Orégano Emagrece? Benefícios, Óleo de Orégano e Dicas

Especialista:
atualizado em 03/06/2020

Se alguém lhe dissesse que orégano emagrece, você acreditaria? Quando pensamos em orégano, pode ser um pouco complicado relacionar o uso da erva com o emagrecimento, não é mesmo? Afinal, é tão comum encontrá-la como acompanhamento de lanches que em nada ajudam a perder peso, como a pizza, por exemplo. Entretanto, indo contra as aparências, é possível afirmar que orégano emagrece. Tudo vai depender de como a erva é usada.

Mais conhecido como um nutriente com reforço natural ao organismo do ser humano, com propriedades antibacterianas e antifungicidas, o óleo de orégano também pode ser importante para o combate à obesidade, além de trazer benefícios para o processo de perda de peso.

Óleo de Orégano Para Emagrecer

Tais benefícios são possíveis por conta de uma substância presente no óleo de orégano, o carvacrol. Foi feito um estudo focado na capacidade de queima de gordura do óleo, que constatou que a substância pode modular genes e diminuir inflamações no tecido adiposo branco.

A pesquisa, que foi feita com pequenos ratos, demonstrou que aqueles que não receberam o carvacrol logo se tornaram obesos. Já os que tiveram contato com o ingrediente, obtiveram uma perda de peso significativa e diminuíram os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue.

A quantidade de carvacrol utilizada no estudo é compatível com a quantidade consumida por seres humanos que tomam óleo de orégano para reforçar a imunidade. Geralmente, uma dieta com 1.500 calorias precisa de 1,5 calorias de carvacrol e uma de 2.000 calorias necessita de 2 calorias de carvacrol.

Isso quer dizer que se um indivíduo ingere 1.500 calorias diariamente, irá precisar de 166 miligramas do ingrediente e aquele que ingere 2.000 calorias a cada dia terá que receber 222 miligramas de carvacrol. Tendo em vista que a cápsula de 100 miligramas de orégano geralmente apresenta 65 miligramas de carvacrol, a pessoa terá que tomar de três a quatro cápsulas por dia.

Outras formas de Orégano

Entretanto, não é só o óleo de orégano que emagrece. É possível dizer que outras formas do orégano também ajudam a perder peso. Isso ocorre porque a erva atua como antioxidante, é diurética e ainda pode estimular a produção de enzimas responsáveis pelo processo de digestão de carboidratos.

Propriedades do óleo de orégano

O óleo de orégano é importante para a saúde porque possui propriedades como flavonóides, magnésio, cálcio, zinco, ferro, potássio, cobre, boro, manganês, vitaminas A, C, E e niacina.

Modo de usar

Para adultos, podem ser despejadas duas gotas do óleo do orégano em um copo de água, que deve ser tomado de uma a duas vezes ao dia. Para as crianças, deve ser adicionada uma gota do óleo em um copo de água, que também deve ser ingerido de uma a duas vezes ao dia.

Existe ainda a possibilidade de adquirir a substância em formato de cápsulas. Elas devem ser tomadas sempre respeitando as instruções do fabricante.

Outros benefícios do orégano

Extraído de plantas de orégano selvagem, o óleo de orégano emagrece e também ajuda a manter o equilíbrio da flora intestinal. Ele pode aumentar a flexibilidade muscular e das articulações, por atuar no sistema musculoesquelético.

O óleo de orégano também pode ser indicado no tratamento de infecções virais, bacterianas, fúngicas e parasitárias, de problemas respiratórios, resfriados e gripes, doenças broncopulmonares, problemas digestivos, problemas das vias urinárias, alergias e enxaquecas.

Em relação ao combate a gripes e resfriados, a substância pode ajudar a acrescentar uma camada de proteção ao sistema imunológico, quando ingerida adequadamente. Quando sentir que o resfriado está batendo à porta, basta adicionar de três a seis gotas do óleo em uma cápsula vazia e tomar de duas a três vezes diariamente antes de cada refeição. O procedimento deve ser repetido durante 5 a 10 dias.

Quem sofre com alergias pode encontrar alguns benefícios nas propriedades do óleo de orégano. É que ele pode produzir efeitos sedativos na hiper sensibilidade trazida por uma alergia e aliviar um pouco a pele. A vantagem de usar essa substância é que ela é natural, o que já reduz bastante a chance de efeitos colaterais.

Para ter absoluta certeza de que o óleo de orégano irá realmente ser benéfico para o tratamento de algum desses problemas de saúde, é importante que o paciente consulte um médico que irá apresentar o diagnóstico correto.

Além disso, não pode deixar de ser ressaltada a importância da qualidade do óleo de orégano consumido. O orégano orgânico é bastante diferente do tradicional óleo de orégano encontrado em mercados, por exemplo.

O orégano também pode ser consumido na forma de chá. O ingrediente ainda pode trazer benefícios como o alívio de sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM) e na diminuição de retenção de líquidos pelo corpo. Confira abaixo uma receita de chá de orégano.

Receita

Ingredientes:

  • Uma colher de sopa de folhas de orégano;
  • Uma xícara de água quente.

Modo de fazer:

Colocar as folhas de orégano, que podem estar secas ou não, dentro de uma xícara. Após isso, esquentar uma xícara com água, deixando o fogo aceso até começarem a aparecer as primeiras bolhas de fervura. Adicionar a água quente na xícara e tomar o chá depois que esfriar.

O chá deve ser feito de duas a três vezes ao dia, sem ultrapassar o limite de 12 horas entre a ingestão de uma xícara e outra.

Possíveis efeitos colaterais e contra indicações

É indicado informar ao médico o uso do óleo de orégano para que ele avalie se o paciente pode sofrer algum efeito colateral ou se a substância é contra indicada ao organismo do indivíduo.

Um dos possíveis efeitos colaterais é a redução da capacidade do organismo em absorver ferro. Por isso, é aconselhado que o consumo regular do óleo seja acompanhado da ingestão de suplementos de ferro.

Outros problemas que podem aparecer são irritação cutânea, diarréias e vômitos.

A substância é contra indicada para pessoas que apresentem alergia a tomilho, basílico, menta ou sálvia, que fazem parte da mesma família de plantas que o orégano. Outra recomendação feita é que mulheres grávidas não tomem o óleo de orégano com frequência.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já tinha ouvido falar que o orégano emagrece? Conhecia o óleo de orégano? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (15 votos, média: 4,53 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário