Biomassa de Banana Verde Emagrece?

A biomassa de banana verde é uma receita que foi criada no ano de 1992 pela ex-produtora do Vale do Ribeira, a brasileira Heloísa Freitas Valle. Ela teve a ideia de fazer receitas com a banana verde depois que seu sítio foi roubado e os ladrões levaram embora todo o seu estoque de mantimentos. Hoje em dia a receita está muito popular e surge a dúvida: Será que a biomassa de banana verde emagrece mesmo?

A criação da dona Heloísa é preparada a partir do cozimento das polpas de banana verde. O resultado final da receita é uma biomassa composta por amido resistente, que não pode ser digerido pelo organismo, e passa direto para o intestino grosso, onde serve como alimento para a flora intestinal.

Esse tipo de amido funciona como uma fibra, contribuindo com o bom funcionamento do intestino. Além disso, ele também colabora com a prevenção do diabetes do tipo 2 e do desenvolvimento de câncer do intestino, ao mesmo tempo em que melhora a imunidade.

A receita brasileira ainda é fonte de vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, aminoácidos, ácidos graxos, potássio, manganês e fósforo.

Biomassa de banana verde emagrece?

Como acabamos de te contar, o amido resistente presente na biomassa funciona como uma fibra, isso quer dizer que assim como as fibras, ele promove a sensação de saciedade no organismo, o que é de grande ajuda na hora de controlar o apetite.

E uma vez com o apetite controlado fica bem mais fácil não exagerar na comilança e cortar o consumo de calorias, o que é importante para perder peso. Logo, podemos dizer que sim, a biomassa de banana verde emagrece.

Mas não é só isso: ela também reduz a absorção de gorduras e de açúcar, provenientes da alimentação, o que também colabora com o controle do peso. Outro ponto positivo é que no preparo de receitas, o ingrediente pode substituir o creme de leite, a maionese, o óleo e o leite condensado, porque também ajuda a engrossar. A vantagem é que ela tornará os pratos mais saudáveis e menos calóricas, sem interferir no sabor.

Entretanto, vale ressaltar que não estamos falando aqui de um alimento milagroso. Comer a biomassa não garantirá a perda de peso, somente auxiliará o processo. Logo, não adiantará muita coisa, preparar a receita e consumi-la todo santo dia se não cuidar da dieta de uma maneira geral, comendo de forma controlada, equilibrada e saudável, e se não deixar o sedentarismo de lado e passar a praticar alguma atividade física para promover o gasto calórico.

Outros benefícios da biomassa de banana verde

Agora que já vimos que a biomassa de banana verde emagrece, chegou a hora de conhecer os outros benefícios que ela traz:

Melhoria da flora intestinal

No início do texto a gente falou que o amido resistente da biomassa alimenta a flora intestinal. Isso contribui para o seu desenvolvimento e saúde, o que é importante para o corpo humano porque o grupo de bactérias que fazem da parte da flora intestinal ajudam na digestão dos alimentos e controlam o crescimento de micro-organismos causadores de doenças na região.

Evita o desenvolvimento de diabetes do tipo 2

A razão pela qual a biomassa de banana verde previne contra a diabetes do tipo 2 é que ela evita os picos das taxas de glicose no sangue, que, por sua vez, são responsáveis por um grande aumento nos níveis de insulina. Quanto está hormônio é encontrado em altos níveis no organismo, alguns órgãos do corpo podem ficar resistentes a ela, o que exige uma produção ainda maior da substância e causa a resistência à insulina, que é um fator de risco para o diabetes do tipo 2.

Auxílio ao sistema imunológico

Este benefício está ligado à saúde da flora intestinal. É que quando ela trabalha direitinho, é capaz de produzir um composto chamado de citocina anti-inflamatória, que melhora a imunidade e torna o funcionamento dos anticorpos mais eficaz.

A flora intestinal saudável ainda fornece o aminoácido butirato, que deixa os anticorpos do intestino mais fortes para lutar contra os invasores que atacam a região.

Diminuição dos níveis do colesterol

Enquanto o butirato gerado pela flora intestinal traz uma pequena redução nos níveis de colesterol encontrados no fígado, o amido resistente da biomassa diminui o colesterol que é adquirido por meio dos alimentos consumidos.

Como fazer biomassa de banana verde

Ingredientes:

  • Bananas nanicas verdes.

Modo de preparo:

1 – Retirar as bananas do cacho, com bastante cuidado e delicadeza, para não desperdiçar o talo;

2 – Limpar bem as frutas, com o auxílio de água e sabão;

3 – Encher uma panela de pressão até a metade com água e levar ao fogo para ferver;

4 – A partir do momento que a água começar a ferver, adicionar as bananas. Tampar a panela e deixar em fogo alto. Desligar apenas quando ela começar a chiar;

5 – Quando desligar, tomar o cuidado de esperar a pressão sair naturalmente, antes de abrir a panela;

6 – Depois que abrir, retirar as bananas e passar para um refratário. Na sequência, tirar as cascas e remover as polpas;

7 – Passar as polpas para o liquidificador ou processador de alimentos. Adicionar um pouco de água e bater, com a polpa ainda quente, para formar uma massa grossa, que caracterizará a biomassa;

8 – Depois que tiver pronto, consumir, utilizar em receitas de sucos ou comidas ou armazenar.

Na preparação de sucos, a orientação é usar ½ xícara da biomassa, já no preparo de comidas, a recomendação é utilizar uma xícara do ingrediente. Dá para preparar receitas de muffins, bolos, estrogonofes, salpicões, omeletes, tortas, cremes, molhos, massas sem glúten, pães doces e brigadeiros. 

Cuidados

A orientação é a de não ultrapassar o consumo diário de duas colheres de sopa de biomassa de banana verde. A ingestão em excesso pode causar gases, flatulências, diminuir a absorção de nutrientes como zinco e cálcio e deixar o intestino solto.

Ao ser preparada em casa, ela pode ser armazenada na geladeira por até sete dias. Quem deseja guardar por mais tempo, pode deixá-la no congelador durante no máximo dois meses.

Contraindicações

A biomassa de banana verde está liberada para crianças, adultos, mulheres grávidas ou que estejam amamentando seus bebês e idosos. A única restrição fica para aqueles que sofrem com alergia à banana.

Alguns vídeos interessantes

Nesse primeiro vídeo, uma nutricionista fala um pouco da biomassa de banana verde.

Esse vídeo apresenta uma receita de bolo usando a biomassa de banana verde. Também mostra como fazer a biomassa.

Referências

  1. Borges M.T.M.R., “Potencial vitamínico de banana verde e produtos derivados.” (tese de doutorado), Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP, Brazil, 167pp. (2003).
  2. Zandonadi, Renata Puppin, et al. “Green banana pasta: an alternative for gluten-free diets.” Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics 112.7 (2012): 1068-1072.
  3. Alkarkhi, Abbas FM, et al. “Comparing physicochemical properties of banana pulp and peel flours prepared from green and ripe fruits.” Food Chemistry 129.2 (2011): 312-318.
  4. Araújo, Halina Mayer Chaves, et al. “Doença celíaca, hábitos e práticas alimentares e qualidade de vida.” (2010).
  5. Izidoro, D.R., “Influência da polpa de banana (Musa cavendishii) verde no comportamento reológico, sensorial e físico-químico de emulsão.” (dissertação de mestrado), Universidade Federal do Paraná, Curitiba-PR, Brazil, 147pp. (2007).

Você sabia que a biomassa de banana verde emagrece? Já experimentou alguma receita colocando-a no lugar de massas tradicionais? Você precisa de ingredientes sem glúten? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (15 votos, média: 4,60 de 5)
Loading...

Deixe um comentário