9 Benefícios da Cevadinha – Receitas, Como Fazer, Propriedades e Dicas

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

Ainda que não seja um grão integral tão consumido quanto a aveia, o trigo ou até a quinoa, há diversos benefícios da cevadinha impressionantes para a nossa saúde. Um alimento versátil, a cevadinha pode ir em receitas de salada, sopa, risoto e até mesmo em sucos, tanto em sua forma cozida quanto germinada.

A cevadinha, que nada mais é que a cevada em grão, é um superalimento ainda pouco consumido no Brasil, mas que por suas ricas propriedades tem tudo para fazer parte das dietas de pessoas que prezam pela alimentação saudável e de quem quer emagrecer.

As quantidades de fibras, proteínas, vitaminas, minerais e antioxidantes fazem da cevadinha um ótimo alimento para incluir em sua dieta, oferecendo proteção contra doenças cardíacas, prevenção ao câncer, combate ao colesterol, entre outros benefícios dos quais falaremos mais abaixo.

Por conter poucas calorias, a cevadinha também é um excelente aliado para quem está querendo perder alguns quilos, já que dá bastante saciedade, ao mesmo tempo em que ajuda o funcionamento do sistema digestivo, devido ao seu alto teor de fibras.

A história da cevadinha

Este é um grão ancestral que já foi parte da alimentação de gerações e gerações antes da nossa. Incrivelmente, sua popularidade se mantém até hoje, sendo um dos grãos mais produzidos em todo o mundo, com mais de 135 milhões de toneladas produzidas por mais de 100 países a cada ano.

A cevadinha é uma variação de um tipo de grama conhecida como Hordeum vulgare spontaneum, bastante comum na Ásia e na África de centenas de anos atrás. Cientistas acreditam que a cevadinha começou a ser consumida na alimentação na Mesopotâmia, desde o segundo milênio antes de Cristo.

Não é à toa que este grão ancestral é tão consumido na alimentação de diversas nacionalidades ao redor do mundo, seja em forma de mingau, sopa ou em sua roupagem mais popular: a cerveja.

Seu alto poder de fermentação fez da cevadinha o ingrediente principal de diversas bebidas alcoólicas. Não só cerveja, mas alguns tipos de whiskey e até vinho já foram feitos a partir deste grão.

Outro subproduto da cevadinha é um tipo de calda adocicada, o xarope de malte, já que durante a sua germinação, ela produz naturalmente a maltose, um tipo de açúcar natural.

Propriedades

As propriedades da cevadinha estão relacionadas, principalmente, à presença de oito aminoácidos essenciais que este grão contém, resultando em uma fonte de proteína completa para sua alimentação.

Mais do que isso, a cevadinha também oferece importantes vitaminas e minerais, tal como selênio, vitaminas do complexo B, cobre, fósforo, magnésio, entre outros.

Ao ser comparado com outros grãos integrais, a cevadinha conserva sua característica como o grão mais baixo em calorias e gorduras, o que, aliado às suas outras propriedades nutricionais, fazem dele um alimento poderoso no combate a algumas doenças e ao excesso de peso.

Não é à toa que a cevadinha vem ganhando adeptos ao redor do mundo. Uma xícara do grão, com cerca de 150 gramas do alimento, vai oferecer menos calorias e mais fibras do que a mesma quantidade de arroz integral, arroz selvagem e até mesmo da poderosa quinoa.

Cevadinha tem glúten?

Assim como outros grãos de sua família, como o trigo e o centeio, a cevadinha tem glúten também.

Isso quer dizer que ela não deve ser consumida por pessoas celíacas ou com sensitividade ao glúten. Este tipo de proteína é mais difícil de ser digerido e pode afetar a saúde de algumas pessoas. Se você sofre de síndrome do intestino irritável ou outra sensibilidade no trato digestivo, fique alerta ao comer cevadinha ou outros alimentos ricos em glúten.

Uma forma de diminuir a quantidade de glúten na cevadinha é através do processo de germinação ou de fermentação da cevadinha. Isso vai diminuir a presença do glúten em sua composição, mas de forma alguma vai eliminá-lo.

Algumas pessoas podem se sentir inchadas ao consumir esses grãos e isso as leva a crer que a cevadinha engorda, mas na verdade este inchaço pode ter a ver com a dificuldade em digestão do glúten da cevadinha. Se isso acontecer, procure um médico e se informe mais sobre sensitividade ao glúten.

Informações nutricionais

Valores para uma xícara de cevadinha cozida, cerca de 157 gramas.

  • 193 calorias;
  • 1 grama de gorduras totais;
  • 44 gramas de carboidratos;
  • 6 gramas de fibras;
  • 4 gramas de proteínas;
  • 25 microgramas de ácido fólico;
  • 17,3 miligramas de cálcio;
  • 34,5 miligramas de magnésio;
  • 84,8 miligramas de fósforo;
  • 146 miligramas de potássio
  • 33 miligramas de ômega 3.

Como fazer?

Com um sabor similar ao de algumas castanhas e uma textura mastigável, a cevadinha se parece muito com outros grãos ancestrais, como o trigo com casca. É um ótimo adendo para comidas caseiras, como sopas e ensopados, já seu grão absorve o sabor da receita, oferecendo maior sensação de saciedade a quem consome esses pratos.

Ao comprar a cevadinha, dê preferência para o grão integral com casca ou já descascada, mas evite sua versão refinada, que já perdeu a maior parte de suas propriedades nutricionais.

Como cozinhar

Antes de cozinhar a cevadinha, lave seus grãos em água corrente e remova as cascas e outras partículas que possam boiar na água. A quantidade de água necessária para este grão é numa proporção de 3 para 1, ou seja, 3 xícaras de água para cada xícara de cevadinha já lavada.

Leve a água com a cevadinha para ferver em fogo baixo. O tempo médio é de uma hora até que os grãos estejam macios.

Como germinar

Uma versão alternativa da cevadinha é a germinada, que consegue ser ainda mais rica em nutrientes que sua versão cozida. Para isso, basta lavar os grãos crus e deixá-los de molho entre 8 a 12 horas com um pano de prato cobrindo o recipiente.

Depois deste tempo, você vai notar que os grãos estarão maiores do que quando crus. Retire a água com a ajuda de uma peneira e coloque os grãos em um recipiente raso. Deixe em um lugar onde os grãos possam estar expostos ao ar.

Adicione uma quantidade pequena de água, como duas ou três colheres. Deixe os grãos por pelo menos dois dias e você perceberá que eles vão começar a germinar.

A cevadinha germinada pode ser usada em saladas, sucos e onde mais sua imaginação permitir.

9 Benefícios da Cevadinha – Para que serve

1. Fonte de fibra

Um dos benefícios da cevadinha mais notáveis é o seu alto teor de fibras. Cada xícara deste grão fornece cerca de 6 gramas de fibras, sendo que a maior parte delas é do tipo insolúvel, que ajuda ainda mais na digestão, no metabolismo e na saúde do coração.

Consumir alimentos abundantes em fibras também vai te ajudar a se manter saciado por mais tempo, já que a fibra tem o poder de se expandir no nosso organismo, ocupando mais espaço e oferecendo maior satisfação.

2. Melhora a digestão

Outro benefício de um alto teor de fibras é o seu poder de combater a constipação e a diarreia, já que são as fibras que regulam os movimentos peristálticos e formam a massa fecal.

Um estudo recente monitorou a saúde de mulheres que acrescentaram a cevadinha à sua dieta e descobriu que, depois de quatro semanas, este consumo havia beneficiado os efeitos do metabolismo dos lipídios e do fluxo intestinal.

Outro benefício relacionado à fibra da cevadinha é a sua capacidade de manter um equilíbrio saudável de bactérias no trato digestivo. Isso colabora com a prevenção de alguns tipos de câncer, como o de cólon.

3. Colabora com a perda de peso

Os grãos integrais são mais difíceis de serem digeridos, já que suas fibras são mais complexas, por isso um dos benefícios da cevadinha é o de poder ajudar na perda de peso.

Um estudo feito em 2008 aponta que adultos que incluíram a cevadinha em sua alimentação conseguiram perder peso em 6 semanas, além de terem diminuído a sensação de fome entre as refeições.

Outros estudos também apontam que comparado ao consumo de grãos refinados, como a farinha de trigo branca, a ingestão de grãos integrais como a cevadinha acelera o metabolismo em relação aos carboidratos, absorvendo os amidos em um ritmo mais lento, excelente para quem faz exercícios físicos.

4. Combate a diabetes

Um dos importantes benefícios da cevadinha pode ser beneficiar o controle do nível de açúcar no sangue, fazendo dela uma boa escolha para pessoas que sofrem de diabetes ou de outras síndromes metabólicas, já que o grão ajuda a diminuir o ritmo com que o açúcar é liberado na corrente sanguínea.

Além disso, este grão ancestral possui 8 aminoácidos essenciais, fontes abundantes de proteínas, além de alto teor de fibras solúveis, capazes de controlar a liberação de insulina em resposta aos carboidratos da cevadinha.

A cevadinha possui um composto chamado beta-glucano, um tipo de fibra viscosa que o nosso organismo não consegue digerir nem absorver. Um estudo publicado na Nutrition Research, em 2006, aponta que essas fibras passam ilesas através do nosso sistema digestivo, se juntando à água e outras moléculas e diminuindo também a absorção de glicose dos alimentos ingeridos.

5. Ajuda no combate ao colesterol

Além de conter baixíssimo teor de gorduras e colesterol zero, a cevadinha pode ajudar a diminuir os níveis de colesterol ruim, o LDL, do sangue.

É por causa de suas fibras insolúveis que a cevadinha tem o poder de diminuir a quantidade de colesterol ruim, já que estas fibras ajudam o intestino a absorver as células de gordura.

Em um estudo feito em 2004, 28 homens com colesterol alto começaram a inserir a cevadinha em suas dietas, com cerca de 20% das calorias ingeridas sendo da cevadinha. Depois de 5 semanas de estudos, os níveis de colesterol geral, colesterol bom e triglicerídios mostraram melhoras significativas.

Os pesquisadores concluíram que, ao aumentar a quantidade de fibras solúveis e insolúveis em uma dieta, as pessoas podem sofrer menos de doenças do coração relacionadas com o colesterol.

6. Saúde cardiovascular

Além de controlar o colesterol, a cevadinha possui alguns compostos que ajudam a diminuir a pressão sanguínea e outros fatores de risco associados à doenças cardíacas. É o caso de algumas vitaminas do complexo B, o selênio, o cobre e o magnésio.

Estes minerais podem ajudar no controle da produção e do metabolismo do colesterol, prevenindo coágulos de sangue e melhorando a saúde arterial, e são essenciais para a sinalização de algumas funções que controlam os processos cardiovasculares, como o ritmo cardíaco.

Outros benefícios da cevadinha por conta destes nutrientes ocorrem por eles ajudarem os vasos sanguíneos a se manterem limpos, melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo riscos de inflamações.

7. Propriedades antioxidantes

Um importante antioxidante contido na cevadinha é o fitonutriente chamado lignana, relacionado com a prevenção de alguns tipos de câncer e doenças cardíacas, por seu poder em reduzir inflamações e problemas relacionados à idade mais avançada.

O principal tipo de lignana presente na cevadinha é o 7-hydroxymatairesinol. Estudos apontam que este tipo de lignana pode oferecer proteção contra o desenvolvimento de câncer, pois ajuda o coração a metabolizar bactérias e a manter o equilíbrio bacteriano nos intestinos, reduzindo as inflamações.

Além disso, estes antioxidantes têm o poder de melhorar os níveis de sérum das enterolactonas, um composto associado ao controle de níveis hormonais, podendo ser um grande aliado contra alguns tipos de câncer relacionados com os hormônios, como o câncer de próstata e o de mama.

8. Benefícios da cevadinha  para a saúde dos ossos

O fósforo e o cobre encontrados na cevadinha garantem uma boa saúde dos ossos. Além disso, o suco da cevadinha pode conter mais de 10 vezes a quantidade de cálcio que o leite, reduzindo os riscos de osteoporose.

Já o magnésio, quando associado às vitaminas do complexo B, ambos muito presentes na cevadinha, também pode ser de grande ajuda para a saúde óssea e dental.

Receitas com cevadinha

1. Salada de cevadinha com atum

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de cevadinha;
  • 3 xícaras de chá de caldo de galinha ou legumes já diluído;
  • 1 xícara de chá de brócolis cortados;
  • 1 xícara de chá de couve-flor cortada;
  • ½ xícara de chá de pimentão vermelho cortado;
  • 1 xícara de chá de abobrinha ralada;
  • 2 latas de atum em água;
  • ½ xícara de chá de maionese light;
  • ½ xícara de chá de iogurte desnatado;
  • 2 colheres de sopa de cebolinha picada;
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada;
  • 2 colheres de sopa de suco de limão;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

Cozinhe a cevadinha no caldo de galinha. Quando o caldo começar a ferver, coloque em fogo baixo, tampe e deixe cozinhar por pelo menos 45 minutos ou até que a cevadinha esteja macia e já tenha absorvido todo o líquido. Reserve.

Branqueie o brócolis e a couve-flor, deixando-os em água fervente por cerca de 2 minutos. Deixe esfriar.

Misture a cevadinha com o brócolis, a couve-flor, os pimentões, a abobrinha e o atum sem a água. Em outro recipiente, misture os ingredientes restantes para fazer o tempero, misturando bem.

Adicione o tempero na mistura da cevadinha e está pronto para servir.

2. Risoto de cevadinha com cogumelos

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de azeite de oliva;
  • 2 xícaras de chá de cebola ou alho-poró picado;
  • 1 colher de sopa de semente de erva doce;
  • 1 xícara de chá de cevadinha;
  • ⅓ xícara de chá de xerez;
  • 3 xícaras de chá de caldo de galinha ou legumes já diluído;
  • 100 gramas de cogumelos secos;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto;
  • ¼ xícara de chá de queijo parmesão ralado.

Modo de preparo:

Aqueça o azeite em uma panela de pressão e refogue bem a cebola e as sementes de erva doce. Adicione a cevadinha e refogue por alguns minutos. Acrescente o xerez e mexa até que ele evapore. Junte o caldo de galinha, os cogumelos e o sal.

Feche a panela de pressão e assim que a pressão pegar, diminua para fogo médio por cerca de 20 minutos.

Retire a panela do fogo e retire a pressão em água corrente.

Volte com a panela para o fogo médio e mexa até que a mistura engrosse, cerca de cinco minutos.

Junte o queijo parmesão e está pronto. Esta receita combina muito bem com carne assada.

3. Sopa de cevadinha com lentilha

Ingredientes:

  • 2 a 3 dentes de alho picados;
  • 1 xícara de chá de cebolas picadas;
  • 2 cenouras médias picadas;
  • 7 xícaras de caldo de galinha ou de legumes já diluído;
  • 1 ½ xícara de chá de cogumelos frescos fatiados;
  • 1 xícara de lentilhas;
  • ½ xícara de cevadinha;
  • 1 colher de sopa de extrato de tomate;
  • 1 colher de sopa de tomilho desidratado;
  • 1 colher de sopa de curry;
  • 1 folha de louro;
  • 1 colher de sopa de salsinha;
  • 2 colheres de sopa de suco de limão;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

Aqueça o azeite de oliva em uma panela e adicione a cebola e o alho, deixando refogar por cerca de cinco minutos. Adicione as cenouras e refogue mais um pouco. Junte 6 xícaras de caldo de galinha, reservando uma, e adicione os cogumelos, as lentilhas, a cevadinha, o extrato de tomate, o curry e a folha de louro. Deixe ferver.

Reduza o fogo e deixe cozinhar por cerca de uma hora, até que as lentilhas e a cevadinha fiquem macias. Adicione o restante do caldo, o limão espremido, sal e pimenta a gosto. Não se esqueça de remover a folha de louro antes de servir. 

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia os benefícios da cevadinha para a saúde e boa forma? Pretende experimentar essas receitas para aproveitas suas propriedades? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

3 comentários em “9 Benefícios da Cevadinha – Receitas, Como Fazer, Propriedades e Dicas”

  1. Lembrei de uma dica interessante para acelerar o cozimento : coloco a cevadinha de molho com 3 ou 4 rodelas de limão por cima e deixo por uma noite. Demora apenas 20 a 25 minutos para ficar macio, no ponto. À parte frito cebola e alho a gosto e acrescento sal e misturo aos grãos prontos. Fica uma delícia.

  2. Gosto muito de cevadinha, mas aprendi muito com seu informativo, as receitas também são muito interessantes. Gratidão.

  3. Iniciei uma dieta pra emagrecimento recentemente e comprei cevadinha, pela primeira vez. Busco receitas de baixa calorias. Adorei a aula q tive aqui sobre esse grão.
    Obrigada.