Pão Sírio Engorda ou Emagrece? Calorias, Tipos e Dicas

Especialista:
atualizado em 03/06/2020

Confira se o pão sírio engorda de acordo com tipos diferentes e suas calorias e veja se há outras opções de pão mais saudáveis para consumo.

O pão sírio é um pão de formato redondo que pode ser utilizado em receitas de wraps, pizzas, sanduíches e panquecas, por exemplo. Mas será que ele é uma boa escolha para quem procura emagrecer?

Ou o ingrediente pode favorecer o aumento de peso? Acompanhe e aproveite para ver também quantas calorias têm diferentes tipos de pão.

Sobre o pão sírio

O pão sírio é um pão originário do Oriente Médio, que também pode ser conhecido pelos nomes de pão árabe e pão pita. Ele apresenta um formato redondo e achatado e possui duas folhas de massa que são unidas pelas extremidades, formando algo como um envelope.

Preparado à base de água e farinha de trigo, o pão sírio também pode levar um pouco de fermento e açúcar em sua formulação. Acredita-se que ele faça parte do grupo dos pães mais antigos a serem inventados.

E então, será que o pão sírio engorda ou emagrece?

A resposta para a pergunta vai depender muito do modo como ele é utilizado.

Para começarmos a falar a respeito disso, vamos dar uma olhada na quantidade de calorias que o produto pode apresentar, conforme demonstrado na tabela a seguir:

Pão sírio Calorias por porção
Pão Sírio Médio da marca Pita Bread 144 calorias em 50 g
Pão Sírio Grande Beiruthe da marca Beiruthe 147 calorias em 50 g
Mini Pão Sírio da marca Kebai 144 calorias em 50 g
Pão Sírio da marca Carrefour 127 calorias em 50 g
Pão Árabe da marca Tenda Árabe 119 calorias em 50 g
Pão Árabe Folha da marca O Rei do Pão Árabe 85 calorias em 50 g
Pão Sírio Integral da marca Pita Bread 124 calorias em 50 g
Pão Árabe Integral da marca Baalbek 141 calorias em 50 g

Os valores demonstrados acima nos indicam que, a partir de um ponto de vista calórico, é possível incluir o pão sírio na dieta sem estimular o aumento de peso, já que os teores calóricos não são o que se costuma chamar de elevado.

Por outro lado, se a pessoa exagerar nas porções e consumir uma quantidade mais elevada de pão sírio, poderá favorecer o acúmulo de calorias em seu corpo e, consequentemente, a elevação do peso corporal.

Até porque é importante lembrar que raramente uma pessoa consome o pão sírio sozinho: ele costuma ser recheado ou coberto por acompanhamentos, que trazem o seu próprio teor de calorias.

Vale lembrar que cada marca de pão sírio pode ter uma quantidade diferente de calorias. Portanto, para saber o teor calórico do pão sírio que você está prestes a levar para casa, cheque a tabela nutricional que deve estar presente na embalagem do produto.

Pão é pão

O pão sírio ainda é um pão, e como tal, é uma fonte de carboidratos, que apesar de ser um nutriente importante para o fornecimento de energia ao corpo, pode pender para o lado do aumento de peso se for consumido de maneira excessiva.

É verdade que comer muitos carboidratos pode fazer com que você ganhe peso, especialmente se eles forem carboidratos pobres em fibras e de alto índice glicêmico. Com isso, para quem tem o objetivo de emagrecer ou pelo menos manter o peso sem engordar, temos mais um motivo para não exagerar no consumo do pão sírio. O que pode não ser uma tarefa tão simples assim.

Em artigo publicado no site WebMD, a nutricionista Elizabeth Ward levantou a hipótese de que talvez o pão possa ser um dos responsáveis pelo surgimento dos quilos a mais. Ela citou a nutricionista Heather Bauer, que lembrou que as pessoas costumam exagerar quando se trata de pão e outros grãos altamente refinados.

Bauer – que é coautora do livro “Bread is the Devil: Win the Weight Loss Battle by Taking Control of Your Diet Demons” (Pão é o Diabo: Ganhe a Batalha da Perda de Peso Controlando os Demônios da Sua Dieta, tradução livre), disse ainda que quando alguém está faminto, cansado ou estressado, tende a recorrer a produtos à base de pão.

O problema disso é que quanto mais pão uma pessoa come, mais pão ela deseja. “Bauer está se referindo especificamente ao pão branco, aos biscoitos, aos pretzels e outros grãos altamente refinados que vieram a simbolizar a luta com o controle do peso. Comer grãos integrais, por outro lado, é uma estratégia sólida de perda de peso”, esclareceu Ward.

O pão sírio integral

Para quem está lutando contra a balança de olho na diminuição do peso, o pão sírio integral se mostra uma alternativa vantajosa em relação à versão tradicional do produto.

“Comer mais fibras, o que você consegue quando come (pães) pitas de grão integral, pode ajudar a limitar os ganhos de peso e de gorduras, de acordo com um estudo publicado no ‘The Journal of Nutrition’ (O Jornal da Nutrição, tradução livre) em janeiro de 2009”, afirmou a mestra em política alimentar e nutrição aplicada Jessica Bruso.

A Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos, aponta que uma dieta rica em fibras pode diminuir os riscos de desenvolvimento de obesidade, doença no coração e diabetes.

Isso pode ter algo a ver como o fato de que as fibras são conhecidas por adicionarem volume à dieta e fazem com que o corpo sinta-se saciado mais rapidamente, o que contribui com o controle do peso, de acordo com o que informou o MedlinePlus, portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos.

Para ter certeza que um pão sírio apresentado como integral na embalagem é realmente integral, procure pela lista de ingredientes no rótulo do produto. Se os ingredientes integrais aparecem mais para o final da lista, isso é sinal de que ele não é tão integral assim.

Isso porque os ingredientes utilizados em um produto aparecem na lista em ordem decrescente, ou seja, os que se encontram em maior quantidade são apresentados primeiro e os presentes em menor quantidade são mencionados por último.

Você ainda pode melhorar o teor de fibras do seu pão sírio recheando-o com acompanhamentos que sirvam como fonte do nutriente. Segundo a Mayo Clinic, alguns exemplos de alimentos que contêm o nutriente e podem servir de recheio ou cobertura para o pão pita são: brócolis, nabiças, couve-flor, cenoura, quinoa e sementes de chia.

No entanto, para quem não está muito acostumado a consumir fibras no seu dia a dia, fica o recado: o nutriente deve ser adicionado lentamente na dieta porque aumentar a ingestão de fibras alimentares muito rapidamente pode provocar efeitos colaterais como gases, inchaço e cólicas, advertiu o portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos.

A questão dos acompanhamentos

Já que mencionamos os acompanhamentos, vale a pena pegar o gancho para ressaltar que o consumo de pão sírio engorda ou emagrece conforme os ingredientes que forem utilizados para recheá-lo ou cobri-lo.

Vamos pensar juntos: uma coisa é rechear o pão sírio com uma carne magra como um peito de frango sem pele acompanhado de um queijo magro, folhas verdes e legumes, temperados com azeite de oliva e ervas.

Outra bem diferente é utilizar o pão sírio para fazer uma pizza calórica, com muito queijo, catupiry, bacon, linguiça e molhos gordurosos.

Portanto, na hora de utilizar o pão sírio nas refeições, a pessoa precisa parar e pensar sobre qual é o seu objetivo – engordar, manter o peso ou emagrecer – e montar o prato com os acompanhamentos e ingredientes que a auxiliem a atingir a meta em questão.

Entretanto, no caso do baixo peso, em que o objetivo é engordar, mais aconselhável do que acompanhar o pão sírio com ingredientes gordurosos, calóricos e lotados de açúcar e sódio é optar por alimentos calóricos, que também sejam saudáveis, ou aumentar a quantidade dos ingredientes nutritivos que não sejam tão calóricos assim.

Isso porque embora os ingredientes gordurosos, calóricos e lotados de açúcar e sódio realmente possam estimular o ganho de peso, eles não são saudáveis e poderão favorecer o desenvolvimento de outros problemas de saúde.

Além de saber se o pão sírio engorda ou emagrece

É importante lembrar que um único alimento não pode ser considerado sozinho o responsável pelo aumento ou pela diminuição do peso. Afinal, é todo o contexto da dieta que determina se uma pessoa vai comer ou engordar.

Qualquer que seja o objetivo, o ideal é sempre procurar atingi-lo de maneira saudável, por meio de um regime alimentar que seja nutritivo, controlado e equilibrado. Como pode ser um tanto quanto difícil encontrar uma dieta do tipo por conta própria, vale muito a pena procurar o auxílio de um bom nutricionista.

O profissional é habilitado para indicar um programa alimentar que auxilie a atingir os objetivos que se tem, ao mesmo tempo em que fornece os nutrientes e a energia que o organismo exige para funcionar direitinho.

Tenha em mente que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir as informações qualificadas e profissionais do nutricionista.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências adicionais:

Você já se perguntou se pão sírio engorda ou emagrece? Consome com frequência esse tipo de pão? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário