Vitaminas

Complexo B Engorda Mesmo?

O grupo das vitaminas do complexo B é composto pelos seguintes nutrientes: vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5, vitamina B6, vitamina B7, vitamina B9 e vitamina B12.

Elas são importantes para diversos aspectos do nosso organismo, como a conversão dos alimentos em combustível para o corpo, a produção de novas células, a proteção da imunidade, a decomposição dos carboidratos e gorduras, o combate aos radicais livres, o aumento do bom colesterol, a produção de hormônios sexuais e a promoção da saúde da pele, das unhas e dos cabelos.

As vitaminas do complexo B também atuam na regulação do aminoácido homocisteína – que está associado à doença cardíaca –, além de atuarem em relação ao sono e ao humor, ao crescimento do bebê na barriga da mãe, à prevenção de malformações congênitas neurológicas na criança, à produção de glóbulos vermelhos e ajudarem o mineral ferro a produzir a hemoglobina, que é a proteína responsável por transportar o oxigênio.

As vitaminas do complexo B podem ser encontradas em alimentos como peixes, moluscos, laticínios, ovos, carne bovina, carne de porco, vegetais verdes folhosos, aspargo, beterraba, salmão, tubérculos, feijão, cevada, fígado, frango, couve-flor, nozes, peru, atum, lentilha, semente de girassol, arroz integral, cenoura, abacate, legumes, amêndoas, arroz selvagem, grãos integrais, amendoim e gérmen de trigo, entre outros.

Além disso, existem suplementos que apresentam uma composição à base das vitaminas do complexo B, que podem ser utilizados como forma de complementar o aporte desses nutrientes ao organismo quando ele não é suficiente apenas com a alimentação habitual.

Mas será que tomar vitaminas do complexo B engorda?

Os suplementos de vitaminas do complexo B geralmente contêm pelo menos seis vitaminas do grupo – vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5, vitamina B6 e vitamina B12 – ainda que algumas possam apresentar um número maior ou menor de vitaminas, que pode variar bastante.

Existem casos em que consumir doses elevadas de algumas vitaminas do complexo B pode aumentar o apetite, o que possivelmente leva ao aumento do peso.

Neste sentido, o Livestrong também contou que pessoas que sofrem com o baixo peso podem solicitar ao médico se a utilização de um suplemento de uma ou mais vitaminas do complexo B pode ser benéfico o tratamento de recuperação do peso.

Isso porque quem sofre com deficiência de vitaminas do complexo B, como é o caso da vitamina B1, também conhecida como tiamina, pode sofrer com uma perda de apetite. Logo, tomar o suplemento de vitamina B1 pode auxiliar a recuperar o apetite e, por consequência, contribuir com o tratamento contra o baixo peso.

Como um suplemento de complexo B pode apresentar uma dosagem maior ou menor de tiamina do que a pessoa necessita, o ideal é que o médico prescreva qual produto é o mais indicado para o seu paciente em questão.

A vitamina B6 – ou piridoxina – também está associada à elevação do apetite. Assim, a pessoa que sofre com o baixo peso pode questionar seu médico se o seu problema pode estar associado à deficiência do nutriente e se algum suplemento da vitamina pode beneficiar a tratamento.

Lembrando que, assim como acontece com a tiamina, é o médico que deve determinar se o paciente pode realmente tomar o suplemento e qual dosagem e tipo de produto ele deve usar.

Mas atenção: não estamos dizendo aqui um suplemento de complexo B engorda em todos os casos e que é a solução para todos as pessoas que sofrem com o baixo peso. As informações trazidas acima apenas indicam que é possível esse tipo de suplemento auxilie nas situações em que o problema estiver associado a uma deficiência de vitaminas do complexo B.

Para quem deseja e/ou precisa emagrecer ou quer manter o peso

O suplemento de complexo B pode tanto auxiliar quanto prejudicar quem está tentando emagrecer ou manter o peso.

Quando o suplemento possui altas doses de vitamina B1 ou vitamina B6, a pessoa pode experimentar um aumento no apetite, como vimos acima; já quando a dosagem de vitamina B2, vitamina B5 e vitamina B12 é elevada, o usuário pode sentir um aumento de energia, que pode ser útil para combater a comilança em excesso.

A farmacêutica Stacy Wiegman disse que, na maioria dos casos, tomar o complexo B não provoca o ganho de peso. Entretanto, ela afirmou que quem sofre com deficiência de vitamina B12 pode engordar porque a perda de apetite é justamente um dos sintomas da deficiência do nutriente.

A farmacêutica explicou ainda que uma vez que os níveis da vitamina estiverem normalizados, o apetite deve voltar ao habitual e, possivelmente, o peso também retornará ao normal.

Vale ressaltar que o medo de engordar não deve ser motivo para deixar de tomar o suplemento de complexo B quando o medicamento for indicado pelo médico para curar a deficiência de vitaminas.

Isso porque a deficiência desses nutrientes está associada a uma série de problemas como: anemia, confusão em idosos, problemas de pele, depressão, náusea, tendência a infecções, fadiga extrema, fraqueza, formigamento nos dedos, irritabilidade, rachaduras na boca, problemas digestivos, diarreia e problemas em recém-nascidos (quando a mãe sofre com deficiência de vitamina B9).

Há um porém: o objetivo de um suplemento não é engordar ou emagrecer 

Entretanto, vale registrar que esses efeitos são considerados apenas possibilidades do que pode ocorrer. Não existem provas de que o suplemento de vitaminas do complexo B emagrece ou engorda ao aumentar a energia ou estimular o apetite além dos níveis normais, respectivamente. O que acontece é que muitas pessoas têm deficiência dessas vitaminas e isso provoca falta de apetite e diminuição de energia.

Ou seja, não dá para determinar que o complexo B engorda ou emagrece – o seu uso serve mesmo para tratar os casos de deficiências de vitaminas do complexo B.

Assim, para quem precisa engordar, o jeito é procurar uma dieta saudável de engorda, com alimentos que sejam calóricos, saudáveis e nutritivos ao mesmo tempo.

Já se o objetivo é emagrecer ou manter o peso, a recomendação é que a alimentação seja saudável, controlada do ponto de vista calórico, equilibrada e nutritiva. A prática de exercícios físicos também pode auxiliar, já que promove o aumento do gasto de calorias.

Em qualquer um dos casos, é importante contar com o acompanhamento de profissionais da saúde habilitados para orientar os processos e garantir que eles aconteçam com segurança, saúde e eficácia.

Efeitos colaterais do complexo B

O consumo excessivo de suplementos de complexo B podem provocar efeitos colaterais como erupções cutâneas, diarreia, vômito, sonolência e dores de cabeça. Além disso, tomar doses elevadas de vitaminas do complexo B, principalmente durante muito tempo, pode trazer problemas mais graves como perda de visão, úlceras estomacais, gota e problemas no fígado, no sistema nervoso e no cérebro.

Portanto, antes de comprar e começar a usar um suplemento de complexo B, consulte o seu médico para saber se o produto é realmente necessário para o seu caso e que não te fará mal, não se esquecendo de checar com o profissional qual a dosagem apropriada e segura para você.

Ao experimentar qualquer um dos efeitos colaterais citados acima ou outro tipo de reação, informe rapidamente o seu médico a respeito do problema para saber como deve proceder.

Você já tinha ouvido falar que tomar um suplemento de vitaminas do complexo B engorda? Tem receio de tomar por conta desse possível efeito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*