfere diretamente no desempenho sexual do homem e fazer algumas mudanças em seu estilo de vida, como por exemplo manter uma alimentação saudável, pode ajudar a resolver esse problema, já que existem alguns alimentos que podem causar impotência sexual, principalmente os que contém, açúcar, gordura saturada e álcool, e devem ser evitados por quem sofre dessa condição.

O que você precisa saber sobre disfunção erétil

impotência sexual

A disfunção erétil é a incapacidade de alcançar ou manter uma ereção adequada para uma relação sexual satisfatória.

A maioria dos homens experimenta ocasionalmente alguma dificuldade em ter ou manter ereção, no entanto, só é considerado impotência se isso for constante. O problema é que grande parte dos homens que sofrem desta condição apresenta grande relutância em procurar ajuda médica, muito por conta da vergonha.

No entanto, vale informar que existem diversos tratamentos disponíveis e algumas simples mudanças no estilo de vida já podem ser responsáveis por melhorar o vigor masculino.

Efeitos das mudanças no estilo de vida na disfunção erétil

De acordo com uma pesquisa realizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em 2018, apenas no Brasil 15 milhões de homens sofrem com disfunção erétil, ou seja, 30% dos homens brasileiros.

Segundo pesquisas realizadas em todo mundo, algumas mudanças no estilo de vida, como por exemplo, a prática de atividade física e a perda de peso, estão associadas à manutenção da função erétil. Homens com um índice de massa corporal (IMC) superior a 28,7 têm um risco 30% maior de sofrer com disfunção erétil em relação àqueles com IMC normal (menor ou igual a 25).

  Continua Depois da Publicidade  

A prevalência de sobrepeso ou obesidade em homens que relatam sintomas de disfunção erétil pode chegar a 79%, embora os fatores de risco vasculares geralmente associados à obesidade também possam desempenhar um papel importante.

Sendo assim, manter uma alimentação saudável por si só já é uma maneira de prevenir a disfunção erétil, mas há alimentos que podem causar impotência masculina mesmo para os homens em boa forma física.

Como os alimentos contribuem para a impotência

junk-food fast-food

Existem três razões principais pelas quais os alimentos que os homem consomem influenciam diretamente na função do pênis.

1. Hormônios

O desequilíbrio hormonal ou sistema endócrino problemático estão diretamente relacionados à disfunção erétil. Os alimentos consumidos oferecem ao corpo os nutrientes que ele utiliza para produzir hormônios.

Quando se ingere alimentos considerados ruins, como por exemplo, os gordurosos ou os que contem com muito sódio ou açúcar, cria-se um desequilíbrio hormonal, aumentando a produção de cortisol e insulina.

E quando há um consumo de alimentos saudáveis, os nutrientes ingeridos oferecem ao nosso organismo uma alta dos níveis de testosterona e do hormônio do crescimento (que são ótimos para a vida sexual). Conheça os 14 melhores alimentos que aumentam a testosterona, hormônio ligado à virilidade.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Coração e vasos sanguíneos

O tipo de alimento que se consome pode ajudar ou prejudicar a saúde do coração e dos vasos sanguíneos. É preciso um fluxo sanguíneo adequado para “encher” o pênis com sangue e criar uma ereção.

Doenças cardíacas, artérias entupidas, pressão elevada e colesterol alto restringem o fluxo sanguíneo e danificam os vasos, o que compromete a ereção do pênis. Essa relação é tão direta que de fato a disfunção erétil é considerada o primeiro sinal de doença cardíaca, e para evitar isso, é necessário consumir alimentos que promovem a saúde do sistema cardiovascular.

Além disso, remédios para doenças cardíacas e hipertensão também podem causar impotência, o que significa que é melhor evitar problemas cardiovasculares para não ter que lidar com mais uma preocupação, que são os próprios remédios interferindo na ereção.

3. Peso

A massa gorda está altamente relacionada com a disfunção erétil. O sobrepeso ou a obesidade é uma das principais causas deste problema em homens de todas as idades. Ingerir alimentos que não sejam saudáveis pode elevar as chances de ganho de peso e acúmulo de gordura, o que pode contribuir para a impotência masculina.

E é justamente por tal razão que você deve evitar os alimentos que causam impotência masculina, mantendo seus hormônios equilibrados, seu sistema cardiovascular saudável e seu peso controlado.

Quais são os alimentos que causam impotência masculina?

1. Carne animal

Gordura animal pode obstruir os vasos sanguíneos e causar doenças cardíacas, pressão alta e colesterol elevado. Esses problemas, por sua vez, causam disfunção erétil. Além disso, ingerir muita proteína, como carne vermelha por exemplo, pode reduzir a produção de testosterona.

  Continua Depois da Publicidade  

Níveis baixos de testosterona e um desequilíbrio hormonal contribuem ainda mais para a impotência masculina, e por isso, é importante equilibrar seus macronutrientes. A proporção recomendada pelo Guia Alimentar do Ministério da Saúde é 55% a 75% do VET (Valor Energético Total) proveniente dos carboidratos, 15% a 30% das gorduras, e 10% a 15% das proteínas. VET é basicamente o número de calorias ingeridas ao longo de um dia.

Tente diminuir o consumo de carne vermelha e optar sempre pelas mais magras e orgânicas para evitar problemas com o seu vigor sexual.

2. Bebidas alcoólicas

bebidas alcóolicas

Embora tecnicamente não seja um alimento, altas quantidades de álcool prejudicam bastante o desempenho sexual. Beber muito e regularmente pode reduzir bastante a produção de testosterona no corpo e até mesmo inibir a sua produção, além disso, a ingestão frequente também pode causar danos ao fígado, nervos e coração.

Portanto, beba com moderação e opte pelo vinho, pois ele contém flavonoides e antioxidantes que ajudam a manter a saúde cardiovascular e combater o estresse oxidativo, diabetes, resistência insulínica, dentre outros problemas de saúde. Estudos demonstraram que a ingestão habitual de alimentos ricos em flavonoides está associada à redução da incidência de disfunção erétil.

3. Alimentos processados

Os carboidratos encontrados em alimentos processados são péssimos para a saúde. Eles são responsáveis por causar inflamações no organismo, e variações bruscas nos níveis de glicose o que pode ocasionar a resistência à insulina e diabetes, e isso significa um risco maior de disfunção erétil.

Além disso esses alimentos tendem a ter altos níveis de BPA (bisfenol-A), uma substância química encontrada em plásticos e revestimentos de alimentos enlatados. Pesquisas comprovaram que o BPA inibe significativamente a produção dos hormônios e reduz a função sexual.

  Continua Depois da Publicidade  

Um estudo realizado durante 5 anos com os chineses comprovou que os que foram expostos ao BPA tiveram problemas de ereção 4 vezes maior do que os que não foram expostos. Eles também tiveram menor libido e menos satisfação em suas vidas sexuais.

Um estudo realizado na Eslovênia também descobriu que havia uma associação estatisticamente significativa entre o BPA e a diminuição da concentração, contagem, vitalidade e motilidade dos espermatozoides. Isso ocorre provavelmente porque químicos, pesticidas e herbicidas podem afetar o sistema endócrino e esse desequilíbrio hormonal pode causar disfunção erétil.

4. Alimentos fritos

Frituras entopem os vasos sanguíneos, causando doenças cardíacas, colesterol alto e até mesmo alguns tipos de câncer. Estes alimentos também causam ganho de peso, o que contribui para o desenvolvimento da disfunção erétil.

5. Soja e semente de linhaça

A soja é altamente estrogênica, o que significa que ela pode simular o hormônio feminino estrogênio, e o seu excesso pode afetar a produção de testosterona, causando disfunção erétil.

Uma pesquisa publicada no European Journal of Clinical Nutrition provou que a soja reduz significamente os níveis de testosterona. Um estudo realizado pela Universidade de Harvard descobriu que o consumo de metade de uma porção de soja por dia pode reduzir a contagem de espermatozoides em 40% nos homens saudáveis.

A linhaça também tem níveis incrivelmente altos de estrogênio. A cada 100 g de soja, há 103.920 mcg de estrogênio e a cada 100 g de linhaça há 379.380 mcg de estrogênio. Compare esses números com os da melancia, que pode elevar os níveis de testosterona e minimizar os sintomas da impotência masculina, que tem 2,9 mcg de estrogênio a cada 100 g.

A soja fermentada é muito boa para o sistema digestivo, por isso, se você é um amante deste alimento, opte pelos fermentados, como por exemplo sopa de missô ou tempeh. Se consome soja porque é intolerante à lactose, experimente leite de amêndoas ou caju, que não contribuem para a disfunção erétil, além de estarem ligados a uma vida mais longa e saudável.

6. Sal

O sal contribui para doenças cardiovasculares, pressão arterial elevada e diminuição do fluxo sanguíneo, inibindo assim a ereção. Opte por sal com baixo teor de sódio, pois eles irão trazer sabor à sua comida sem acrescentar muito sódio à dieta. Outra alternativa muito mais saudável é usar as próprias ervas no lugar do sal. Alho e azeite também podem aumentar os níveis de testosterona, diminuir os sintomas da impotência e oferecer muito tempero à sua comida.

7. Laticínios

Os produtos lácteos tendem a ser ricos em gordura saturada, o que pode causar bloqueios no coração e vasos sanguíneos, e uma vez entupidos, podem impedir que o sangue flua para o pênis. Por isso, estão também na lista de alimentos que causam impotência masculina.

Além disso, os produtos lácteos geralmente vêm de vacas muitas vezes submetidas a uma alimentação rica em pesticidas e hormônios. Esses tipos de substâncias podem prejudicar o sistema endócrino humano. Um estudo publicado na revista Human Reproduction descobriu que os homens que consumiam produtos lácteos regularmente tinham significativamente menos motilidade de espermatozoides e função erétil em relação àqueles que evitavam laticínios.

Porém, não é necessário cortar completamente os laticínios, apenas diminua sua ingestão e concentre-se em produtos orgânicos (onde as vacas tem uma alimentação mais saudável). Você pode experimentar o leite de amêndoa, caju ou nozes e substituir o queijo tradicional por queijo vegano.

Então, mantenha seu órgão e sua vida sexual saudável comendo alimentos que estimulam a libido e que mantenham saudáveis o seu coração, hormônios e peso corporal. Evite alimentos processados, carnes de animais, soja, linhaça, laticínios, frituras, sal e bebidas alcoólicas para reduzir o risco de desenvolver baixa testosterona e disfunção erétil.

Fontes e referências adicionais

Você costuma evitar a ingestão desses alimentos que causam impotência masculina? Quais deles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (14 votos, média 4,36)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário

5 comentários em “7 alimentos que causam impotência masculina”

  1. Agradeço pela toda em formação.

    Eu estou com problemas de impotência sexual e (eraçao)

    Pesso vossa ajuda por favor

    Responder
  2. ,,,,,,,,,balbinos , s´p…..28-09-2020…….gostaria de saber , se o açucar em demasia , pode cauzar alguma disfunçao , e como tirá-lo do uso diario……..

    Responder