Água com Bicarbonato em Jejum Emagrece? Faz Mal?

O bicarbonato é um ingrediente comum em nossas cozinhas e até mesmo para compor soluções caseiras de limpeza. A mistura de água com bicarbonato é muito popular como um antiácido para aliviar sintomas relacionados à indigestão, mas você sabia que algumas pessoas acreditam ainda que água com bicarbonato em jejum emagrece?

Vamos falar sobre o uso de água com bicarbonato em jejum com este intuito e dizer se tal prática é realmente eficaz ou se não passa de um mito que serve apenas para iludir pessoas que buscam meios de perder peso com mais facilidade.

Água com bicarbonato em jejum emagrece?

Ao contrário do que algumas pessoas afirmam, não podemos dizer que isso é verdade. A ciência por trás de alegações de que beber água com bicarbonato em jejum emagrece é praticamente inexistente.

Os 2 tópicos a seguir ajudam a ilustrar a falta de evidências em relação a isso.

1. Suposto efeito na quebra de gordura

Vários rumores indicam que o bicarbonato é capaz de auxiliar o corpo a quebrar gordura, mas na verdade isso não acontece. Quando o bicarbonato de sódio é ingerido, o que acontece é uma neutralização dos ácidos estomacais em excesso.

Nessa reação de neutralização, são formados subprodutos como o sal, a água e o gás carbônico, que faz com que você arrote e elimine o gás formado. Esse processo é o responsável pela sensação de alívio quando nos sentimos muito cheios, com náuseas ou com uma certa indigestão causada pelo excesso de ácidos estomacais, mas isso não tem relação nenhuma com a absorção das calorias ou com a quebra de gorduras no organismo.

Além de não ajudar na perda de gordura, o gás carbônico formado devido ao efeito antiácido provavelmente vai te deixar mais inchado, ao menos no curto prazo até que seu corpo elimine o gás.

2. Suposto efeito no desempenho atlético

Embora o bicarbonato de sódio não gere perda de peso, é possível que ele melhore o desempenho durante atividades físicas. Segundo estudo publicado em 2013 na revista científica European Journal of Applied Physiology, o consumo de bicarbonato de sódio 60 minutos antes de um treino de força ajudou os indivíduos a completar mais repetições com menos sinais de fadiga muscular quando comparados com aqueles que tomaram um placebo.

Apesar dos resultados serem promissores para ajudar as pessoas a ter mais resistência durante os treinos, tal estudo envolveu apenas 12 pessoas do sexo masculino e mais pesquisas são necessárias para atestar a eficácia desse suplemento.

Há outros indícios de que o bicarbonato de sódio também pode melhorar a velocidade e a resistência física durante a execução de exercícios aeróbicos que forçam o sistema cardiovascular.

Quando o corpo é forçado a trabalhar próximo à sua capacidade máxima, os músculos começam a produzir mais lactato, que é um subproduto da respiração anaeróbica que é requisitada quando estamos muito ofegantes e com pouco oxigênio disponível.

O lactato ou ácido lático que é produzido com maior frequência quando estamos praticando um exercício intenso vai se acumulando no organismo e ele é o responsável pela sensação de fadiga e queimação muscular durante a atividade. Por ser um composto alcalino, o bicarbonato de sódio parece ser capaz de neutralizar a acidez devido ao acúmulo de lactato. Isso faz com que a sensação de fadiga seja amenizada e que o atleta ou o praticante do exercício físico consiga realizar a atividade por mais tempo antes de ficar totalmente fadigado.

De acordo com um estudo de 2014 publicado no periódico científico PLOS ONE, ciclistas que ingeriram bicarbonato de sódio 60 minutos antes da atividade também apresentaram melhores tempos em atividades antes da exaustão física.

Também são necessárias pesquisas complementares sobre o assunto, mas os estudos citados anteriormente são um bom indício de que o bicarbonato de sódio pode ajudar o corpo a trabalhar por mais tempo, queimando mais calorias e auxiliando na perda de peso.

No entanto, há também o contraponto de que ingerir grandes quantidades de bicarbonato de sódio pode causar desconforto estomacal e prejudicar o rendimento em atividades físicas, o que ainda não foi levado em conta na maioria dos estudos sobre o assunto.

Faz mal tomar água com bicarbonato?

Apesar de o bicarbonato de sódio ser um ingrediente comum na cozinha e um remédio caseiro para a azia e a indigestão, o seu uso não é isento de riscos. O consumo em excesso de água com bicarbonato pode gerar muito gás carbônico no estômago, o que pode causar uma sensação de inchaço e flatulência extremamente desagradável.

Além disso, por conter sódio em sua composição, o bicarbonato pode não ser bom para pessoas que sofrem de problemas cardíacos ou doenças renais. O exagero na ingestão de água com bicarbonato pode resultar em problemas de hipertensão e problemas renais e cardíacos mesmo em indivíduos saudáveis.

Por fim, o bicarbonato pode interagir com alguns medicamentos como a aspirina, alguns antibióticos e alguns antidiabéticos. Dessa forma, não é indicado sair tomando água com bicarbonato todos os dias sem antes consultar um médico, principalmente se você usa algum dos remédios mencionados anteriormente.

Dicas eficazes para perder peso

Embora o bicarbonato de sódio até possa ter um efeito benéfico em relação ao desempenho físico e à queima de mais calorias, tomar água com bicarbonato em jejum não é suficiente para uma perda de peso eficaz.

A geração de gás carbônico pode deixar o estômago cheio e acabar com o apetite, o que indiretamente pode ajudar a perder peso. Mas essa é outra maneira ineficiente para emagrecer.

A grande fórmula para emagrecer não é segredo para ninguém, mas ela exige muito esforço e dedicação, o que faz com que as pessoas se iludam com técnicas e soluções relativamente fáceis e milagrosas para perder peso.

Assim, ao invés de apostar todas as suas fichas acreditando que a solução de água com bicarbonato em jejum emagrece, por que não se concentrar em boas escolhas alimentares e em um plano de atividades físicas regulares para perder peso?

– Escolha bem seus alimentos

Evite o consumo de alimentos industrializados e açucarados e foque em uma dieta saudável e equilibrada rica em frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras e que contenha menos calorias do que o seu corpo necessita.

– Faça exercícios físicos

A inclusão de exercícios físicos na sua rotina não só ajuda a queimar mais calorias como beneficia a saúde em geral e previne o desenvolvimento de diversas doenças.

– Alie sua dieta com um plano adequado de atividade física

A combinação de uma dieta hipocalórica – com pelo menos 500 calorias a menos do que o seu corpo necessita diariamente – com exercícios físicos aeróbicos é a receita certa para perder peso.

– Consulte um nutricionista

Vale lembrar que outros fatores devem ser considerados quando se está tentando perder peso. Se você pratica musculação, por exemplo, é normal que a perda de peso não seja observada na balança já que o aumento de massa magra compensa a perda de gordura.

Para ter uma melhor noção do que está acontecendo no seu corpo, procure usar uma balança com bioimpedância ou um nutricionista, pois assim você irá notar que na verdade está trocando a gordura pela massa magra, o que é muito benéfico para o organismo.

Se você tem dificuldades para montar uma dieta mais saudável e com menos calorias, procure um nutricionista de confiança para te orientar e seja consistente na mudança de hábitos. Só com consistência, disciplina e força de vontade, os resultados virão para te surpreender.

Referências Adicionais:

Você já ouviu falar que água com bicarbonato em jejum emagrece? Conhece alguém que tome essa mistura por acreditar nisso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário