Açúcar de Beterraba é Mais Saudável? Benefícios, Como Fazer e Onde Comprar

O consumo de açúcar, sempre que possível, deve ser limitado na dieta. Diretrizes dietéticas de órgãos de saúde afirmam que um plano alimentar com baixo teor de gordura total, gordura saturada e açúcar pode contribuir para a manutenção de um peso saudável e para a redução do risco de desenvolver doenças como a diabetes do tipo 2 e doenças cardíacas.

O que nem todos sabem é que, além da cana-de-açúcar, o açúcar refinado também pode ser extraído da beterraba. Mas será que o açúcar de beterraba é mais saudável que o açúcar proveniente da cana? Aqui, vamos discutir os benefícios de substituir o açúcar comum pelo açúcar de beterraba, como ele é feito e onde comprar esse açúcar.

Beterraba

A beterraba é uma raiz da espécie Beta vulgaris que pertence à família de planta Chenopodiaceae. Essa raiz é muito utilizada no preparo de saladas e sopas.

Dentre os principais benefícios da beterraba para a saúde, destacam-se a capacidade de promover a redução da pressão arterial sanguínea, prevenir alguns tipos de câncer, limpar o fígado, tratar a anemia e aumentar a libido. A beterraba também preserva a saúde da pele e previne o desenvolvimento de problemas oculares como a catarata e a degeneração macular.

Além do uso tradicional como alimento, a beterraba apresenta um alto teor de sacarose em sua composição, o que a torna um vegetal que pode substituir o açúcar extraído da cana-de-açúcar.

É importante deixar claro que a beterraba pode ser vermelha ou branca. Ambas são da mesma família de vegetais, porém as beterrabas brancas contêm um maior teor de açúcar em sua composição, o que as torna mais propícias para a produção de açúcar de beterraba. Por esse motivo, as beterrabas brancas são conhecidas também como beterrabas açucareiras.

Propriedades nutricionais

A beterraba é uma raiz muito nutritiva, que fornece uma grande variedade de vitaminas, fibras, minerais e compostos antioxidantes. Isso inclui nutrientes como o folato, a vitamina C, as vitaminas do complexo B e minerais como o manganês, o ferro, o cobre e o potássio.

Além disso, a beterraba também apresenta grandes quantidades de compostos fitoquímicos como as antocianinas, carotenoides, luteína, zeaxantina, glicina e betaína.

Como é de se esperar, a beterraba é rica em carboidratos como a sacarose, que dá o sabor adocicado à raiz. Ela também apresenta alto teor de fibras dietéticas e baixas quantidades de gordura, colesterol e calorias. Uma porção de 1 xícara de beterraba crua (136 gramas) contém apenas 59 calorias.

Açúcar de beterraba

A beterraba é composta basicamente por 75% de água, 20% de açúcar e 5% de polpa. O teor de sacarose em uma raiz pode variar de 12 a 21%, dependendo das condições de cultivo. Devido a essa alta concentração de sacarose, a beterraba pode ser usada para produzir açúcar assim como a cana.

Os principais produtores de açúcar de beterraba incluem os Estados Unidos e diversos países europeus como a França, a Alemanha, a Rússia e a Turquia.

Benefícios

Os benefícios de consumir esse tipo de açúcar são basicamente os mesmos que consumir a beterraba:

1. Redução da pressão arterial

A beterraba é rica em nitratos, que são convertidos em óxido nítrico no organismo. O óxido nítrico é conhecido por ajudar a relaxar e dilatar os vasos sanguíneos, reduzindo a pressão arterial elevada.

De acordo com uma pesquisa publicada na revista científica Hypertension da American Heart Association, pessoas com hipertensão que bebiam 250 mL de suco de beterraba apresentaram uma queda na pressão arterial sistólica. Outros estudos confirmaram esse fato, chegando a concluir que o suco de beterraba pode reduzir a pressão sistólica em até 5 pontos.

2. Desintoxicação do fígado

Substâncias chamadas betaínas presentes na beterraba ajudam a manter o fígado saudável. Além disso, a fibra solúvel pectina auxiliar na remoção de toxinas presentes no órgão.

Segundo a American Liver Foundation, a beterraba contém nutrientes que ajudam a curar doenças do fígado, incluindo a esteatose hepática, que ocorre quando há acumulo de gordura no fígado.

3. Prevenção da anemia

A beterraba contém quantidades significativas de ferro que ajudam a prevenir e a tratar a anemia através do estímulo à produção de glóbulos vermelhos. Soma-se a isso a capacidade da vitamina C encontrada na beterraba de aumentar a absorção de ferro pelo organismo.

4. Prevenção do câncer

Pesquisas indicam que o consumo de beterraba pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer devido à presença de nutrientes fitoquímicos importantes. Isso inclui as betacianinas e o betacaroteno, por exemplo.

Estudos mostram que tomar o suco de beterraba inibe mutações celulares e previne o desenvolvimento de tumores em vários órgãos.

5. Saúde do coração

A betaína presente na beterraba é capaz de ajudar a reduzir os níveis de homocisteína no organismo. Altos níveis dessa substância no corpo podem resultar em problemas cardiovasculares como a ocorrência de derrames e ataques cardíacos e promover o desenvolvimento de aterosclerose.

A fibra encontrada na beterraba também atua na redução do colesterol e dos triglicerídeos, aumentando os níveis do colesterol do tipo HDL (colesterol bom) e reduzindo o excesso de colesterol do tipo LDL (colesterol ruim).

Dessa forma, os nutrientes da beterraba podem ajudar a manter o coração saudável e prevenir o desenvolvimento de doenças cardíacas.

6. Aumento da resistência e desempenho físico

Estudos sugerem que o consumo de beterraba ajuda a melhorar o desempenho da corrida em adultos saudáveis. As pesquisas indicam que o suco de beterraba, por exemplo, aumenta a absorção de oxigênio em até 16% durante a atividade física, o que contribui para um melhor desempenho.

7. Aumento dos níveis de energia

O teor de carboidratos presente na beterraba fornece energia para atividades rotineiras e exercícios físicos intensos e prolongados.

A beterraba é uma fonte saudável de carboidratos que ajudam a manter o funcionamento adequado do organismo mesmo quando em esforço intenso.

8. Saúde do cérebro

A presença de nitratos na beterraba ajuda a melhorar a função cerebral, já que promove o aumento da oxigenação no órgão, especialmente em uma região responsável por sintomas da demência.

9. Afrodisíaco

A beterraba também é um vegetal afrodisíaco. Isso se deve à presença de boro, que é capaz de aumentar a produção de hormônios sexuais. Isso resulta em um aumento da libido, aumento da fertilidade e melhor mobilidade do esperma.

10. Redução de defeitos congênitos

A presença de folato na beterraba é essencial para o bom desenvolvimento do feto, especialmente da saúde cerebral e no desenvolvimento da coluna vertebral do bebê. Assim, o consumo de beterraba é essencial para evitar defeitos congênitos no feto devido à deficiência de folato.

11. Perda de peso

O teor de fibras e outros nutrientes na beterraba podem ajudar no emagrecimento através de uma melhor digestão. Além disso, minerais como o potássio e o magnésio, por exemplo ajudam a desintoxicar o organismo e eliminar excesso de fluidos, evitando o inchaço e a retenção de água no organismo.

12. Combate a inflamações

A betaína encontrada na beterraba ajuda a proteger as células, proteínas e enzimas de estresse. Além disso, ela pode ajudar a combater processos inflamatórios, a proteger os órgãos, a reduzir o risco de problemas cardiovasculares e a prevenir o desenvolvimento de doenças crônicas.

A betaína é especialmente importante no combate a inflamações, já que estudos mostram que a presença de betaína na dieta tem relação com níveis mais baixos de marcadores inflamatórios no corpo, tais como a proteína C reativa, o fator de necrose tumoral alfa e a interleucina-6.

A beterraba também é rica em compostos anti-inflamatórios que ajudam a manter o corpo saudável e livre de doenças.

Açúcar de beterraba é mais saudável?

Para entender se o açúcar de beterraba é mais saudável que o açúcar comum extraído da cana, vamos fazer uma breve análise comparativa de ambas espécies.

A cana-de-açúcar usada para produção de açúcar é submetida a um processo de refinamento em que é extraído o suco da polpa. Em seguida, esse líquido é filtrado e submetido a aquecimento para evaporar toda a água, sobrando apenas uma espécie de xarope de cana. Depois disso, o xarope é aquecido novamente e começam a ser formados os cristais de açúcar.

Esses cristais são separados e podem ser refinados mais uma vez para ficarem mais brancos. Enquanto isso, o líquido restante é o melaço, que contém os nutrientes da cana-de-açúcar e é usado para produzir o açúcar mascavo.

Já a beterraba é processada industrialmente de maneira um pouco diferente. Depois de colhidas, lavadas e cortadas, as raízes são colocadas em um difusor onde a água ajuda a extrair todo o líquido que contém açúcar. Depois disso, são adicionados alguns compostos químicos como o hidróxido de cálcio, o dióxido de enxofre e o gás carbônico para ajudar na formação de cristais e regular o pH do líquido produzido.

Apesar da adição de produtos químicos, logo em seguida eles são filtrados e removidos da mistura e o líquido resultante é aquecido para formar os cristais de açúcar e o melaço. Nesse processo, o açúcar também é refinado e todos os nutrientes da beterraba ficam concentrados no melaço e não no açúcar.

Conclusão

O açúcar extraído da cana-de-açúcar ou da beterraba que é submetido a um processo de refinação é 100% composto por sacarose. Assim, não importa a fonte: se o açúcar foi refinado, significa que os nutrientes da beterraba não foram mantidos no açúcar e aí não faz muita diferença você comprar o açúcar tradicional ou o açúcar de beterraba.

O que faz a diferença são fontes de açúcar de beterraba que não foram refinados ou que você mesmo tenha preparado em casa para preservar os nutrientes da raiz e não apenas a sacarose. Vamos ensinar em seguida como é esse processo de preparo de açúcar de beterraba em casa sem perder os nutrientes da raiz.

Onde comprar

O açúcar de beterraba é consumido em vários países e pode ser encontrado também no Brasil em algumas lojas físicas específicas ou em lojas de e-commerce.

Além de não ser encontrado em qualquer lugar, o valor desse açúcar não é dos mais acessíveis. O preço de um quilo do açúcar de beterraba chega a custar por volta de 50 reais. 

Como fazer

Felizmente, é possível fazer o açúcar de beterraba em casa, garantindo que o produto não seja submetido a processos de refinamento que retiram seus principais nutrientes. Dessa forma, o açúcar de beterraba é mais saudável.

O primeiro passo consiste em lavar muito bem a beterraba, descartar suas extremidades e cortar em cubos ou tiras pequenas.

Em seguida, coloque os pedaços cortados em uma panela com água suficiente para cobrir toda a beterraba. Deixe a água aquecer até ferver.

Observe se o suco da beterraba está sendo extraído pela água. Isso é mais fácil de observar se você usar a beterraba vermelha através da alteração da cor da água.

Depois disso, retire os pedaços de beterraba cujo líquido já foi extraído pela água e deixe apenas a água ferver até o volume reduzir a pelo menos um terço em relação ao volume de água inicial.

Quando o volume de água for reduzindo, já vai ser possível observar alguns cristais de açúcar na panela. Desligue o fogo e deixe a água esfriar para que mais cristais sejam formados.

Por fim, basta coar a mistura para separar os cristais de açúcar de beterraba da água. Os cristais podem ser pressionados para virar um pó.

Para obter mais açúcar, é possível repetir o processo com a água que sobrou para formar mais cristais. O processo pode ser repetido quantas vezes forem necessárias para obter o máximo de açúcar da raiz de beterraba.

Geralmente, é possível extrair até 1 kg de açúcar de 4,5 kg de beterraba.

Considerações finais

O açúcar de beterraba pode ser uma boa alternativa apenas se você produzir o produto em casa ou adquirir de fontes confiáveis que não refinam o açúcar. Ao comparar se o açúcar de beterraba é mais saudável, não faz diferença usar o açúcar refinado proveniente da cana ou da beterraba, pois ambos serão pobres em nutrientes e vão apenas contribuir para o aumento dos níveis de açúcar no sangue e para o ganho calórico.

Referências Adicionais:

Você acreditava que o açúcar de beterraba é mais saudável que o da cana? Já experimentou esse tipo de açúcar alguma vez? Pretende fazer em casa o seu? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário