7 Benefícios da Semente de Cânhamo – O Que é, Receitas e Dicas

Especialista:
atualizado em 20/12/2019

A semente de cânhamo é um super alimento, abundante em diversos nutrientes e perfeito para quem quer manter uma dieta saudável e balanceada. Você aprenderá a seguir sobre os benefícios da semente de cânhamo, a diferença entre o cânhamo e a maconha, quais os usos desse alimento, suas propriedades e seus nutrientes.

Alguns estudos conduzidos por especialistas da área de saúde confirmam suas propriedades na prevenção de doenças cardíacas, osteoporose, diminuição do colesterol, pressão alta e de sintomas da TPM e menopausa.

Pouco popular no Brasil, a semente de cânhamo é muito consumida no exterior, principalmente por sua capacidade nutritiva, alto teor de fibras e proteínas vegetais.

Outra semente com propriedades similares é a linhaça. Ela é muito conhecida e utilizada para ajudar o sistema cardiovascular, para proteger o sistema digestivo e muitas outras coisas. Não deixe de conferir sobre os benefícios da linhaça.

Nessa mesma linha, não podemos deixar de citar a chia. Atualmente, a chia vem ganhando popularidade como um alimento funcional que fornece uma variedade impressionante de nutrientes em apenas uma dose pequena. Saiba tudo sobre as propriedades da chia e aproveite os seus benefícios.

O que é o cânhamo?

As sementes de cânhamo vêm da mesma espécie de cannabis, Cannabis sativa, que é a planta da maconha, mas existe uma diferença primordial entre elas: a quantidade de THC em sua composição.

As diferenças entre cânhamo e maconha

O THC é o composto encontrado na planta de cannabis que é responsável por suas propriedades psicoativas. Quando nos referimos ao cânhamo, estamos falando da planta que possui uma quantidade ínfima deste composto, menos de 0,3%, enquanto a maconha possui altas quantidades desta substância.

Outros usos do cânhamo

Muito antes da planta ser proibida ao redor do mundo, a cannabis era amplamente utilizada para produzir papel, tecido, resina e até combustível.

Como é uma planta de crescimento rápido, o cânhamo era responsável pela maioria do papel produzido no mundo por mais de 2 mil anos, antes de sua proibição. Uma curiosidade interessante é o fato de que o rascunho da independência dos Estados Unidos, feito por Thomas Jefferson, foi escrito em um papel de cânhamo.

O cânhamo como alimento

A planta cultivada como alimento possui doses baixíssima de THC, o composto psicoativo da maconha, com cerca de 0,001% em sua composição. Isso quer dizer que de forma alguma a semente de cânhamo pode ter algum efeito indesejado em quem a consome.

No Estados Unidos e em outros países, a semente e o óleo de cânhamo são muito utilizados na alimentação, já que são muito saudáveis e possuem diversos benefícios para nosso organismo.

Informações nutricionais do cânhamo

Valores para 42 gramas do produto, cerca de 4 colheres de semente de cânhamo.

  • 240 calorias;
  • 1 grama de gordura total;
  • 0 de colesterol;
  • 4,5 gramas de carboidrato;
  • 2,5 gramas de fibra.

Benefícios da semente de cânhamo

1. Rica em nutrientes

As sementes de cânhamo são abundantes em diversos nutrientes essenciais para a nossa saúde. Quase 30% dela é formada por gordura, mas é uma gordura boa, rica em ômega 3 e ômega 6. O ômega 3 é um composto essencial para nossa saúde e ajuda a reduzir inflamações, o que colabora na prevenção de doenças cardíacas, além de poder reduzir o colesterol e a pressão alta.

Uma ótima fonte de proteína vegetal, mais de 25% de suas calorias são proteínas. Isso é quase o dobro do que chia e linhaça, sementes conhecidas por seu alto teor proteico, podem oferecer.

Além disso, a poderosa semente de cânhamo possui alto teor de vitamina E e minerais essenciais para o nosso organismo, como o fósforo, potássio, sódio, magnésio, enxofre, cálcio, ferro e zinco.

2. Reduz o risco de doenças cardíacas

Não é novidade que as doenças cardíacas são a maior preocupação da população mundial, já que estas são as enfermidades que mais matam ao redor do mundo. A semente de cânhamo possui propriedades distintas que ajudam a prevenir e reduzir os riscos de doenças cardíacas.

Ao consumir a semente, você ingere um alto teor de um aminoácido chamado arginina, conhecido por possuir propriedades que auxiliam na produção de óxido nítrico em nosso organismo. Este óxido é um gás molecular que ajuda a dilatar os vasos sanguíneos, colaborando para baixar a pressão e reduzir os riscos de doenças cardíacas relacionadas à pressão alta.

Uma pesquisa realizada com mais de 13000 pessoas apontou que o aumento do consumo de arginina é diretamente relacionado à diminuição dos níveis de CRP (proteína C-reativa), um sensível indicador inflamatório associado a doenças do coração.

Há também, na semente de cânhamo, um outro composto que está sendo estudado por especialistas em doenças cardíacas. É o ácido gama-linolénico, associado à redução de inflamações que podem complicar problemas cardíacos já existentes.

Existem muitos alimentos ótimos para o coração. Salmão, aveia e abacate são apenas 3 da lista dos 29 melhores alimentos para cuidar do coração. Você precisa conhecer essa lista e descobrir por que eles fazem tão bem para a saúde cardiovascular.

3. Saúde da pele

A presença de ácidos graxos na composição da semente de cânhamo é muito benéfica para quem tem problemas de pele como eczema.

Em um estudo, pesquisadores induziram pessoas com eczema ao consumo de óleo de cânhamo, derivado da semente. Os especialistas confirmam que o aumento do nível de ácidos graxos no sangue destes pacientes colaborou para o alívio de alguns sintomas, como a pele seca, diminuição de coceira e redução do consumo de medicamentos para a pele.

4. Fonte de proteína vegetal

Sabemos que, por conta do alto consumo de carne que temos no Brasil, falta de proteína não é um problema que enfrentamos. No entanto, este consumo pode acarretar outros problemas, já que a carne possui um alto nível de gordura e pode ser prejudicial à nossa saúde.

A semente de cânhamo consegue ter ainda mais proteína por grama do que a semente de linhaça e chia, conhecidas por seu alto teor proteico. A proteína vegetal produz os mesmos efeitos em nosso organismo que a proteína animal, com a vantagem de ser ainda mais saudável.

Ao adicionar três colheres de sopa de semente de cânhamo em uma salada, no arroz ou até em um suco ou vitamina, você garante mais de 10 gramas de proteína de alta qualidade.

Além disso, estas sementes fornecem todos o aminoácidos essenciais que nosso organismo precisa. Estes aminoácidos não são produzidos por nosso corpo, portanto devem ser consumidos através da alimentação.

Por isso, a semente de cânhamo é considerada uma fonte de proteína completa, muita rara de se encontrar entre grãos e leguminosas. Outro exemplo de proteína vegetal completa é a quinoa.

5. Alto teor de fibras

As fibras são componentes fundamentais em uma dieta, principalmente se queremos emagrecer. Isso porque ela auxilia na absorção de nutrientes e no bom funcionamento do sistema digestivo, além de dar maior sensação de saciedade.

Em média, mulheres precisam consumir no mínimo 25 gramas de fibras por dia e este valor aumenta para 38 gramas para homens. A semente de cânhamo possui um alto teor de fibras em sua composição, com cerca de um grama em apenas 3 colheres de sopa do alimento.

Existem fibras solúveis e insolúveis, sendo que ambas são muito benéficas. As solúveis são responsáveis por criarem uma substância semelhante a um gel dentro do intestino. Este gel serve como fonte de nutrientes para bactérias digestivas, podendo reduzir o nível de açúcar no sangue e regular os níveis de colesterol.

Já a fibra insolúvel serve para aumentar o volume da matéria fecal, ajudando na passagem dos alimentos pelo intestino. O consumo da fibra insolúvel também é associado à diminuição do diabetes.

6. Fonte de minerais

Outro benefício da semente de cânhamo é que ela é uma fonte de diversos minerais fundamentais para a nossa saúde, incluindo o magnésio, fósforo, ferro e zinco.

Já mencionamos que a medida de três colheres de sopa da semente de cânhamo pode oferecer uma boa porcentagem de diversos nutrientes que devemos ingerir diariamente. No que diz respeito aos minerais, essa porcentagem é ainda maior.

As mesmas três colheres do alimento garantem 50% do magnésio e fósforo que precisamos diariamente, além de 25% do zinco e até 15% do ferro. Esses minerais, quando consumidos regularmente, têm propriedades que favorecem a saúde dos ossos, evitando problemas como a osteoporose.

7. Reduz os sintomas da TPM e menopausa

A TPM pode afetar cerca de 80% das mulheres em idade reprodutiva, causando incômodos não só físicos, como emocionais, causados por um hormônio chamado prolactina.

Especialistas afirmam que o ácido gamalinolênico, encontrado na semente de cânhamo, quando em contato com nosso organismo, ativa a produção de prostaglandina E1, um vasodilatador que reduz os efeitos da prolactina.

Alguns estudos indicam que o ácido gamalinolênico pode reduzir a dor e sensibilidade nos seios, depressão, irritabilidade e retenção de líquidos, sintomas associados à TPM.

A eficácia deste mesmo ácido também é associada à melhora dos sintomas da menopausa. Estudos sugerem que o ácido gamalinolênico, contido na semente de cânhamo, pode ajudar a regular as variações de hormônio e inflamações causadas pela menopausa.

Receitas com semente de cânhamo

Além de ser adicionada a saladas, iogurte, sucos e vitaminas, a semente de cânhamo pode ser usada como parte de receitas mais elaboradas. Apresentamos aqui algumas delas:

1. Pesto de cânhamo

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de folhas frescas de manjericão (40g);
  • ½ xícara de chá de semente de cânhamo sem casca (75g);
  • ½ xícara de chá de queijo parmesão ralado (40g);
  • 2 dentes de alho picados;
  • ½ colher de chá de sal;
  • ¼ xícara de chá de azeite de oliva extra virgem.

Modo de preparo:

Em um processador de alimentos ou liquidificador, junte o manjericão, as sementes de cânhamo, queijo parmesão ralado, alho e sal.

Depois de um pouco batidos, adicione o azeite de oliva e bata até formar uma pasta. Isso deve demorar entre 2 e 3 minutos.

O molho pesto pode ser servido com macarrão, arroz, saladas ou até usar como patê. Manter refrigerado por no máximo uma semana.

2. Tabule de cânhamo

Ingredientes:

  • 1 maço de salsinha;
  • ½ cebola picada;
  • 1 tomate picado;
  • 5 colheres de chá de semente de cânhamo;
  • Suco de 1 limão;
  • 1 dente de alho picado;
  • Azeite de oliva extra virgem para temperar;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

Pique a salsinha e coloque em uma tigela juntamente com o tomate, a cebola e as sementes de cânhamo.

Em um outro recipiente, misture o limão, o alho, o azeite e o sal misturando muito bem.

Tempere o tabule com a mistura de limão e refrigere por alguns minutos.

3. Granola super proteica

Ingredientes:

  • 3 xícaras de chá de cereal de arroz integral;
  • 3 xícaras de chá de flocos de aveia;
  • ½ xícara de chá de semente de cânhamo sem casca;
  • ½ xícara de chá semente de linhaça marrom;
  • ¼ xícara de chá de semente de chia;
  • ½ xícara de chá xarope de arroz integral;
  • 2 colheres de sopa de óleo de linhaça (ou outro de sua preferência);
  • 1 colher de sopa de melaço de cana ou mel;
  • ½ colher de sopa de extrato de baunilha.

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 275 graus e forre duas formas com papel manteiga.

Em um recipiente grande, misture todos os ingredientes secos e em um menor, os ingredientes líquidos.

Esquente os líquidos por cerca de 2 minutos ou em uma panela até que comece a borbulhar nas bordas.

Adicione os ingredientes líquidos aos secos, misture bem e espalhe nas duas formas uniformemente.

Deixe no forno por cerca de 45 minutos, tomando o cuidado de trocar as formas de lugar (colocar a de baixo na grade de cima e vice-versa) para não queimar.

Retire do forno e espere esfriar antes de colocar em um recipiente fechado.

4. Muffin de maçã e cânhamo

Ingredientes:

  • 1 ½ xícaras de chá de farinha de trigo;
  • 1 xícara de chá de farinha de aveia;
  • ⅔ a ¾ de xícara de semente de cânhamo;
  • 2 colheres de chá de fermento;
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio;
  • Uma pitada de sal;
  • 1 ½ colher de chá de canela;
  • ¼ colher de chá de cardamomo em pó;
  • 1 xícara de purê de maçã sem açúcar;
  • ½ xícara de xarope de maple;
  • ¾ xícara leite (pode ser leite vegetal);
  • 1 ½ colher de chá de extrato de baunilha
  • ⅓ xícara de uva passa ou bananas picadas.

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 350 graus.

Em uma tigela grande, junte os ingredientes secos, peneirando o fermento e o bicarbonato de sódio por último. Mexa bem até que os ingredientes se misturem.

Em outro recipiente, acrescente o purê de maçã, o xarope de maple, o leite e a baunilha.

Junte a mistura molhada aos ingredientes secos, adicione a uva passa ou banana e misture apenas para que os ingredientes se integrem, sem mexer demais.

Coloque a massa em uma forma de cupcake com as forminhas e deixe no forno por cerca de 20 minutos. Faça o teste de furá-los com um palito de dente ou um garfo pequeno até que ele saia limpo. Tire do forno e da forma e deixe-os esfriar em uma grade.

Fontes e Referências Adicionais:

Dica

Há dois tipos de semente de cânhamo, com ou sem casca. Apesar da versão sem casca ser mais usada em receitas, é a na casca que se concentram a maioria das propriedades nutricionais, como a fibra, por exemplo. Dê preferência ao uso da semente de cânhamo com casca.

Você já conhecia estes benefícios da semente de cânhamo para a saúde? Pretende introduzi-la em sua dieta para aproveitar suas propriedades? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 4,55 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

6 comentários em “7 Benefícios da Semente de Cânhamo – O Que é, Receitas e Dicas”

  1. Interessante, não conhecia essa semente, vou passar a usar.
    Muito boa matéria e muito bem explicado.
    Parabéns
    Obrigado

  2. Estou a procura pq tenho enxaqueca terrível,moro no Brasil, onde posso encontrar,ou chá, comprimido, óleo, não aguento mais mais dores fortes de cabeça todos os dias.