Queijo Mussarela Engorda?

Especialista:
atualizado em 17/12/2019

Quem não gosta de saborear um queijinho mussarela de vez em quando? Seja como petisco, acompanhando de outros tipos de queijo e uma taça de vinho, em um sanduíche ou como complemento de uma receita com carne ou frango, o ingrediente certamente agrada a muitos paladares.

No entanto, quem se preocupa com a boa forma não pode simplesmente se deixar levar apenas pelo agrado ao paladar que determinado alimento oferece. Antes de se render ao desejo e à tentação de consumi-lo, é necessário saber se ele não atrapalhará a dieta e não resultará em quilinhos a mais na balança.

Assim, a pergunta que fica é: será que o queijo mussarela engorda muito? Será que ele é nutritivo e/ou oferece algum tipo de benefício à saúde? Como poderíamos comê-lo de maneira que não extrapolemos as calorias? As respostas para essas perguntas você pode conferir logo na sequência:

As calorias presentes no queijo mussarela

Uma coisa que nunca passa batida quando pensamos se um alimento ou prato causa o aumento de peso ou não é o número de calorias presentes nele. Sendo assim, para começar a entender se o queijo mussarela engorda, não podemos deixar essa informação de fora da nossa análise.

Uma fatia equivalente ao peso de 30 g possui 86 calorias. Entretanto, esse valor pode variar de acordo com a marca que fabrica o produto.

Olhando isoladamente, o valor pode não parecer tão alto, mas algo que não podemos deixar de levar em consideração é que nem sempre consome-se somente uma fatia do queijo e que ele geralmente vem acompanhado de outros alimentos.

Vamos então observar alguns exemplos? Comecemos com um lanche feito com pão francês, duas fatias do queijo mussarela, tomate e maionese. Juntando todos esses ingredientes, temos um total de 372 calorias em apenas um lanche.

Entretanto, se fizermos algumas substituições nessa receita, deixando apenas uma fatia de mussarela, utilizando a maionese light e trocando o pão francês por pão integral, o número de calorias diminui para 256 calorias.

São 116 calorias a menos. Se pensarmos que esse tipo de lanche pode ser consumido ao menos uma vez por semana na dieta de uma pessoa, ao longo de um mês teríamos uma diferença de 464 calorias.

Dessa maneira, a primeira conclusão que podemos tirar em relação ao fato se o queijo mussarela engorda ou não é que isso depende de fatores como a porção e frequência em que ele é consumido e dos outros alimentos que o acompanham.

Assim, o problema em relação ao ganho de peso não é a presença do queijo mussarela na alimentação, mas sim o exagero no seu uso e a escolha de opções mais calóricas para acompanhá-lo.

De qualquer modo, para os fãs de queijo que não conseguem ficar sem o produto laticínio, a mussarela ainda se mostra uma opção de queijo mais vantajosa do que outros tipos como o provolone, que possui aproximadamente 100 calorias por fatia, o cheddar, que tem 113 calorias na mesma proporção ou o gorgonzola, que contém em torno de 120 calorias por fatia.

Outras opções de queijo 

Por outro lado, também existem outras versões do queijo menos calóricas que a mussarela. Dessa maneira, se você não conseguir ser tão comedido assim nas porções do seu queijo, experimente substituí-lo por tipos menos calóricos como o cottage, que possui 35 calorias a cada 30 g, ou a ricota, com 40 calorias em uma porção nessa mesma quantidade.

A composição 

O efeito que um alimento causa no corpo humano em relação à saúde e boa forma não pode ser medido simplesmente pelo número de calorias que ele apresenta. É preciso prestar atenção mas substâncias e nutrientes que fazem parte de sua composição. E é justamente isso o que nós vamos fazer agora.

Um dos problemas que encontramos com o queijo mussarela é o seu teor de gordura, cuja maior parte é do tipo saturada. Na sua versão tradicional essa taxa fica em 63%, e na light o valor é de 40%. Isso se reflete em mais ou menos 6,3 g de gordura em uma porção de uma fatia, ou 30 g.

O problema desse alto teor de gordura saturada presente na mussarela é o risco de extrapolar o limite do consumo diário recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para esse nutriente, que é de 10% do total de calorias ingeridas em um dia. Isso significa dizer que alguém que obtém 2 mil calorias diariamente não pode consumir mais de 200 calorias – ou 22,2 g – de gorduras saturadas por dia.

A orientação do Programa Nacional de Educação em Colesterol da Associação Americana do Coração é ainda mais severa e determina que a ingestão desse tipo de gordura não ultrapasse os 7% da totalidade das calorias consumidas diariamente.

Tudo isso porque quando encontrada em excesso no organismo essa gordura pode levar a problemas como o aumento da taxa de colesterol, doenças no coração e obesidade.

Outra questão preocupante em relação à mussarela é o seu alto teor de sódio: são cerca de 114 mg encontradas a cada 30 g. Esse nutriente é até importante para o organismo, já que contribui com a contração muscular, a manutenção do equilíbrio do pH, a hidratação e a regulação do volume de sangue no corpo, por exemplo. Entretanto, é importante que o seu consumo diário não seja maior do que 2.300 mg.

Quando esse limite é ultrapassado, a substância faz muito mal à saúde: aumenta a pressão arterial, o risco de desenvolver osteoporose, hipertensão, catarata, acidente vascular cerebral, pedra nos rins e câncer de estômago.

O sódio ainda causa a retenção de líquido no organismo, o que torna o emagrecimento um objetivo ainda mais difícil de ser alcançado. Por todos esses motivos, podemos fizer que o queijo mussarela engorda e deve ser realmente evitado em nossa dieta.

Por outro lado, ele não é composto apenas de substâncias com potencial de fazer mal ao organismo, ele também possui os seus benefícios. O primeiro deles se deve ao fato de se tratar de um produto laticínio. O indicado é que sejam consumidos três xícaras de produtos laticínios diariamente, independente se a pessoa queira manter ou perder peso.

Esse grupo de alimentos traz benefícios à saúde dos ossos e do coração, controle da pressão arterial e até controle do peso, quando incluídos em uma dieta equilibrada.

Além disso, a mussarela fornece também outro importante nutriente para a saúde do corpo humano, o cálcio: são 222 mg encontras em aproximadamente 30 g do queijo. De acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, essa substância exerce funções no músculo, no fortalecimento dos dentes, na densidade dos ósseos e na função cardíaca.

Mas não é só isso. Uma pesquisa feita com pessoas que participavam de um programa de perda de peso, publicada no American Journal of Clinical Nutrition (Jornal Americano de Nutrição Clínica, tradução livre), mostrou que o consumo de altas quantidades de cálcio beneficiou o processo de emagrecimento desses participantes.

Logo, por ser uma boa fonte de cálcio, o queijo mussarela, quando usado com moderação e sabedoria, obviamente, também pode contribuir com a boa forma.

A quantidade de carboidratos presente na mussarela não é muito grande, há 1 g a cada fatia de 30 g. Isso é um ponto positivo, tendo em vista que em excesso e dependendo da fonte que o oferece, esse nutriente acaba sendo armazenado como gordura no corpo. E mesmo que ele seja importante para a obtenção de energia do organismo, existem outros alimentos que podem fornecê-lo ao organismo.

Outros nutrientes que podemos encontrar no queijo mussarela são o potássio e as proteínas. O potássio é um mineral que contribui com a saúde muscular, óssea, nervosa e circulatória e ajuda a prevenir contra doenças cardiovasculares e evita a retenção de líquido no corpo.

Bastante conhecida da turma que pega pesado na musculação por conta de seus efeitos que promovem o crescimento e reparação dos músculos, as proteínas também são importantes para a formação da pele e do cabelo, para melhorar o sistema imunológico e evitar que ocorram alterações hormonais no organismo.

A palavra é moderação

Depois de tudo o que vimos e analisamos, certamente seria um exagero dizer que o queijo mussarela engorda, tendo em vista que ele possui nutrientes que fazem bem ao corpo e boa forma e se for utilizado com a devida moderação e incluído dentro de uma alimentação saudável e equilibrada, pode perfeitamente aparecer em uma dieta para emagrecer.

Entretanto, não podemos deixar de ressaltar que o seu uso não pode ser feito de maneira indiscriminada. Se consumido em grandes porções, juntamente com outros alimentos calóricos, inevitavelmente resultará em quilinhos a mais no corpo. Isso sem contar que o seu teor de sódio e gordura são outros fatores que merecem atenção.

Sendo assim, a palavra-chave aqui é moderação. Não é necessariamente preciso excluir o queijo mussarela das suas refeições, mas é fundamental utilizá-lo na quantidade adequada para não atrapalhar a boa forma.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você costuma consumir bastante o queijo mussarela? Qual é o seu tipo de queijo preferido? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (18 votos, média: 3,89 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário