Impotência

7 Alimentos Que Causam Impotência Masculina

O problema de impotência sexual masculina é algo que afeta milhões de homens em todo mundo, sendo muito mais comum do que muitos imaginam.

O que poucos sabem é que fazer algumas mudanças em seu estilo de vida, como por exemplo manter uma alimentação saudável, pode resolver esse problema, já que existem alguns alimentos que causam impotência masculina que precisam ser evitados por quem sofre com a condição.

O que você precisa saber sobre disfunção erétil

Um homem com disfunção erétil é aquele que tem dificuldade em obter ou manter uma ereção firme o suficiente para poder ter relações sexuais ou quando isso interfere em outras atividades sexuais.

A maioria dos homens experimenta ocasionalmente alguma dificuldade em manter ou ter ereção, no entanto, só é considerado um problema de impotência sexual se for impossível obter em várias ocasiões por algum período de tempo um desempenho satisfatório.

Homens que sofrem com esse problema podem relutar em consultar o seu médico por vergonha por exemplo, porém, há vários tratamentos disponíveis e inclusive mudanças no estilo de vida que podem melhorar o vigor sexual masculino.

Efeitos das mudanças no estilo de vida na disfunção erétil

De acordo com uma pesquisa realizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em 2018, apenas no Brasil 15 milhões de homens sofrem com disfunção erétil, ou seja, 30% dos homens brasileiros.

Segundo pesquisas realizadas em todo mundo, vários fatores de estilo de vida que podem ser mudados, como por exemplo atividade física e uma forma física mais magra, estão associadas à manutenção da função erétil.

Por exemplo, homens com um índice de massa corporal (IMC) superior a 28,7 têm um risco 30% maior de sofrer com disfunção erétil em relação aqueles com IMC normal (menor ou igual a 25).

A prevalência de sobrepeso ou obesidade em homens que relatam sintomas de disfunção erétil pode chegar a 79%, embora os fatores de risco vasculares comumente associados à obesidade também possam desempenhar um papel importante.

Sendo assim, manter uma alimentação saudável por si só já é uma maneira de prevenir a disfunção erétil, mas há alimentos que causam impotência masculina mesmo para os homens em boa forma física.

Como os alimentos contribuem para a impotência sexual

Existem três razões principais pelas quais a comida que o homem consome influencia na função do pênis.

1. Hormônios

Desequilíbrio hormonal ou sistema endócrino insalubre estão diretamente relacionados à disfunção erétil. Os alimentos que você consome dão ao seu corpo os nutrientes que ele usa para criar hormônios. Ao fornecer alimentos errados, cria um desequilíbrio de hormônios nocivos, como o cortisol e a insulina. Ao se alimentar com os alimentos certos, terá altos níveis de testosterona e hormônio do crescimento (que são ótimos para a vida sexual).

2. Coração e vasos sanguíneos

A comida que você consome ajuda ou faz mal diretamente para a saúde do coração e vasos sanguíneos. É preciso um fluxo sanguíneo adequado para “encher” o pênis com sangue e criar uma ereção dura. Esse fluxo sanguíneo no pênis começa com vasos sanguíneos e coração saudável.

Doenças cardíacas, artérias entupidas, pressão e colesterol alto restringem o fluxo sanguíneo e danificam os vasos, o que significa que o sangue não consegue chegar ao pênis e criar a ereção. De fato, a disfunção erétil é considerada o primeiro sinal de doença cardíaca, e para evitar isso, é necessário se alimentar com alimentos que promovam um fluxo sanguíneo e coração saudável.

Além disso, remédios para doenças cardíacas e pressão sanguínea também podem causar impotência sexual, o que significa que é melhor evitar problemas cardiovasculares ao evitar alimentos que entopem o coração.

3. Peso

A massa gorda está altamente relacionada com a disfunção erétil. E como dito anteriormente, estar acima do peso ou obeso é uma das principais causas deste problema em homens de todas as idades. Comer alimentos não saudáveis pode elevar a chance de ganho de gordura, o que pode contribuir para a impotência sexual.

É por isso há alimentos que causam impotência masculina, aqueles que você deve evitar para manter seus hormônios equilibrados, seu sistema cardiovascular saudável e seu peso controlado.

Quais são os alimentos que causam impotência masculina?

1. Carne animal

Gordura animal pode obstruir suas veias e causar doenças cardíacas, pressão e colesterol alto. Esses problemas, por sua vez, causam disfunção erétil. Além disso, comer muita proteína como carne vermelha, por exemplo, reduz a produção de testosterona.

Níveis baixos de testosterona e um desequilíbrio hormonal contribuem ainda mais para a impotência sexual, e por isso, é importante equilibrar seus macronutrientes: 50% de carboidratos, 30% de proteínas e 20% de gorduras.

Tente diminuir o consumo de carne vermelha e optar sempre pelas mais magras e orgânicas para evitar problemas com o seu vigor sexual.

2. Bebidas alcoólicas

Embora tecnicamente não seja um alimento, altas quantidades de álcool prejudicam gravemente o desempenho sexual. Beber muito e regularmente pode eliminar a testosterona do corpo e inibir a sua produção; além disso, a ingestão crônica também pode causar danos ao fígado, nervos e coração.

Em especial a cerveja, que diminui o equilíbrio dos hormônios sexuais. O lúpulo presente na cerveja é altamente estrogênico, o que significa que ela pode imitá-lo e assim inibir a produção de testosterona no corpo. Esta baixa testosterona prejudica a libido, a função erétil e também contribui para o armazenamento de gordura e ganho de peso, agravando ainda mais ou gerando disfunção erétil.

Menos de 2 drinques por dia provavelmente não afetarão sua disfunção erétil. Beba com moderação e opte pelo vinho, pois ele contém flavonoides e antioxidantes que podem reduzir o risco cardiovascular e combater o estresse oxidativo que causa doenças e cânceres. Um estudo sugeriu que “uma ingestão habitual mais alta de alimentos ricos em flavonoides está associada à redução da incidência de disfunção erétil”.

3. Alimentos processados

Os carboidratos encontrados em alimentos processados irão fazer você ganhar peso em uma taxa maior do que os alimentos orgânicos naturais. Um número maior na balança significa um risco maior de disfunção erétil.

Esses alimentos tendem a ter altos níveis de BPA (bisfenol-A), uma substância química encontrada em plásticos e revestimentos de alimentos enlatados. Pesquisas comprovaram que o BPA inibe significativamente a produção dos hormônios sexuais e reduz a função sexual. Um estudo realizado durante 5 anos com chineses obteve como resultado que os que foram expostos ao BPA tiveram problemas de ereção 4 vezes maior do que os que não foram expostos. Eles também tiveram um baixo desejo sexual e menos satisfação em suas vidas sexuais.

Um estudo realizado na Eslovênia também descobriu que havia uma associação estatisticamente significativa entre o BPA e a diminuição da concentração, contagem, vitalidade e motilidade dos espermatozoides.

Isso ocorre provavelmente porque químicos, pesticidas e herbicidas podem perturbar o sistema endócrino. Esse desequilíbrio hormonal pode causar disfunção erétil grave, que é difícil de superar.

4. Alimentos fritos

Alimentos fritos entopem os vasos sanguíneos e o coração, causando doenças cardíacas, colesterol alto e até mesmo alguns tipos de câncer. Estes alimentos também causam grandes quantidades de ganho de peso, o que diretamente gera disfunção erétil grave.

5. Soja e semente de linhaça

Os hormônios masculinos odeiam soja, pois ela é altamente estrogênica – o que significa que ela pode simular o hormônio feminino estrogênio, e o seu excesso pode inibir a produção de testosterona para funções saudáveis. Isso, por sua vez, pode causar sintomas de baixa testosterona e disfunção erétil.

Uma pesquisa publicada no European Journal of Clinical Nutrition provou que a soja reduz drasticamente os níveis de testosterona. Um estudo realizado pela Universidade de Harvard descobriu que até metade de uma porção de soja por dia corta a contagem de espermatozoides em 40% dos homens saudáveis.

A linhaça também tem níveis incrivelmente altos de estrogênio. A cada 100g de soja, há 103.920 mcg de estrogênio e a cada 100g de linhaça há 379,380 mcg de estrogênio. Compare esses números com os da melancia – que pode elevar os níveis de testosterona e minimizar os sintomas de impotência sexual –, que tem 2,9 mcg de estrogênio a cada 100g.

A soja fermentada é muito boa para o sistema digestivo, por isso, se você é um amante deste alimento, opte pelos fermentados, como por exemplo sopa de missô ou tempeh. Se consome soja porque é intolerante à lactose, experimente leite de amêndoas ou caju, que podem prevenir e retardar a disfunção erétil, além de estarem ligados a uma vida mais longa e saudável.

6. Sal

O sal contribui para doenças cardiovasculares, pressão arterial elevada e diminuição do fluxo sanguíneo – que inibem a ereção dura que você tanto deseja. Opte por sal com baixo teor de sódio, pois eles trarão sabor à sua comida sem acrescentar muito sódio à dieta. Alho e azeite também podem aumentar a testosterona, diminuir os sintomas da impotência e dar muito tempero à sua comida.

7. Laticínios

Os produtos lácteos tendem a ser ricos em gordura saturada, o que causa bloqueios no coração e vasos sanguíneos, que entupidos, impedem que o sangue flua para o pênis. Por isso, estão também na lista de alimentos que causam impotência masculina.

Além disso, os produtos lácteos geralmente vêm de vacas alimentadas com hormônios artificiais. Esses tipos de pesticidas ou hormônios podem prejudicar drasticamente o sistema endócrino humano. Um estudo publicado na revista Human Reproduction descobriu que os homens que consumiam produtos lácteos regularmente tinham significativamente menos motilidade de espermatozoides e função erétil em relação àqueles que evitavam laticínios.

Porém, você não precisa cortar completamente os laticínios, apenas diminua sua ingestão e concentre-se em produtos orgânicos (onde as vacas não são alimentadas com hormônios).

Assim como a soja, você pode experimentar o leite de amêndoa, caju ou nozes e substituir o queijo tradicional por queijo vegano.

Mantenha seu pênis e vida sexual saudáveis comendo alimentos que mantenham o seu coração, hormônios e peso saudáveis. Evite alimentos processados, carnes de animais, soja, linhaça, laticínios, frituras, sal e bebidas alcoólicas para reduzir o risco de desenvolver baixa testosterona e disfunção erétil.

Esses 7 alimentos que causam impotência masculina são apenas a ponta do iceberg para manter seu corpo e pênis saudável e com muito vigor sexual. Siga essas dicas para melhorar a sua vida sexual, e lembre-se sempre de consultar o seu médico.

Referências adicionais:

Você precisa evitar a ingestão de muitos desses alimentos que causam impotência masculina? Quais deles? Tem sofrido com essa condição que abala a vida sexual? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*